Confira os feriados prolongados de 2022 e sugestões de destinos

Dos nove feriados nacionais, apenas um cairá numa sexta-feira. Ou seja: será preciso negociar as folgas com seu chefe

Por Bárbara Ligero Atualizado em 4 jan 2022, 20h26 - Publicado em 4 jan 2022, 19h19

Comecemos com as más notícias: o Dia do Trabalho, o Natal e o Ano Novo cairão em domingos. Para os paulistas, o prejuízo é ainda maior: a Revolução Constitucionalista (9 de julho) cairá num sábado e o Dia da Consciência Negra (20 de novembro), em outro domingo.

Os demais feriados nacionais de 2022 acontecem em dias úteis, mas apenas dois são colados nos finais de semana, de forma que será preciso negociar as emendas com o chefe. No total, serão nove pausas no meio da semana: uma na segunda, duas na terça, três na quarta, duas na quinta e uma na sexta.

Também vale lembrar que ainda não está na hora de baixar a guarda nas viagens. Apesar da terceira dose da vacina contra Covid-19 já ter chegado para muita gente, o surgimento da ômicron pode atrapalhar os planos de uma hora para outra. Melhor se garantir com passagens aéreas flexíveis, hospedagens com opção de cancelamento e seguros com cobertura para esse tipo de situação (falamos mais disso aqui).

Para se programar com antecedência e aproveitar as folgas ao máximo, preparamos uma tabela com todos os feriados nacionais, pontos facultativos e aniversários das capitais do Brasil. Veja a seguir:

MÊS DATA DIA DA SEMANA
Janeiro Dia 12 – Aniversário de Belém Quarta-feira
Dia 24 – Aniversário de Porto Velho Segunda-feira
Dia 25 – Aniversário de São Paulo Terça-feira
Fevereiro Dia 28 – Carnaval Segunda-feira
Março Dia 1 – Carnaval e Aniversário do Rio Terça-feira
Dia 2 – Quarta-feira de Cinzas Quarta-feira
Dia 12 – Aniversário de Recife Sábado
Dia 17 – Aniversário de Aracaju Quinta-feira
Dia 23 – Aniversário de Florianópolis Quarta-feira
Dia 26 – Aniversário de Porto Alegre Sábado
Dia 29 – Aniversário de Curitiba e Salvador Terça-feira
Abril Dia 1 – Aniversário de Fortaleza Sexta-feira
Dia 8 – Aniversário de Cuiabá Sexta-feira
Dia 15 – Paixão de Cristo Sexta-feira
Dia 17 – Páscoa Domingo
Dia 21 – Tiradentes e Aniversário de Brasília Quinta-feira
Maio Dia 1 – Dia do Trabalho Domingo
Dia 20 – Aniversário de Palmas Sexta-feira
Junho Dia 16 – Corpus Christi Quinta-feira
Julho Dia 9 – Aniversário de Boa Vista Sábado
Agosto Dia 16 – Aniversário de Teresina Terça-feira
Dia 20 – Aniversário de João Pessoa Sábado
Dia 26 – Aniversário de Campo Grande Sábado
Setembro Dia 7 – Independência do Brasil Quarta-feira
Dia 8 – Aniversário de Vitória e São Luís Quinta-feira
Outubro Dia 12 – Dia de Nossa Senhora Aparecida Quarta-feira
Dia 24 – Aniversário de Manaus e Goiânia Segunda-feira
Novembro Dia 2 – Finados Quarta-feira
Dia 15 – Proclamação da República Terça-feira
Dezembro Dia 5 – Aniversário de Maceió Segunda-feira
Dia 12 – Aniversário de Belo Horizonte Segunda-feira
Dia 24 – Véspera de Natal Sábado
Dia 25 – Natal Domingo
Dia 28 – Aniversário de Rio Branco Quarta-feira
Dia 31 – Véspera de Ano Novo Sábado
Janeiro de 2023 Dia 1 – Ano Novo Domingo

PARA ONDE EU VOU?

Para sudestinos, pegar a Imigrantes ou a Rio-Niterói entupidas pode ser até mais estressante do que um dia de trabalho. Em vez de tomar o caminho de sempre rumo ao litoral mais próximo, que tal aproveitar os feriadões para conhecer um destino novo no Brasil? Que bom que, qualquer que seja o feriado, há sempre um destino nacional bacana na época certa.

É claro que em apenas três ou quatro dias não dá para perder tempo com longos deslocamentos, mas em alguns casos é mais rápido ir a um país vizinho que ao Nordeste. Ótima oportunidade para conhecer uma capital hermana, como Santiago, ou revisitar os malbecs e as parillas de Buenos Aires.

Veja sugestões de destinos que cabem nos feriadões, especialmente para quem conseguir emendar:

Lençóis Maranhenses, MA
Mesmo sem aeroporto próximo, um feriado é suficiente para se ter uma noção das paisagens absurdas do Parque Nacional dos Lençóis Maranhenses, que está em seu auge de maio a agosto. Para ver as dunas que represam a água das chuvas, uma viagem básica deve incluir as lagoas Azul, Bonita e das Andorinhas. Encaixe também o passeio de barco pelo Rio Preguiças até o povoado de Atins.

Jericoacoara, CE 
Área de proteção ambiental cercada de dunas, lagoas e postais naturais como a Pedra Furada, “Jeri” é uma vila que preserva ruas de areia e um charme involuntário, apesar do cosmopolitismo que chega na mochila dos gringos do kite. Desde 2017, há uma taxa diária de R$ 5 por visitante e um aeroporto que está recebendo voos da Gol, da Azul e da Latam.

Chapada Diamantina, BA
É preciso mais que um feriado para explorar os 1 500 km² de morros, cânions e cachoeiras da Chapada, é verdade. Mas o aeroporto próximo e as atrações no entorno de Lençóis – Morro do Pai Inácio, Cachoeira dos Mosquitos e grutas Torrinha e Pratinha – garantem agilidade para degustar o superlativo parque nacional.

Pantanal, MT/MS
Para fugir da muvuca, nada se compara a pescar piranha, focar jacaré e ver de perto aves, capivaras e tamanduás. Assim é o Pantanal, que tem base em Poconé, no MT, e Corumbá, Aquidaua-na e Miranda, no MS. Hotéis-fazenda e pousadas da Estrada-Parque (Pantanal Sul) e Transpantaneira (Norte) organizam os passeios ecológicos.

Brasília, DF
Resultado da soma dos talentos de Niemeyer & cia., a capital federal tem arquitetura monumental acessível – os principais cenários do poder são abertos ao público – e diárias baixas nos feriados. Em quatro dias, dá pra ver famosos prédios públicos, a catedral, passear no Paranoá, percorrer a nova rota turística sobre a história do rock, que foi inaugurada em julho de 2021, e até visitar Pirenópolis, cidade histórica com cachoeiras.

Bonito, MS
Não reserve menos do que quatro dias para visitar o melhor destino de mergulho fluvial do Brasil. Conhecida por sua organização, a cidade atrai muitas famílias aventureiras, dada a facilidade de flutuar em rios cristalinos cheios de peixes. Em outubro de 2021, a Nascente Azul ganhou o Museu Subaquático, com esculturas submersas.

Inhotim, MG
Reserve dois dias para conhecer o Inhotim, em Brumadinho, o maior museu de arte contemporânea a céu aberto do mundo, dono de exuberante jardim botânico e 22 galerias. Nelas, instalações, esculturas e fotos estimulam tanto o especialista em arte quanto o leigo. Depois, curta o fim de feriado em Belo Horizonte.

Continua após a publicidade

Cidades Históricas, MG
Das principais cidades históricas, Ouro Preto – de acervo barroco inigualável – é a mais próxima de Belo Horizonte e base para visitar Mariana. Tiradentes, mais distante, alia preservação com pousadas chiques e ótima culinária. Uma maria-fumaça liga a cidade a São João del Rey.

Foz do Iguaçu, PR
Além do Parque Nacional do Iguaçu, da Usina Elétrica de Itaipu e do Parque das Aves, Foz ainda tem o Marco das Três Fronteiras, que foi revitalizado em 2017. Entre as novidades mais recentes estão a roda-gigante de 88 metros de altura Yup Star e o parque aquático termal Blue Park Foz.

Bento Gonçalves, RS
O clima ameno e o relevo serrano permitiram que os imigrantes italianos fizessem de Bento a principal área vinífera do país. Além das construções antigas, do passeio de maria-fumaça e do famoso galeto, os visitantes conhecem vinícolas de qualidade, como Miolo e Salton, sem sair do país.

Gramado, RS
Apesar de ser associada ao inverno, Gramado tem neve o ano inteiro no Snowland, onde é possível esquiar, patinar e brincar no gelo. Também não é preciso ir em dezembro para ver o Papai Noel, que está sempre em sua Aldeia. Ao longo do último ano, a cidade ganhou o parque aquático indoor Acquamotion e o rinque de patinação Na Pista.

Beach Park, CE
O Beach Park não para de se reinventar. De tempos em tempos um novo brinquedo é lançado – o último foi o Tobomusik, composto por três toboáguas coloridos de mais de cem metros de comprimento. Os visitantes escorregam em um tapete, de bruços, ao som de músicas do DJ Alok.

Rio Quente Resorts, GO
Junto com Caldas Novas, o Rio Quente forma o maior manancial hidrotermal do mundo. O complexo é dividido entre o relaxante Parque das Fontes, exclusivo dos hóspedes dos hotéis da rede, e o mais ativo Hot Park, cujas atrações incluem a Praia do Cerrado e o Xpirado, toboágua com 32 metros de altura.

Beto Carrero World, SC
O maior parque temático da América Latina completa 30 anos em 2022. Para celebrar a data, serão inauguradas novas áreas temáticas Cowboyland e Nerf, que se juntarão às de Kung Fu Panda, Shrek e Madagascar. O parque ainda conta com três montanhas-russas – duas delas com loopings – e o show de carros e motos Hot Wheels Epic!

Montevidéu, Uruguai
A pacata capital uruguaia concentra suas atrações turísticas na Ciudad Vieja, à beira do Rio da Prata. Três dias inteiros são suficientes para ver o principal e ainda fazer compras no shopping Punta Carretas, curtir um dos barzinhos da Boulevard 26 de Marzo, ver seu ojo de bife ser preparado numa parrilla do Mercado del Puerto e ainda fazer um bate e volta à graciosa Colonia del Sacramento.

Buenos Aires, Argentina
Fácil de chegar, Buenos Aires é proveitosa até para quem já a conhece. Nos últimos anos, a cidade inaugurou o Centro Cultural Kirschner, o museu de fotografia FoLa e o outlet Distrito Arcos – e há ainda as carnes, os vinhos, museus e bairros que ninguém se cansa de revisitar. A capital também é base para ir à uruguaia Colonia del Sacramento, a 1h15 pelo Buquebus.

Mendoza, Argentina
Principal produtora de vinhos da Argentina, Mendoza tem até voos diretos de São Paulo com a Gol e a Latam. Além de visitar algumas das mais de 100 vinícolas, incluindo a Zuccardi, que foi eleita a melhor do mundo pelo terceiro ano consecutivo, a graça está em dirigir entre vinhedos e fileiras de álamos, que ficam alaranjados na primavera, com a cordilheira ao fundo.

Santiago, Chile
Cordilheira ao fundo, a moderna capital chilena é fácil de ser conhecida a pé (usando-se o metrô) e tem programas variados, do centro cheio de história à panorâmica do Cerro San Cristóbal, passando por vinícolas como a Concha y Toro, a meia hora da cidade. Num feriado de quatro dias, separe um deles para visitar Valparaíso e Vinã del Mar, no Pacífico, ou, no inverno, as estações de esqui (a cerca de 1h30) cobertas de neve.

Lima, Peru
Se Machu Picchu exige mais deslocamentos e cuidados com o clima, em Lima quase não chove e o voo é direto. O ponto alto está na cena gastronômica: o Central e o Maido são as duas melhores cozinhas da América Latina, pela revista britânica Restaurant.

Continua após a publicidade

Publicidade