Celebrações religiosas da Semana Santa no Brasil e no mundo

Saiba quais são os eventos da Paixão de Cristo mais famosos no feriado da Semana Santa e programe-se para viajar no ano que vem

Por Julia Latorre Atualizado em 10 ago 2021, 15h03 - Publicado em 27 mar 2014, 19h22

A Semana Santa tem grande importância religiosa no Brasil, basta se lembrar do feriado nacional da Sexta-Feira Santa (ou Sexta-Feira da Paixão). Missas, procissões e celebrações acontecem por todo o país. Mas, não é só no Brasil, muitos países se lembram desta data, cada um à sua maneira.

Veja as celebrações e destinos religiosos mais concorridos na semana da Páscoa:

1. RomaItália

Missa de Páscoa, Praça e Basílica de São Pedro, Vaticano, Roma

A solenidade e a austeridade da liturgia da Páscoa Italiana se desenrolam no Vaticano, com suas cerimônias, procissões e a missa festiva oficiada pelo Papa e acompanhada por milhares de peregrinos do mundo inteiro. A apoteose das celebrações da Semana Santa é a benção anual Urbi et Orbi, na Praça de São Pedro.

2. JerusalémIsrael

Via Dolorosa - Jerusalém
Terceira estação da Via Dolorosa Israel_photo_gallery/Flickr/Creative Commons/Flickr

Em nenhum outro lugar os últimos passos de Cristo são tão sagrados do que nas próprias ruas de Jerusalém. A Via Dolorosa é a rua, que de acordo com a tradição cristã, foi percorrida por Jesus Cristo quando ele carregava a cruz.

Na Semana Santa, em Jerusalém, os fiéis percorrem os caminhos de Cristo, às vezes com algumas mudanças no trajeto, e fazem paradas em importantes pontos da história cristã.

3. BragaPortugal

Com mais de 30 igrejas, Braga é considerada a capital religiosa de Portugal. Erguida no século 12, a Catedral da Sé é a mais antiga arquidiocese do país

Considerada a capital religiosa de Portugal, Braga todos os anos atrai milhares de turistas devido às suas imponentes celebrações da Semana Santa. Acontecem diversas procissões e celebrações pela cidade. Além das mais de 30 igrejas, muitas delas são centenárias, a Catedral da Sé é a mais antiga do país, foi construída no século 12.

4. SevilhaEspanha

Os cortejos da Semana Santa em Sevilha mobilizam toda a cidade
A principal festa de Sevilha é a Semana Santa, a cidade praticamente para nesse período, as comemorações são de extrema importância. Grande parte da população da cidade se reúne e sai às ruas como confrarias ou participando de bandas. Tradicionais desde o século 16, essas confrarias tomam conta das ruas de Sevilha e saem em procissão para contemplar a paixão e a morte de Cristo.

5. DiamantinaMG

Centro histórico de Diamantina (MG)

Declarada Patrimônio da Humanidade pela UNESCO, Diamantina tem um belo Centro Histórico com muitas construções preservadas. Na Semana Santa os moradores encenam a morte e a ressurreição de Cristo. E na manhã do Domingo de Páscoa, as ruas são enfeitadas com flores, areia e serragem, e nas janelas dos sobrados surgem colchas e toalhas coloridas.

6. TiradentesMG

Charrete em frente à Igreja Matriz de Santo Antônio em Tiradentes, Minas Gerais

A Semana Santa em Tiradentes é marcada por procissões. Mas, além de todos os cortejos, uma das principais celebrações é a missa solene com a cerimônia de lava-pés, que acontece na Igreja Matriz de Santo Antônio. Também ocorre a encenação da Paixão de Cristo na Sexta-Feira Santa, e vigília no Sábado de Aleluia.

7. Congonhas – MG

O conjunto da Basílica do Senhor Bom Jesus de Matosinhos é considerado a obra-prima de Aleijadinho

A cidade lota na Semana Santa em Congonhas, isso porque a Basílica do Senhor Bom Jesus de Matosinhos exibe as cenas da paixão de cristo na sua parte externa, projeto de Aleijadinho. Durante a semana da Páscoa também ocorrem encenações da Paixão de Cristo, procissões, lava-pés, Vigília Pascal, novenas e shows musicais, em espaços montados ao redor da Praça da Basílica.

8. Nova Jerusalém, Fazenda NovaPE

Cena do espetáculo da Paixão de Cristo em Nova Jerusalém, Pernambuco, em 2017
Reprodução/Divulgação

Nova Jerusalém, no distrito de Fazenda Nova, a 184 quilômetros da capital pernambucana, é palco da encenação da Paixão de Cristo mais famosa do país, que acontece todos os anos. O cenário do teatro a céu aberto, de 100 mil metros quadrados com nove monumentais palcos–platéias com cenários, é uma atração à parte. O elenco é composto por 50 atores e 500 figurantes.

Continua após a publicidade

9. Santana de ParnaíbaSP

Santana de Parnaíba: a Igreja Matriz de Sant’Ana, erguida em 1580 em estilo eclético, recebe público eclético

A encenação do drama da Paixão de Cristo em Santana de Parnaíba reúne cerca 120 atores e cerca de 800 figurantes. As apresentações são gratuitas e acontecem num espaço de 15 mil metros quadrados na Barragem Edgar de Souza, atraindo 70 mil pessoas nos três dias de espetáculo. É possível se hospedar em São Paulo e fazer um bate e volta – são apenas 40 quilômetros da capital até lá.

10. MarianaMG

Igrejas de São Francisco de Assis (à esquerda), de Nossa Senhora do Carmo, e o Pelourinho da Praça Minas Gerais, em Mariana, Minas Gerais

Mais de 20 mil pessoas visitam a cidade na Semana Santa. Na sexta-feira da Paixão, fiéis cobertos por túnicas brancas percorrem as ruas do Centro Histórico, no fim da noite, para reviver a “Procissão das Almas”, uma antiga lenda marianense.

A representação da Paixão de Cristo, dividida em duas partes, acontece geralmente entre quinta e sexta-feira na Praça Minas Gerais. No sábado de Aleluia, há shows musicais e a queima do Judas. Na tarde de domingo de Páscoa, as ruas são cobertas com tapetes de serragem colorida, pó de café e cal, feitos pela população.

11. AparecidaSP

Basília de Nossa Senhora da Aparecida, em Aparecida, São Paulo

Um dos maiores eventos religiosos da cidade, a Semana Santa tem programação extensa. O Tríduo Pascal começa na quinta-feira, durante todo o dia haverá orações no Santuário Nacional e, a noite a missa da Ceia do Senhor – também chamada de celebração de lava-pés. O ponto alto do festejo é na Sexta-Feira Santa, com a tradicional caminhada ao Morro do Cruzeiro, conhecida como Via Sacra, que atrai cerca de 5 mil fiéis.

12. Ouro PretoMG

A vista em Ouro Preto, Minas Gerais.

A encenação da Paixão de Cristo, na noite de sexta-feira, é o primeiro evento da Semana Santa em Ouro Preto. No sábado acontece a Procissão do Encontro, quando fiéis partem das duas igrejas matrizes, Nossa Senhora da Conceição e Nossa Senhora do Pilar, e encontram-se na Praça Tiradentes.

Durante a noite, a cidade se mobiliza para confeccionar o extenso tapete de flores e serragem que forra as ruas do Centro Histórico e serve de passarela para a procissão da Ressurreição, no domingo de Páscoa. A malhação do Judas movimenta a tarde – em frente à Matriz de Nossa Senhora do Pilar, um boneco recheado de palha ou trapos é enforcado e despedaçado a pauladas.

13. ParatyRJ

Procissão do Fogaréu, Paraty, Rio de Janeiro

As comemorações em Paraty são bem tradicionais, com missas e procissões. É uma oportunidade rara de ver peças sacras de mais de três séculos de existência, que ficam guardadas durante o ano sob tutela do Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (Iphan). A Procissão do Fogaréu, com as ruelas estreitas do centro histórico iluminadas apenas pelas tochas dos participantes, é o ponto alto da festa.

14. GoiásGO

Procissão do Fogaréu, em Goiás Velho (GO)

À meia-noite da quinta-feira da Semana Santa, os postes de iluminação pública do Centro Histórico da cidade de Goiás se apagam. Ao som de tambores e à luz de tochas, tem início a Procissão do Fogaréu. O ritual simboliza a procura e a prisão de Cristo. Cerca de 40 homens encapuzados representam os soldados romanos, carregam as tochas enquanto um coro entoa cantos em latim.

A procissão é acompanhada por aproximadamente 10 mil pessoas. Ela parte do Museu de Arte Sacra da Boa Morte, passa pela Igreja do Rosário e chega até a Igreja de São Francisco de Paula. A partir daí, o estandarte com a imagem de Jesus é carregado por um dos farricocos, simbolizando sua captura.

15. PiracicabaSP

Colônia Tirolesa

A encenação da Paixão de Cristo, em Piracicaba, é considerada um dos maiores espetáculos a céu aberto do país. O espetáculo acontece todo ano e os ingressos devem ser adquiridos antecipadamente.

Continua após a publicidade

Publicidade