Publicidade
Piacere, Itália! Por Blog Depois de passar um mês rodando a Toscana, Bárbara Ligero caiu de amores pela terra da bota e se matriculou em um curso de italiano. Atualmente, está aprendendo a gesticular com perfeição
De beleza incomparável, esse lugar justifica por si só a viagem para a Sardenha. Veja como são as excursões de barco que rodeiam as ilhas
Além de passear pela cidadezinha reconhecendo os cenários, é possível se hospedar na Villa Laura, casarão onde boa parte do filme foi gravado
Espresso, macchiato, cappuccino, marocchino: conheça os diferentes jeitos e manias dos italianos na hora de tomar um café
7 lugares na capital paulista para matar a saudade da Bota e ter uma provinha da autêntica comida italiana
Enquanto a Piazzale Michelangelo é manjada e disputada entre os turistas, há uma série de outros belos lugares para ver e fotografar o Berço do Renascimento
De onde saem as excursões? Dá para conhecer as praias de carro? Tudo o que você precisa saber para fazer um dos passeios obrigatórios na ilha
Veja as características principais de cada estação do ano, saiba quais são os momentos ideais para conhecer certos destinos e faça o seu próprio veredito
Fora as belas praças e os cafés elegantes, Torino preserva construções da época que foi capital da Itália e guarda três importantes museus
Já fica aqui o aviso: a vista lá de cima não é grande coisa. Conheça outras atrações além da torre inclinada
"Por favor" ou "de nada"? Saiba em que contextos é usado o termo "prego", provavelmente a palavra que você mais ouvirá quando estiver na Itália
Por € 72, o passe dá direito a entrada nas principais atrações da cidade durante 72 horas sem pegar filas – mas nem sempre ele é sinônimo de economia
Melhor do que voltar com chaveiros e miniaturas é encher a mala com comidas e bebidas que são vendidos a preços muito menores que no Brasil
No centro histórico há uma outra Nápoles, que foi enterrada pela história e esconde aquedutos, passagens e até um teatro greco-romano
Em uma ilha conhecida pelo mar azul-turquesa, essa cidadezinha prova que o território sardo guarda tesouros (muito bem) escondidos
Não é tão comum ver neve em Roma, Veneza, Milão, Florença e Nápoles, mas basta pegar uma ou duas horas de estrada para conseguir até mesmo esquiar
A menos de duas horas de Roma, esse vilarejo encarapitado no topo de uma colina corre o risco de desaparecer, mas ainda guarda cenários de sonho
Quando for (ou voltar) para o Berço do Renascimento, fique de olhos bem abertos e não deixe passar esses detalhes que tornam a cidade ainda mais única
A resposta é disposição – tanto para chegar até lá quanto para desvendar seu labirinto de ruínas –, mas vale muito a pena!
Quem for viajar pelo país sem carro, saiba: as linhas de metrô são poucas e o sistema de ônibus é bem diferente do brasileiro!
Cenários de filmes, as duas cidades ficam a apenas 30 quilômetros uma da outra e dão um ótimo bate e volta desde Florença
Publicidade