As 10 melhores praias brasileiras para paquerar

Escolhemos 10 praias no Brasil que são perfeitas para ver, ser visto e - quem sabe? -, pintar um romance (nem que seja para não subir a serra)

Por Marcela Puccia Braz Atualizado em 12 abr 2017, 18h11 - Publicado em 8 mar 2012, 13h07

Tell me more, tell me more, quais são as melhores praias para curtir summer nights e viver um amor de verão? Escolhemos os pontos ideais do litoral brasileiro onde, além das belezas naturais da paisagem, no beira-mar sopram as brisas do romance.

1. Ipanema, Rio de Janeiro (RJ)

Rio de Janeiro, Brasil

É aqui, em uma das praias mais badaladas da Cidade Maravilhosa, que surgiram várias modinhas. O clima de paquera é constante – corpos sarados desfilam à beira dágua, brasileiros e gringos se encontram, e as barracas LGBT dão uma animação especial em pontos específicos da orla (como no Coqueirão).

2. Praia de Maresias, São Sebastião (SP)

Maresias

Os 4 km de areias finas são disputadíssimos pelas turmas da paquera, do surfe, da balada. Maresias ferve durante o dia, com atividades esportivas e lonas com DJs montadas no verão, e à noite, com o agito na Rua Sebastião Romão César, onde estão o ícone Sirena e vários bares. O canto esquerdo, um pouco mais tranquilo, é ocupado também por famílias.

3. Praia de Geribá, Búzios (RJ)

Praia de Geribá, Búzios, Rio de Janeiro

Há um segredo para que ela seja a praia mais badalada: a capacidade de atender a todo mundo. A areia firme é boa para caminhar e tem espaço até para barracas de pousadas. O mar agitado agrada aos surfistas, e na areia o clima é de paquera, em especial no trecho central, próximo à barraca Fishbone Café. No canto esquerdo, o movimento diminui – ali, a frequência é de famílias com crianças (lá também fica o acesso à Praia da Ferradurinha).

4. Segunda Praia, Morro de São Paulo (BA)

Segunda Praia, Morro de São Paulo, Bahia

É a mais movimentada da ilha e ponto de encontro da galera mais jovem. Pequenina, tem diversas pousadas, restaurantes, bares e lojinhas. De dia, as areias são tomadas por mesinhas de plástico, redes de vôlei e guarda-sóis. À noite acontecem aqui os famosos luaus de Morro, com DJs. Fica pertinho da vila, cinco minutos a pé.

5. Praia Jurerê, Florianópolis (SC)

Praia Jurerê, Florianópolis, Santa Catarina

Continua após a publicidade

São dois mundos divididos por uma linha imaginária. Do lado direito, hotéis, pousadas, casas de veraneio e frequência predominante de famílias. Do esquerdo, Jurerê vira Internacional e ganha ares de Miami Beach – um bairro planejado, com mansões milionárias e desfile de carrões. O pedaço é o epicentro do luxo em Florianópolis, sede de descolados beach lounges onde, no verão, as festas fervem regadas a espumante e ao som de batidas eletrônicas. Na praia, no entanto, Jurerê continua com um cenário único: mar calmo e limpo, faixa estreita de areia e boa estrutura de barracas.

6. Praia do Rosa, Imbituba (SC)

A Praia do Rosa une agito noturno, ótimos restaurantes, pousadas confortáveis e uma linda praia

Com beleza natural, pousadas charmosas e confortáveis, restaurantes estrelados e vida noturna intensa, a Praia do Rosa – ou simplesmente “o Rosa” – tem o mérito de conseguir agradar a vários públicos, dos surfistas a famílias com crianças. A praia impressiona pela moldura de dois costões de pedras e verde. Ao centro, a Lagoa do Meio reúne famílias pela calmaria das suas águas e pela temperatura mais amena. Os jovens e surfistas concentram-se nos extremos. No sul estão restaurantes mais movimentados e ao norte a mata virgem.

7. Praia Ferrugem, Garopaba (SC)

Considerada uma das melhores praias para o surfe, a da Ferrugem também é procurada, de noite, pelos bares e danceterias

É uma das melhores praias para o surfe. Jovens se reúnem no canto esquerdo; e as famílias no direito, por causa das piscinas naturais. À noite, bares e danceterias lotam até de manhãzinha.

8. Praia Itaúnas, Itaúnas (ES)

Com dunas de até 30m de altura e praias selvagens, Itaúnas se transforma durante a temporada: vira território de jovens, que varam a noite dançando forró como se não houvesse amanhã

Com dunas de até 30m de altura e praias selvagens, Itaúnas se transforma durante a temporada: vira território de jovens, que varam a noite dançando forró como se não houvesse amanhã.

9. Jericoacoara (CE)

Redes coloridas na água em Jericoacoara Ceará
Rosanetur/creative commons/Flickr

Jeri foi feita pra quem curte badalar, pois aqui não há baixa temporada: pousadas, bares e barracas têm agito o ano todo – com gente de todo canto do mundo. O mar enche de velas de julho até janeiro, por causa dos bons ventos. Um trecho mais reservado, melhor para banho, a Praia da Malhada, fica à direita da vila.

10. Praia Taperapuã, Porto Seguro (BA)

Show no Axé Moi, barraca dividida em três ambientes, cada um dedicado a um ritmo Praia Taperapuã, Porto Seguro (BA)

A praia mais agitada de Porto Seguro é, sem dúvida, uma das mais festeiras do Brasil, com grandes barracas que tocam axé (Axé Moi – na foto –, Tôa Tôa e Barramares são as principais). Na avenida que contorna a orla e suas travessas está a maioria dos hotéis da cidade. O mar calmo, com águas esverdeadas, convida para um mergulho.

  •  

    Continua após a publicidade
    Publicidade