Matterhorn é iluminada com bandeira do Brasil e de outros países

Zermatt, tradicional estação de esqui na Suíça, projeta em sua montanha mais famosa mensagens de esperança para as nações mais afetadas pela pandemia

Por Giovanna Simonetti 25 abr 2020, 09h32

Em meio à crise do coronavírus, ações de solidariedade inspiram união para enfrentar tempos difíceis. É o que vem sendo feito no famoso Monte Matterhorn, nos Alpes Suíços, que todas as noites tem sido iluminado com projeções de bandeiras de países que enfrentam a pandemia – inclusive a do Brasil. 

Com o lema “Luz é esperança”, o espetáculo manda mensagens de força às pessoas que sofrem com a doença e também a quem atua no combate da crise, como os profissionais de saúde e os indivíduos que estão em casa para evitar a disseminação do vírus. “O Matterhorn sempre foi um símbolo da Suíça e representação de força e estabilidade. Tão forte como o monte, a sociedade deve se manter unida, estar ancorada e deixar a tempestade passar”, escreve o órgão de turismo de Zermatt, onde o Matterhorn está localizado. 

O projeto, ativo desde o final de março, foi desenvolvido por Gerry Hofstetter, artista já com anos de experiência com luzes e projeções. Um dos seus trabalhos mais famosos mundialmente aconteceu em 2012, ao projetar o Titanic em um iceberg na Antártida no marco de 100 anos da tragédia. 

A cada dia, bandeiras de diferentes países aparecem no cume da icônica montanha suíça – também conhecida por estampar o logo do chocolate Toblerone. As projeções são acompanhadas por palavras de solidariedade para cada nação. Confira algumas imagens e as mensagens:

Brasil

“Entre os países da América do Sul, o Brasil é o mais afetado pelo coronavírus. Com a projeção de sua bandeira, queremos prover esperança e força para sobreviver a crise”.

Henry Maurer/Divulgação

Estados Unidos

“Atualmente, os Estados Unidos são o país mais afetado pela crise do Covid-19, com o maior número de casos confirmados. Nossos pensamentos estão com todo o povo americano neste momento sem precedentes. Que a nossa mensagem transmita solidariedade e os dê esperança e força. Estamos ansiosos para nos encontrar novamente aos pés do Matterhorn, estamos todos juntos nessa”.

Itália

“A Itália, o país mais afetado pelo coronavírus na Europa e localizado logo atrás do Matterhorn, diz #grazie. Obrigado a todos os italianos que estão na linha de frente e comprometidos em combater a emergência: os doutores, a equipe médica, os voluntários, a polícia, os bombeiros e todo mundo que está protegendo e salvando vidas”.

Frank Schwarzbach/Divulgação
Continua após a publicidade

China

“A população da China sofreu muito, agora está no caminho da recuperação. Mandamos nossos melhores desejos – especialmente para Lijiang, a cidade irmã chinesa de Zermatt. Por anos mantivemos um intercâmbio cultural e esperamos ansiosamente pelos tempos que poderemos nos visitar de novo”.

Frank Schwarzbach/Divulgação

Espanha

“Queridos cidadãos espanhóis, vocês foram severamente afetados pelo coronavírus. Nós lhes desejamos muita perseverança e boa saúde. Suas famosas procissões de Páscoa não aconteceram esse ano – este foi um golpe duro. No entanto, tentem celebrar da melhor maneira que puderem junto com as pessoas que amam. Nossos pensamentos estão com vocês. #EsteVirusLoParamosUnidos”.

Gabriel Perren/Divulgação

Dream now – travel later

Além das bandeiras, outros tipos de projeções são feitas no Matterhorn, com mensagens para as pessoas se manterem juntas, em casa, e com esperança. Neste caso, o intuito era incentivar os turistas a esperar para viajar. 

“Queridos turistas, sabemos que vocês desejam nos visitar. Logo poderemos nos encontrar de novo. Porém, pelo momento, a saúde é a nossa prioridade. Assim, todos nós seguimos as instruções das autoridades e estamos em casa. Mas sonhar não está proibido. Incentivamos você com ótimas fotos nessa época sem viagens e mandamos nossos melhores votos do Matterhorn: sonhe agora, viaje depois”.

Gabriel Perren/Divulgação

Veja todas as fotos e mensagens aqui

Essa não é a única iniciativa que inspira solidariedade pelo mundo durante a pandemia. O Cristo Redentor foi iluminado com as bandeiras dos países afetados pelo vírus, luzes de Natal voltaram às ruas e empresas de turismo organizaram ações para ajudar a combater a crise.

Leia tudo sobre o coronavírus

Continua após a publicidade

Publicidade