Conheça os países onde as pessoas tiram mais tempo de férias

Mesmo com as perdas de direitos trabalhistas no Brasil, o país (ainda) está entre os que mais dão dias de férias aos seus cidadãos; veja a lista

Por Giovanna Fontenelle Atualizado em 5 abr 2017, 18h11 - Publicado em 21 nov 2016, 17h20

É tiro e queda: basta o clima ficar um pouco mais quente que nós, brasileiros, já começamos a pensar em férias. Para a maior parte da população nacional, isso significa, necessariamente, tirar 30 dias fechados, muito bem contados.

  • Em época de conversas sobre o aumento de jornada de trabalho, podemos nos sentir agraciados por ainda termos certa qualidade de vida em termos horas trabalhadas e tempo de férias. Isso, porém, não é o que acontece em certos países do mundo.

    Em setembro de 2016, o portal de viagens Expedia realizou uma pesquisa que mediu a média do número de dias que as pessoas costumam tiram de férias durante o ano.

    Entre os países que se destacam por terem mais dias de descanso, o Brasil se sobressai em meio a nações europeias e com melhores qualidade de vida, como França, Finlândia e Espanha.

    + Site reúne pesquisas do Google para saber o que o povo pensa dos países europeus

    Com relação aos que tiram menos dias de folga, destacam-se os países asiáticos e norte-americanos, onde férias costumam ser vistas como uma espécie de luxo. Os habitantes da Coreia do Sul retiram apenas oito dias, os japoneses se ausentam por 10 e, os americanos, por somente 12.

    Veja a lista completa abaixo:

    Brasil
    Dias oferecidos: 30
    Dias tirados: 30

    Emirados Árabes Unidos
    Dias oferecidos: 30
    Dias tirados: 30

    Espanha
    Dias oferecidos: 30
    Dias tirados: 30

    Finlândia
    Dias oferecidos: 30
    Dias tirados: 30

    França
    Dias oferecidos: 30
    Dias tirados: 30

    Alemanha
    Dias oferecidos: 30
    Dias tirados: 28

    Itália
    Dias oferecidos: 30
    Dias tirados: 25

    Áustria
    Dias oferecidos: 25
    Dias tirados: 25

    Dinamarca
    Dias oferecidos: 25
    Dias tirados: 25

    Noruega
    Dias oferecidos: 25
    Dias tirados: 25

    Reino Unido
    Dias oferecidos: 25
    Dias tirados: 25

    Suécia
    Dias oferecidos: 25
    Dias tirados: 25

    Continua após a publicidade

    Suíça
    Dias oferecidos: 25
    Dias tirados: 25

    Holanda
    Dias oferecidos: 25
    Dias tirados: 22

    Bélgica
    Dias oferecidos: 24
    Dias tirados: 23

    Irlanda
    Dias oferecidos: 21
    Dias tirados: 21

    Índia
    Dias oferecidos: 21
    Dias tirados: 15

    Nova Zelândia
    Dias oferecidos: 20
    Dias tirados: 19

    Austrália
    Dias oferecidos: 20
    Dias tirados: 15

    Japão
    Dias oferecidos: 20
    Dias tirados: 10

    Cingapura
    Dias oferecidos: 18
    Dias tirados: 14

    Malásia
    Dias oferecidos: 16
    Dias tirados: 12

    Canadá
    Dias oferecidos: 15
    Dias tirados: 14

    Estados Unidos
    Dias oferecidos: 15
    Dias tirados: 12

    México
    Dias oferecidos: 15
    Dias tirados: 12

    Tailândia
    Dias oferecidos: 15
    Dias tirados: 12

    Coreia do Sul
    Dias oferecidos: 15
    Dias tirados: 8

    Hong Kong
    Dias oferecidos: 14
    Dias tirados: 14

    Foram entrevistados 9,424 moradores de 28 países da América do Norte e do Sul, da Europa e da Ásia. Todos eram maiores de 18 anos, já trabalham e representam a população em porcentagens de idade e gênero.

  • Entre os participantes da pesquisa, muitos afirmaram se sentirem estafados, cansados e precisarem de ainda mais períodos de folga. O surpreendente é que 68% dos espanhóis e emiradenses declararam que mais dias de férias seria o ideal, mesmo eles sendo representantes dos países que ficam mais tempo descansando.

  • A pesquisa ainda revelou que apenas 42% dos brasileiros dizem que seus chefes são solidários quando o tema das férias é trazido a tona. Em comparação com os americanos, essa porcentagem é de 72%.

  • Continua após a publicidade
    Publicidade