Fernando de Noronha volta a exigir teste RT-PCR

O comprovante de vacinação contra a Covid-19 continua sendo obrigatório

Por Bárbara Ligero 10 jan 2022, 13h07

Fernando de Noronha anunciou um novo protocolo para a entrada de visitantes devido ao aumento no número de casos de Covid-19 e ao surgimento da variante Ômicron. A partir de 13 de janeiro, será exigida a apresentação de resultado negativo para um teste do tipo RT-PCR realizado no máximo 48 antes do embarque (veja onde fazer o exame aqui).

A medida se junta à obrigatoriedade do comprovante de vacinação contra Covid-19, que pode ser emitido através do Conecte SUS (veja como obter o seu aqui). O documento deve mostrar que o viajante tomou as duas doses de qualquer imunizante aprovado pela Organização Mundial da Saúde (OMS).

A ilha abriu algumas exceções para os menores de idade. A entrada dos pequenos de até seis anos está liberada, mas as crianças e os adolescentes de sete a 17 anos devem apresentar resultado negativo para um RT-PCR feito no máximo 48 horas da viagem.

Noronha também voltou a exigir o uso de máscara, que vinha sendo opcional em espaços públicos ao ar livre.

Leia tudo sobre Fernando de Noronha

Busque hospedagem em Fernando de Noronha

Continua após a publicidade

Publicidade