Percorra 9 píeres famosos pelo mundo

As passarelas sobre as águas costumam dar um ar nostálgico à paisagem – algumas são um passeio por si só

Originalmente, os píeres foram feitos para atracar embarcações, mas ao longo do tempo alguns se desviaram da função principal – para a sorte dos casais apaixonados, dos fotógrafos de viagem e de quem curte um passeio junto ao mar. Muitas dessas estruturas hoje abrigam cafés charmosos, parques de diversões e até grandes aquários. Mas uma coisa é certa: com tudo isso ou não, assistir às ondas quebrarem nessas passarelas que avançam sobre o mar é, no mínimo, poético. A seguir, conheça 9 píeres fantásticos pelo mundo. 

Busselton Jetty, Austrália

Trata-se do maior píer do Hemisfério Sul, com 1 841 metros, e de um ponto turístico popular, pois chega a receber 400 mil visitantes por ano. Um trem percorre a longa passarela e tem como destino um observatório subaquático onde é possível ver mais de 300 espécies marinhas em seu habitat a 8 metros abaixo da linha d’água. Mais informações, aqui.

Umhlanga Pier, África do Sul

Com apenas 80 metros de comprimento, o pequeno tamanho é compensado pela engenhosidade: construída em 2007, a premiada estrutura, na verdade, faz parte de uma tubulação que ajuda a drenar o excesso de água da chuva do solo para o Oceano Índico. Localizado perto de Durban, na costa leste sul-africana, o píer e seu arco em forma de ossos de baleia rendem boas fotos, principalmente durante o pôr do sol e à noite, quando o conjunto é iluminado. 

Huntington Beach Pier, Califórnia

Aberto em 1914 ao sul de Los Angeles, o píer já serviu como guarita para monitorar submarinos durante a Segunda Guerra Mundial e, nos anos 1980, precisou ser reconstruído depois que tempestades atingiram a Califórnia. Hoje, sua silhueta de 560 metros de comprimento serve de cenário para surfistas em busca da onda perfeita – quem não arrisca na prancha pode apenas caminhar sobre a passarela, que termina em uma lanchonete que por muitos anos foi a Ruby’s, mas que fechou em janeiro de 2021 e deve dar lugar a alguma outra em breve. Será um lugar e tanto tomar um café e, com sorte, ver golfinhos.

Santa Monica Pier, Califórnia

Também perto de Los Angeles, o píer foi inaugurado em 1909 e hoje está mais para parque de diversões – as atrações incluem montanha-russa, roda gigante movida a energia solar e um aquário com mais de 100 espécies marinhas da região, além de lojinhas e lanchonetes. Aos fins de semana, há passeios guiados que contam a história do píer. Mais no site

Brighton Pier, Inglaterra 

Cenário de filmes e séries ao longo de sua história, o píer aberto em 1899 chega a receber 4 milhões de visitantes por ano. Seus 524 metros de extensão, que abrigam um parque temático, lojas e lanchonetes de fish and chips, são iluminados por um conjunto de 67 000 lâmpadas desde 2016. Mais informações, aqui e leia uma reportagem completa sobre Brighton aqui.

Clevedon Pier, Inglaterra

O mais antigo píer dessa lista, de 1869, também já foi considerado o mais bonito da Inglaterra pelo poeta inglês Sir John Betjeman. A estrutura, construída com metal retirado de uma antiga ferrovia, é a única do tipo ainda intacta no país. No fim da passarela de 321 metros há um café, um restaurante e uma loja de souvenir – pagando uma taxa, também é permitido pescar. Leia mais

Roker Pier, Inglaterra

O formato único e curvilíneo justifica a presença de um terceiro píer inglês na lista. Localizado na cidade de Sunderland, o cais existe desde 1903, mas foi totalmente reformado entre 2012 e 2018. Outra peculiaridade: o Roker Pier também pode ser percorrido por um túnel subterrâneo, em um tour que dura cerca de 1h30 e que termina no nostálgico farol. Antes ou depois do passeio, dá para fazer uma pausa para o fish and chips na entrada da passarela. Mais informações no site

Veja também

Los Muertos Pier, México

Inaugurado em 2013, o píer faz parte de um projeto de revitalização de Puerto Vallarta, na costa oeste mexicana. Apesar do nome um tanto mórbido, a estrutura de 328 metros é popular entre casais e banhistas, que costumam lotar a areia de guarda-sóis. Em tempo: o píer mais longo do mundo também fica no México, a 4 horas de Cancún, na cidade de Progreso, tem 6,5 quilômetros de extensão e recebe muitos navios de cruzeiros.

Píer Mauá, Rio de Janeiro

Embora um tanto maltratado, o píer mais famoso do país resiste com sua bela vista para a Baía de Guanabara e, em dias claros, para um pôr do sol memorável. Depois de um projeto de revitalização que culminou nas Olimpíadas de 2016, o cais ganhou armazéns reformados, que sediam eventos importantes do calendário carioca, como o Rio Gastronomia. O acesso facilitou graças ao VLT (Veículo Leve Sobre Trilhos), que conecta o aeroporto Santos Dumont à Rodoviária Novo Rio. Além do terminal de passageiros que aportam na cidade de navio, a Zona Portuária abriga ainda a Rio Star, roda-gigante de 88 metros de altura inaugurada em 2019, o Museu do Amanhã, projetado pelo incensado (e controverso) arquiteto espanhol Santiago Calatrava e o Aqua Rio, o maior aquário da América do Sul.  Mais informações no site.

Comentários

Olá,

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.