Alemanha considera Brasil país de alto risco; veja o que muda

A atualização implica em alterações nas regras que os brasileiros devem seguir para ter entrada liberada no país

Por Bárbara Ligero Atualizado em 24 jan 2022, 13h43 - Publicado em 24 jan 2022, 10h09

O Brasil passou a integrar a lista de países considerados como “Área de Alto Risco” pelo Instituto Robert Koch, da Alemanha. A atualização foi feita na sexta-feira (21) e implica em uma mudança nas regras que os brasileiros devem seguir para ter entrada liberada no país.

Entre as principais novidades está a necessidade de preencher um formulário digital, que deve ser entregue à companhia aérea no momento do check-in, e exigência da dose de reforço para os viajantes que receberam uma única aplicação da Janssen.

Lembrando que os brasileiros que não foram vacinados ou que foram imunizados com a Coronavac continuam proibidos de entrar no país, que reconhece apenas Pfizer, AstraZeneca, Janssen e Moderna, Novavax. 

Veja a lista completa de regras para entrada na Alemanha:

  • Todos os viajantes devem preencher o Formulário Digital de Entrada;
  • Os viajantes maiores de 12 anos devem apresentar comprovante de vacinação completa há pelo menos 14 dias com vacinas reconhecidas pelo país*;
  • Os viajantes maiores de 12 anos que receberam a dose única da Janssen também devem comprovar que tomaram a dose de reforço da própria Janssen, da Moderna ou da Pfizer*;
  • Os viajantes com idade entre 6 e 12 anos devem apresentar um dos documentos a seguir em inglês, alemão, francês, espanhol ou italiano: comprovante de vacinação completa há pelo menos 14 dias com vacinas reconhecidas pelo país*, resultado negativo para um teste RT-PCR ou antígeno realizado até 48 horas antes da chegada à Alemanha ou prova de imunidade emitida após resultado positivo para um teste RT-PCR emitido entre 28 e 90 dias antes da chegada à Alemanha.

Leia tudo sobre Alemanha

Busque hospedagem na Alemanha

 

Continua após a publicidade

Publicidade