Quarentena: flamingos, pavões e até um puma ganharam as cidades

O lockdown esvaziou áreas urbanas no mundo inteiro e permitiu que animais selvagens ocupassem as ruas sem muita cerimônia

A pandemia de coronavírus colocou praticamente o mundo inteiro em quarentena. As ruas de muitas cidades ficaram vazias, os portos e canais deixaram de receber embarcações e a presença humana diminuiu drasticamente. Com isso, animais de comportamento mais arisco ou que há muito não eram vistos começaram a dar as caras em cenários urbanos. Alguns episódios se tornaram preocupantes, como é o caso dos bichos que eram alimentados por turistas e, agora famintos, tiveram a sobrevivência posta em risco, como é o caso de macacos e também de elefantes na Tailândia. Há casos de animais que voltaram ao seus habitats de anos atrás, quando a contaminação das águas era menor. Ou aqueles que sempre estiveram presentes, mas na correria do dia a dia passavam despercebidos. Veja algumas dessas cenas que ganharam o mundo com as cidades mais vazias.

Itália

Em Veneza, barcos e gôndolas sempre foram elementos indissociáveis dos canais. Porém, a falta de turistas e da circulação de embarcações a motor fez com que os canais voltassem a ficar novamente limpos, como há muito não se via. E foi diante dessas circunstâncias que a vida marinha foi retomando aos poucos. O mais recente registro foi o delicado balé de uma água-viva, veja abaixo: 

Junto com a notícia da limpeza dos canais, vieram também as fake news. Uma delas foi a de que golfinhos teriam aparecido em Veneza. A cena, na verdade, foi registrada na Sardenha. A situação foi possível graças aos poucos barcos que estão circulando próximos ao porto de Cagliari, o que fez com que golfinhos se aproximassem sem receio:

Espanha

As duas principais cidades da Espanha, que passaram por um longo lockdown, tiveram novos visitantes durante a quarentena. Na capital, Madrid, os protagonistas foram os pavões, que andavam tranquilamente por uma rua totalmente vazia. Em Barcelona, um javali foi avistado no canteiro central de uma avenida.

Já mais ao noroeste do país, em Oruense, na Galícia, um urso-pardo foi visto após mais de 150 anos sem registros na região. O animal foi flagrado em um parque pelas câmeras de uma produtora que gravava um filme no local.

França

As ruas de Paris não estavam lá muito desertas, mas o registro foi dos mais fofos. Uma avenida da cidade serviu para um passeio de uma pata com sua dezena de filhotes. O rolezinho contou até com escolta de policiais, que registraram tudo e compartilharam nas redes sociais.

Reino Unido

O País de Gales foi palco para um desfile de um rebanho inteiro de cabras, aproximadamente cem. O episódio aconteceu na cidade de Llandudno, no extremo norte do país. Os animais selvagens da raça caxemira vivem no Great Orme, atração turística da região. A cena se repetiu mais de uma vez.

Turquia

As ovelhas também ocuparam as ruas de Samsun, no norte da Turquia. O rebanho, que contava com mais de 100 animais, tomou posse de pistas nos dois sentidos, gramado central e calçadas. A cena, com ares bíblicos, difere um pouco das demais aqui mostradas: os bichos seguiam um pastor, que também andava pelo meio da rua segurando um cajado.

Índia

As ruas vazias da Índia deram espaço para uma série de animais: pavões, macacos, búfalos. Em Nova Deli, capital do país, todos esses bichos passaram a ocupar o espaço das pessoas nas vias de tráfego. Muitos deles pareciam estar famintos. Já em Mumbai, estima-se que cerca de 150 mil flamingos pousaram em áreas alagadas. A cidade costuma estar no circuito migratório das aves, mas elas tendem a se concentrar na área metropolitana de Mumbai. Segundo a Sociedade de História Natural de Bombaim (BNHS) houve um aumento de 25% delas em relação a 2019, o que deixou a cidade ainda mais cor-de-rosa.

Tailândia

Centenas de macacos foram vistos nas ruas de LopBuri, na Tailândia. A presença deles entre os carros não é uma novidade, porém a quantidade e a animosidade no comportamento foi uma surpresa. A maioria deles vive no templo Prang Sam Yod, que parou de receber turistas. Famintos, os macacos foram às ruas ensandecidos em busca de alimentos, já que não estavam mais recebendo dos visitantes. São centenas deles, confira no vídeo.

Nepal

O país asiático foi surpreendido em uma manhã com a presença de um rinoceronte pelas ruas. O animal apareceu na cidade de Sonepur e chegou até a avançar para cima de uma das poucas pessoas que estavam na rua. A casa original do bicho é o Parque Nacional de Chitwan, para onde ele voltou após dar uma voltinha. Parveen Kaswan, oficial do Serviço Florestal Indiano, foi quem compartilhou o vídeo e afirmou que a prática não foi inédita.

Chile

Um puma de cerca de um ano foi encontrado no centro da capital, Santiago. Não foi a primeira vez que o episódio acontece na cidade, contudo não é nada comum. Após as autoridades serem alertadas, o animal foi capturado e encaminhado para o zoológico para realizar exames.

Veja um compilado de animais selvagens ocupando cidades pelo mundo:

Comentários

Olá,

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.