Demônio da Garoa Por Blog Meeeeu, cê vai ver que aqui tem de tudo um muito sobre esse mundo chamado São Paulo: restaurantes, botecos, baladas, eventos, praias, esportes… Vale tudo, menos catchup na pizza!

10ª Pedalada Pelada: SP pede respeito aos ciclistas na Paulista

Nem precisa tirar a roupa para participar da bicicletada, feita em nome da harmonia no trânsito

Por Bruno Favoretto Atualizado em 19 mar 2021, 20h02 - Publicado em 9 mar 2017, 16h30

Desde Prestes Maia, São Paulo é uma cidade feita para carros. Vide nossos rios mortos, canalizados, vide o crescimento caoticamente não planejado, por vezes sobre várzeas.

Metrô e trem? Cri-cri-cri-cri…. Mobilidade? Para um cadeirante como eu, então…

A praça fica tomada Claus Lehmann

É comum deparar por aí com bicicletas-tributo de vítimas da cidade que acelera, pintadas de branco, pedindo paz e, ao mesmo tempo, clemência.

Há quem não queria se expor (tanto) Divulgação / Fora do Eixo

Meu, mais que válida é a 10ª Pedalada Pelada, que rola neste sábado, 11 de março, na Praça do Ciclista, marco de resistência na Manhattaniana Avenida Paulista.

A Paulista, sempre ela, é para se manifestar Claus Lehmann

O lance é evidenciar a fragilidade dos corpos dos ciclistas diante do sanguinolento tráfego paulista.

Continua após a publicidade
Passa pelo belo Conjunto Nacional Claus Lehmann

Rola pelo Brasil, rola pelo mundo com a galera da World Naked Bike Ride.

Porto Alegre é outra das metrópoles que entram na causa Divulgação / Fora do Eixo

“Vamos mostrar como Nus sentimos no trânsito! Obsceno é o trânsito! Venha tão NU quanto você ousar!”, diz  a descrição do evento do Facebook.

Dá até pra matar o resto de tinta do Carnaval Claus Lehmann

A nudez, porém, não é obrigatória. Todos pela causa, vestidos ou não.

Não precisa ir nu Claus Lehmann

O legal é que eles vão vender calendários dos ciclistas nus (2 por R$ 15), para arrecadar fundos para comprar bikes para cegos também pedalarem.

 + Leia também:

Continua após a publicidade
Publicidade