Demônio da Garoa Por Blog Meeeeu, cê vai ver que aqui tem de tudo um muito sobre esse mundo chamado São Paulo: restaurantes, botecos, baladas, eventos, praias, esportes… Vale tudo, menos catchup na pizza!

Guia São Roque, modo de usar: colada em SP, tem esqui, outletão, rota do vinho…

Por Bruno Favoretto Atualizado em 27 fev 2017, 16h19 - Publicado em 30 set 2016, 14h21

Tá bom, vinho de São Roque é sinônimo de adolescência, de dor de cabeça, de birita doce por vezes habitada em garrafão de 5 litros.

São Roque está a cerca de 1 hora da capital, por outro lado, é um destino gostosinho no frio e no calor para quem vai a dois ou em família.

E para que vai com desejos aventureiros, que acha, para quem não sabe, exatamente o que você leu no título: esportes dignos da Olimpíada de Inverno.

No dia 7/10, inclusive, abrem-se as cortinas para mais uma Expo São Roque, que vai até novembro.

Dito isso, amizade, vamos a um guia objetivo que inclui hospedagens:

 

Tem esqui até no sol / Eduardo Albarello

Tem esqui até no sol / Eduardo Albarello

São Roque para aventureiros

Ski Mountain

Neve em São Paulo? Quase isso, pois aqui há pistas de esqui boladas com cerdas de borracha e irrigadas com água e sabão.

Para esquiar ou dar rolê com o shape do snowboard custa R$ 30 (meia-hora) ou R$ 60 (1 hora).

Arvorismo, patinação, arco e flecha, escalada, rapel e paintball também constam no cardápio radical, preços aqui.

Em tempo: o teleférico é sempre romântico: e dá para contemplar uma linda vista.

Teleférico no Ski Mountain / Divulgação

Teleférico no Ski Mountain / Divulgação

 

São Roque para crianças
Museu de Cera Alpino

Um casarão histórico, nas dependências do Hotel Alpino, reúne 54 figuras ilustres da história do Brasil feitas com cera por escultores do museu londrino Madame Tussauds. Entre elas, Lampião, Dom Pedro I e Tiradentes em tamanho real.

É preciso agendar.

> Acesso pelo km 58 da Rodovia Raposo Tavares; grátis

 

Fazenda Angolana

Reserva um minizoo, com 150 tipos de animais, de bodes a lhamas, e uma trilha na qual dá para ver pássaros como tucanos e maritacas, desde que se faça silêncio, para não assustá-los.

> Estrada da Angolana, 257, 11/4711-1640; sáb/dom 9h/17h

 

A gente colhe nas parreiras da Vinícola Góes / Divulgação

A gente colhe nas parreiras da Vinícola Góes / Divulgação

A Estrada do Vinho

No Centro não rolam grandes atrativos, então o jeito é se jogar no roteiro vinífero, ainda que sem propósitos etílicos. Aqui, o mapa completo.

As vinícolas dos italianos e portugueses, que começaram a morar ali no século 18, se espalham pelos 10 quilômetros da estrada, cujo acesso é pelo km 56,5 da Raposo Tavares.

As uvas, de variedades não viníferas como isabel, niágara, lorena e bordô, são processadas e dão origem aos vinhos de mesa, de qualidade inferior e sabor menos complexo, com garrafas a partir de R$ 6.

Gumercindo Góes, fundador da vinícola / Divulgação

Gumercindo Góes, fundador da vinícola / Divulgação

Há 18 produtores locais com fazendas abertas à visitação: chance para degustar vinhos, doces, queijos e especialidades de alcachofra (licores e conservas). Na Góes, um passeio legal em família, o bordô suave custa R$ 14,60 a garrafa, e o tour, R$ 25, com cinco provas, colheita… Fuja, muito, da cachaça cara e de virar os olhos (no mau sentido) vendida junto com os licores de R$ 35, o de milho é até bom, mas não vem nem 400 ml na garrafinha.

As parreiras da Vinícola Góes / Divulgação

As parreiras da Vinícola Góes / Divulgação

Tem muita coisa. Destilaria-bar de vodca, a Stoliskoff, bistrô em contêiner, o Container Café e Bistrô, tem cantina, a da Tia Lina..

Continua após a publicidade

 

A linha de produção da vodca Stoliskoff, que tem lojinha / Divulgação

A linha de produção da vodca Stoliskoff, que tem lojinha / Divulgação

O moderninho Container Café e Bistrô / Divulgação

O moderninho Container Café e Bistrô / Divulgação

Mas o que mais me cativa é a Quinta do Olivardo, mix de restaurante português, tasca, empório com queijo serro da estrela a R$ 38. Na área externa rola música típica, pão no prego, espeto da Ilha da Madeira, de um tudo do mundo lusitano.

Olivardo: vai um chopps de vinho e 2 pastel aí? / Divulgação

Olivardo: vai um chopps de vinho e 2 pastel aí? / Divulgação

O melhor é o pastel de Belém, digo, de nata (R$ 7), cujo tilintar do sino anuncia uma nova fornada. E, claro, tem os vinhos – sim, portugueses e são-roquenses, tem até o dos mortos – e souvenires como galos de Barcelos. O espaço reúne também pedalinho, arvorismo e tirolesa.

 

Golfe também tem…
Gare da Mata

O espaço mistura golfe (não pra qualquer um, sobretudo pra este jornalista da Z/L), arte e gastronomia.

No clube de golfe, você aluga o equipamento para suas encaçapadas ali mesmo. Já na estação arte, que é uma galeria, dá para ver exposições itinerantes e obras do artista plástico da região, Darcy Penteado.

Prove, no restaurante, o Arroz Tarsila, que leva frango, lombo e calabresa, e as comidinhas de boteco.

> Estrada Mun. Darcy Penteado, 205; 5ª 14h/17h, 6ª 17h/0h, sáb 12h/22h, dom 12h/17h

 

O Catarina Outlet tem mais de 100 lojas / Divulgação

O Catarina Outlet tem mais de 100 lojas / Divulgação

Comprando no melhor outlet do estado

Catarina Fashion

Abertão, inaugurado no final de 2014, chegou para brigar com o já conhecido Outlet Premium, de Itupeva. As grifes gringas são o diferencial, com nomes como Burberry, Michael Kors e Carolina Herrera, mas também há lojas como Any Any, John John, Salinas e Track and Field. Artefacto, Depósito Santa Fé, Spicy, Trousseau e Cecilia Dale têm itens para a casa.

Os preços não são uma pechincha se comparados aos outlets americanos, mas dá para encontrar boas ofertas. Entre as opções gastronômicas da praça de alimentação há Outback, Spoleto, Vivenda do Camarão e Subway. Estacionamento e wi-fi grátis.

> Rod. Castello Branco, km 60, 18 km; 2ª/5ª 9h/21h, 6ª/sáb 9h/22h, dom 9h/21h.

 

Tirolesa no hotel Villa Rossa / Divulgação

Tirolesa no hotel Villa Rossa / Divulgação

Dormindo em São Roque 

A maioria das hospedagens fica em grandes áreas verdes, ótimas para um fim de semana de descanso. Vamos a algumas ideias.

 

Casa rústica e aconchegante no Airbnb

Com 4 quartos e 3 camas de casal, acomoda 11 pessoas, tem churrasqueira, duas TVs simplonas, garagem, o caseiro Zé, pode levar bicho… Tudo no meio do mato e a uns 500 metros do km 53,5 da Raposo Tavares e perto da Estrada do Vinho, excelente custo/benefício.

Ao vivo, a casa é melhor que as fotos. A piscina está desativada, com mato crescendo dentro dela, mas logo deve ser reformada.

> Diárias no fim de semana por R$ 301 com as taxas do Airbnb já inclusas (quem vai em 10 pessoas paga R$ 30 por diária…)

 

Villa Rossa

Com um estilo aconchegante e refinado, os 85 quartos do hotel têm madeiras e cores alegres em profusão na decoração. Quem preferir mais espaço pode ficar nos lofts, onde se enfiam até quatro pessoas e têm jardim e piscina privativos.

O acesso é pelo km 55 da Raposo Tavares. Se quiser pernil de cordeiro acompanhado de brócolis e batata sautée, almoce no restaurante deles. Mas a diária já contempla pensão completa.

> As tarifas são desde R$ 872, mas agora em setembro vai ter pernoite por R$ 564

Continua após a publicidade
Publicidade