Brasis

Tudo que você precisa saber para comprar em Ciudad del Este

Os preços em Ciudad del Este podem não ser mais tão atrativos como antigamente, mas ainda levam muita gente para o outro lado da Ponte da Amizade

Por Fernando Leite Atualizado em 10 out 2017, 18h46 - Publicado em 7 fev 2017, 13h46

Dar um pulinho em Ciudad del Este, no Paraguai, é irresistível para quem visita a região da Tríplice Fronteira , especialmente por quem gosta de uma boa comprinha.

Os preços não são aquelas maravilhas de alguns anos atrás, mais ainda compensa cruzar a Ponte da Amizade, tanto que ela vive chapada de veículos – prepare-se para uns bons minutos preso no tráfego.

Há várias formas de atravessá-la e eu já experimentei todas elas. Se você quer apenas conhecer o Paraguai, deixe a carteira no hotel e cruze a pé, somente com seu documento original – são 10 minutos de travessia e você chega na frente dos carros.

A forma mais segura é embarcar em alguma excursão (R$ 70, em média) ou ir de táxi (R$ 22 até a Ponte da Amizade ou R$ 80 até o Paraguai, mas devido ao trânsito para ir e voltar, taxistas não gostam desse tipo de corrida).

Uma boa opção é deixar o carro em um estacionamento antes da ponte e seguir de ônibus ou moto-táxi. Essa última modalidade foi a que levei menos tempo, mas moto-táxi é sempre um risco, né! Só não se arrisque a ir com carro próprio. É bobagem, vai por mim.

É preciso paciência para cruzar a Ponte da Amizada
É preciso paciência para cruzar a Ponte da Amizade, na fronteira do Brasil com o Paraguai Renato Alves Costa/Wikimedia Commons

Falando em bobagem, Ciudad del Este é cortada pela Ruta 7, margeada pelas avenidas Monsenhor Rodríguez e San Blás. Pois bem, você não precisa sair delas para conseguir ótimas compras, os melhores shoppings estão nessas duas avenidas.

Para ser mais claro, quanto mais se afastar delas, mais inseguro seu passeio ficará. O número de transeuntes e barracas de camelô assusta até os assíduos frequentadores da paulistana Rua 25 de Março ou do Saara carioca.

O Real é aceito por lá, mas prepare-se para taxas bem abusivas. Cheque em Foz do Iguaçu se não vale a pena trocá-lo por Guarani ou Dólar. Vamos às compras?

Veja abaixo 7 centros de compras imperdíveis em Ciudad del Este

1. Shopping del Este

É o mais próximo da Ponte da Amizade, logo à esquerda, e isso faz uma grande diferença para quem não quer camelar muito. É um shopping relativamente pequeno, mas encontra-se bons preços em brinquedos e eletrônicos. Roupas de marca são achadas na loja La Petisquera. Quem quer apostar uma graninha encontra um pequeno cassino.

Continua após a publicidade
  • Onde fica: Avenida Monseñor Rodríguez, s/n
  • Horário: de segunda-feira a sábado, das 8h às 21h, domingo, das 8h às 13h

2. S.A.X Department

Style. Arts. Xtras: o nome um tanto quanto presunçoso mostra bem o que é o lugar, um endereço do luxo em Ciudad del Este. O belo prédio envidraçado tem acesso pela galeria King Konfort. Há andares exclusivos para óculos e vestidos de noiva. Marcas como Ferrari, Ralph Lauren, Fendi e Lacoste batem cartão nos 12 andares do prédio. Um restaurante panorâmico no 11º andar garante uma vista bacana, mas, claro, nem se compara ao que você viu/irá ver nas Cataratas.

  • Onde fica: Avenida San Blás, s/n
  • Horário: de segunda-feira a sábado, das 9h às 18h, domingo, das 9h às 13h

3. Monalisa

É a mais famosa loja de Ciudad del Este. Até a chegada da S.A.X Department reinava sozinha como o templo do luxo local Quem chega de carro a Foz, a Monalisa serve como uma Estrela de Belém tamanho o número de outdoors na rodovia. Channel, Armani, Bulgari, Ermenegildo Zegna e Nike são algumas das marcas presentes ao centro de compras.

  • Onde fica: Avenida Monseñor Rodríguez, 655
  • Horário: de segunda-feira a sábado, das 7h30 às 16h30

4. Mega Eletrônicos

O nome é auto-explicativo. Ótimo local para se garimpar artigos eletrônicos com muito preços bem mais camaradas que os encontrados no Brasil.

  • Onde fica: Avenida Monseñor Rodríguez, s/n
  • Horário: de segunda-feira a sábado, das 6h às 15h30
Cena típica da Ciudad del Este: barracas de lona, ruas abarrotadas de táxis e moto-táxis, e pessoas perambulando em busca dos melhores preços. Só não é assim no domingo à tarde
Cena típica da Ciudad del Este: barracas de lona, ruas abarrotadas de táxis e moto-táxis, e pessoas perambulando em busca dos melhores preços. Só não é assim no domingo à tarde Mnunes/iStock

5. Bonita Kim

Quem só quer saber de roupas mais populares gasta um bom tempo nessa galeria de quatro andares. Só a Casa Hermosa ocupa três pavimentos: um para moda masculina e infantil, outro dedicado à feminina e um de utilidades domésticas.

  • Onde fica: Avenida San Blás, s/n
  • Horário: de segunda-feira a sábado, das 6h às 17h

6. Shopping Americana

Tem como loja mãe a Casa Americana, com tudo quanto é artigo para o lar e uma pomposa seção de brinquedos. Ou seja, se estiver viajando com crianças, pode preparar a carteira ou passar reto pelo local.

  • Onde fica: Avenida San Blás, s/n
  • Horário: de segunda-feira a sábado, das 8h30 às 17h, domingo, das 9h às 12h

7. Shopping Paris

Lembra quando falei que você não precisa deixar o eixo principal da cidade? Conhecer o Shopping Paris é a exceção, mas ele está a apenas 400 m da Ruta 7, atrás do Shopping del Este. Ainda funcionando em soft opening, a modernosa construção tem tudo para ser a nova queridinha de Ciudad del Este.

O Shopping China ocupa todo o terceiro andar, com preços joinhas em todos os departamentos. Há ainda uma loja da Apple, um café da Ferrari e duas atrações para toda a família: o Museu 3D, com pinturas de paisagens do mundo inteiro, parecendo que você está no local e o Snow Park, com pista de patinação no gelo, tobogãs e restaurantes temáticos. Casacos são fornecidos, mas não calças – evite ir de bermuda ou saia. As atrações custam cerca de R$ 75 cada.

  • Onde fica: Avenida Doctor Luis Maria Argaña, s/n
  • Horário: de segunda-feira a quinta-feira, das 7h às 21h, de sexta-feira a domingo, das 7h às 22h

Dicas para evitar perrengues com as compras em Ciudad del Este

Para fechar o assunto, vale lembrar que o limite de compras é de U$ 300 por pessoa (inclusive criança), limitado a 12 litros de bebidas alcoólicas, 10 maços de cigarros e 25 unidades de charutos (em ambos os casos não pode ser produto brasileiro).

Passou disso, paga um imposto. Outro detalhe: se você adquiriu um produto com garantia, essa só terá valor se for declarada.

Atenção: as poucas lojas que abrem aos domingos funcionam só pela manhã.

  • Continua após a publicidade
    Publicidade