França exige passe sanitário de turistas; veja como obtê-lo

Toda a documentação que você precisa ter em mãos para embarcar para o país, que já está aberto para brasileiros

Por Bárbara Ligero Atualizado em 8 set 2021, 15h54 - Publicado em 19 ago 2021, 11h00

Desde o início de agosto, a França está exigindo a apresentação de um passe sanitário para ter a entrada liberada em cafés, bares, restaurantes, cinemas, teatros, shoppings, museus, atrações turísticas e transportes públicos de longa distância. A medida vale para todos os maiores de 18 anos e será estendida para adolescentes de 12 a 17 a partir do dia 30 de setembro.

“Sem o passaporte, você não pode fazer nada”, resume o apresentador Benjamin Cano, que mora no Rio de Janeiro e está passando as férias no país.

O documento comprova que o seu detentor já foi totalmente vacinado contra a Covid-19, se recuperou da doença nos últimos seis meses ou testou negativo para um teste RT-PCR nas últimas 72 horas. Solicitá-lo é um processo bem simples para cidadãos europeus, mas turistas vindos de outras partes do mundo vinham relatando dificuldades em obter o comprovante.

“A pressão sanitária na França é muito grande. Chegando aqui, fiquei chocado. Me sinto até um pouco agredido com as medidas. Eu, como estrangeiro, tive que cumprir muita burocracia fora do padrão para obter o passaporte sanitário porque o sistema francês não estava compatível com os certificados de vacina fora da Europa. Tivemos que mandar um e-mail para o Ministério das Relações Exteriores com um monte de documentos. E além disso, na mídia o assunto principal é só esse. O clima é muito pesado”, descreve Benjamin.

Por esse motivo, o governo francês criou uma plataforma para que turistas obtenham o passe sanitaire em um processo totalmente online. Para solicitar o documento, é preciso ter recebido a segunda dose da Pfizer, Moderna ou AstraZeneca há 7 dias ou a dose única da Janssen há 4 semanas. Veja o passo a passo a seguir:

1) Salve os seguintes documentos como PDF, PNG ou JPEG: comprovante de vacinação (pode ser obtido através do Conecte SUS), cópia do passaporte válido e comprovante de residência.

2) Acesse esse site e clique em “Créer un compte demarches-simplifiees.fr”. Preencha os campos que aparecerão com o seu e-mail e uma senha e clique em “Créer un compte”.

3) Um link de verificação será enviado para o seu e-mail com o assunto “Instructions de confirmation”. Clique nele e automaticamente se abrirá uma tela. Clique em “Commencer la démarche”.

4) Selecione Madame (Mulher) ou Monsieur (Homem), preencha os campos com seu sobrenome e nome e clique em “Continuer”.

5) Selecione “Zone Amérique Centrale et Amérique du Sud” caso você tenha sido vacinado no Brasil.

6) No campo “1”, preencha a sua data de nascimento, o seu endereço e o seu país de residência. Depois, anexe respectivamente a cópia do passaporte e um comprovante de residência. Por fim, preencha a data da sua chegada na França.

7) No campo “2”, preencha seu nome, sobrenome e data de nascimento. Anexe novamente a cópia do passaporte ou outro documento de identidade.

8) No campo “3”, preencha o país onde foi vacinado, a data em que recebeu a última dose, o tipo de vacina administrada e quantas doses tomou. Por fim, anexe o comprovante de vacinação.

Continua após a publicidade

9) No campo “4”, acrescente outros comentários que desejar, clique para certificar que as informações fornecidas são verdadeiras e clique em “Déposer le dossier”.

10) Depois de terminar de preencher o formulário, você ainda pode acessá-lo com seu login e senha para editar alguma resposta ou anexar um documento. Se tudo estiver certo, em alguns dias você receberá um QR Code por e-mail. Não há um prazo para recebê-lo, portanto envie o pedido o quanto antes. Quando o passe sanitário for solicitado, apresente o QR Code impresso ou na própria tela do celular através do aplicativo TousAntiCovid.

O QR Code é de uso individual. Caso esteja viajando em grupo, é necessário fazer uma solicitação para cada pessoa. As informações atualizadas se encontram nessa página do Ministério das Relações Exteriores da França.

Plano B

Caso você não consiga obter o QR Code a tempo da sua viagem, uma alternativa é realizar um teste rápido de antígeno ou o RT-PCR em um laboratório ou farmácia na França (é possível localizar o estabelecimento credenciado mais próximo através desse mapa). O resultado do exame será automaticamente inserido no sistema de saúde francês e aparecerá no aplicativo TousAntiCovid. Mas atenção: caso você teste positivo para a Covid-19, será obrigado a cumprir quarentena.

Imigração

O governo da França anunciou no dia 17 de julho que os turistas que já foram vacinados com Pfizer, AstraZeneca, Janssen e Moderna não estão mais sujeitos a restrições para entrar em território francês, seja qual for o seu país de origem. Isso vale mesmo para as nações que estão na “lista vermelha” de alerta, como é o caso do Brasil. Basta preencher uma declaração e apresentar o comprovante de vacinação físico ou digital (veja como obter o seu através do Conecte SUS) durante o check-in no aeroporto.

O escritório do Turismo da França no Brasil confirmou que as vacinas da AstraZeneca fabricados no Brasil (Fiocruz) ou na Índia (Covishield) também serão reconhecidas, diferentemente do que está acontecendo em outros países europeus. Já a CoronaVac não será aceita porque ainda está na fase final de análise da Agência Europeia de Medicamentos (EMA).

As medidas aplicadas aos adultos vacinados serão estendidas aos menores de idade que estejam viajando com eles. Porém, os adolescentes com 12 anos ou mais deverão apresentar resultado negativo para um exame do tipo RT-PCR.

Os demais passageiros vindos do Brasil que ainda não estão vacinados contra a Covid-19 podem entrar na França somente se tiverem um motivo válido, como reunião familiar ou permissão de residência no país europeu. Ainda assim, eles devem apresentar resultado negativo para um exame RT-PCR feito menos 48 horas antes do voo, realizar um novo teste na chegada ao país e cumprir quarentena de dez dias.

As informações atualizadas se encontram nessa página do Ministério das Relações Exteriores da França.

Voos

A Air France está recebendo passageiros em viagens não essenciais à França partindo do Brasil desde o dia 18 de julho. A companhia aérea opera um voo diário para Paris saindo de São Paulo e mais três ligações semanais partindo do Rio de Janeiro.

Veja outros países que estão abertos para brasileiros

Busque hospedagem na França

Leia tudo sobre a França

  • Continua após a publicidade
    Publicidade