Tudo que você precisa saber sobre a reabertura dos Estados Unidos

País aceitará todos os imunizantes aprovados pela OMS, incluindo Coronavac, e também pedirá teste de Covid-19

Por Bárbara Ligero Atualizado em 3 dez 2021, 16h16 - Publicado em 8 nov 2021, 12h59

Após 20 meses de restrições, os Estados Unidos reabriram as suas fronteiras nesta segunda-feira (8), mesma data em que os serviços consulares de emissão e renovação de vistos foram retomados. Veja a seguir tudo o que você precisa saber para viajar para o país a partir de agora:

Quem pode viajar para os Estados Unidos? Todos os estrangeiros que já foram completamente vacinados contra a Covid-19 têm permissão para entrar por terra, mar ou ar nos Estados Unidos para fins de turismo. São considerados completamente vacinados os indivíduos que receberam a segunda dose ou a dose única há pelo menos duas semanas.

Quais vacinas são aceitas pelos Estados Unidos? Todas as que foram aprovadas para uso emergencial pela Organização Mundial da Saúde (OMS). São elas: Pfizer, AstraZeneca/Covishield, Janssen, Moderna, Sinopharm, Sinovac/Coronavac e Covaxin. As combinações de doses de vacinas diferentes também serão aceitas, desde que tenham sido administradas com 17 dias de intervalo.

É preciso fazer um teste de Covid-19 para entrar nos Estados Unidos? Para embarcar em um avião com destino aos Estados Unidos, é necessário fazer um teste de antígeno ou RT-PCR no dia anterior ao embarque (veja onde fazer o exame no Brasil). Aqueles que se recuperaram da Covid-19 recentemente podem, como alternativa, apresentar um resultado positivo para o coronavírus nos últimos 90 dias.

Que tipo de documentos serão aceitos pelos Estados Unidos? Os comprovantes de vacinação e os resultados de exames podem ser apresentados por meios físicos (impresso) ou digitais (foto, PDF ou aplicativo do Conecte SUS). O importante é que neles constem identificadores pessoais correspondentes ao do passaporte (como nome completo e data de nascimento), além das datas de aplicação e dos nomes dos fabricantes e fornecedores da vacina.

Quais são as regras para crianças entrarem nos Estados Unidos? Os menores de 18 anos não precisam estar completamente vacinados contra Covid-19 para entrar por terra, mar ou ar nos Estados Unidos para fins de turismo. No entanto, as crianças e adolescentes de 2 a 17 anos devem fazer um teste de antígeno ou RT-PCR: o prazo é de até três dias antes do embarque para os que estiverem viajando com pais ou responsáveis completamente vacinados e um dia para os que estiverem viajando desacompanhados. Aqueles que se recuperaram da Covid-19 recentemente podem, como alternativa, apresentar um resultado positivo para o coronavírus nos últimos 90 dias.

Continua após a publicidade

Como estão os protocolos sanitários nos Estados Unidos? As políticas de combate à pandemia variam de acordo com a cidade e o estado. Em Nova York, todos os maiores de 12 anos devem comprovar que receberam pelo menos a primeira dose da vacina contra Covid-19 para ter acesso a bares, restaurantes, cinemas, teatros, estádios e casas de show. As máscaras são obrigatórias apenas em transportes públicos e para assistir espetáculos na Broadway. As regras são semelhantes em San Francisco e Los Angeles, onde o comprovante de vacinação também é pedido na porta dos estabelecimentos. A diferença é que lá as máscaras ainda são obrigatórias em boa parte das atividades em ambientes fechados. Na Flórida, por outro lado, é mais raro que o comprovante de vacinação seja solicitado e o uso de máscara é apenas uma recomendação. Uma exceção é a Disney, que ainda exige que todos os visitantes com mais de dois anos cubram o nariz e a boca.

Como está a emissão e renovação do visto para os Estados Unidos? Os Estados Unidos retomaram a emissão e a renovação de vistos para turistas em sua embaixada em Brasília e em seus consulados em São Paulo, Rio de Janeiro, Porto Alegre e Recife nesta segunda-feira (8). O serviço estava interrompido por causa da pandemia desde maio de 2020, o que fez com que o calendário de entrevista ficasse sem vagas disponíveis até dezembro de 2022. Para reverter a situação, a Embaixada dos Estados Unidos prometeu abrir novas vagas para análise de pedidos em todas as unidades espalhadas pelo país ainda em 2021. No entanto, muitas pessoas relatam que os novos horários se esgotam rapidamente e que o portal chegou a ficar fora do ar. É possível acompanhar o tempo de espera aqui. Fora isso, o procedimento de solicitação permanece o mesmo (veja o passo a passo aqui).

O seguro de viagem é obrigatório para entrar nos Estados Unidos? Apesar dos Estados Unidos não exigirem o seguro de viagem de turistas brasileiros, é altamente recomendável contratar um porque o país não oferece tratamento médico gratuito. Nas circunstâncias atuais, também é importante verificar se o serviço contratado inclui cobertura para Covid-19.

As informações atualizadas estão disponíveis no site da Casa Branca e no site do Centro de Controle e Prevenção de Doenças (CDC).

Leia tudo sobre Estados Unidos

Busque hospedagem nos Estados Unidos

Continua após a publicidade

Publicidade