Tour pelo estádio do Maracanã, no Rio, reabre com relíquias e interatividade

Acervo teve acréscimo do uniforme de Garrincha usado na Copa de 1962 e atrações tecnológicas

Por Redação Atualizado em 16 dez 2016, 07h48 - Publicado em 6 ago 2014, 17h34

Mais de duas semanas depois da final da Copa do Mundo, o Tour Maracanã – um passeio pelo museu que fica dentro do estádio do Maracanã, no Rio de Janeiro (RJ) -, foi reaberto no último dia 29 com novas relíquias e interatividade.

Uma das novidades é o uniforme usado por Mané Garrincha durante a Copa do Mundo de 1962, no Chile. A camisa e a bermuda agora estão expostas ao lado do busto e de um manequim que reconstitui as famosas penas tortas do craque.

O museu do estádio do Maracanã não apresenta apenas “velharias”: há duas atrações que prezam por inovações tecnológicas interativas. Uma delas é o pênalti virtual, em que o visitante pode tentar fazer um gol de mentirinha. A outra é o Maracasom, que reproduz o barulho da construção e os sons das torcidas no estádio. O espaço ainda expõe uma maquete do estádio, feita por uma modernosa impressora 3D.

Para quem não conhece o museu, logo no saguão há uma estátua de Zico, maior goleador da história do estádio, com 333 gols. Também está ali a cadeira utilizada pela rainha Elizabeth II em visita ao estádio em 1968, além da bola, da trave e da rede do milésimo gol do Rei Pelé. Um passeio pelas dependências do estádio também faz parte do Tour: o visitante pode conhecer a tribuna de imprensa e de honra, o gramado, os vestiários e a sala de coletivas de imprensa.

O passeio pode ser feito com acompanhamento de um guia ou com ajuda de um aparelho audioguia, entregue aos visitantes na entrada. O mesmo material em áudio está disponível para usuários de sistemas operacionais Android e iOS. Basta fazer o download gratuito do aplicativo do Tour Maracanã.

Há um roteiro adaptado especialmente para crianças. O passeio, que promete ser mais dinâmico e educativo, já é diferente desde o início: a garotada ganha exemplares de uma revistinha de colorir que conta a história do Maracanã. No fim da visita, elas participam de um quiz sobre o estádio.

De acordo com a administração, o Maracanã é o terceiro ponto turístico mais visitado no Rio de Janeiro, perdendo para o Pão de Açúcar e o Cristo Redentor.

Tour Maracanã

Horário: todos os dias, das 9h às 17h, com intervalos de uma hora; aos fins de semana, os intervalos são de 30 minutos. A bilheteria abre das 8h30 às 17h30.

Visitas com guia: de segunda a quinta – R$ 36 (R$ 18 meia-entrada). Sexta, sábado, domingo e feriados – R$ 40 (R$ 20 meia-entrada).

Continua após a publicidade

Visitas não guiadas: de segunda a quinta – R$ 24 (R$ 12 meia-entrada) + audioguia R$ 10. Sexta, sábado, domingo e feriados – R$ 30 (R$ 15 meia-entrada) + audioguia R$ 10.

Onde comprar: bilheterias portão A (rampa da UERJ) e também pelo site do Maracanã.

*Crianças até cinco anos não pagam. Estudantes, crianças de 6 a 12 anos e idosos acima de 60 anos pagam meia-entrada.

Obs.: Em dias de jogos, o último tour termina duas horas antes da abertura dos portões.

Leia mais:

Dicas do GUIA QUATRO RODAS sobre o Rio de Janeiro

Informações e fotos sobre o estádio do Maracanã

Memorial do Corinthians: a história do campeão dos campeões

Museu do Futebol tem exposição interativa sobre o Brasil nas Copas do Mundo

48 horas no Rio de Janeiro (RJ): roteiro pelo centro e principais atrações

Continua após a publicidade
Publicidade