Por que a Tailândia recebe mais turistas que o Brasil?

Brasil e Tailândia têm atrações em comum. Mas, na hora das férias, os europeus preferem a segunda. Por quê?

O preço do voo entre as capitais europeias e Bangcoc ou entre essas mesmas cidades e São Paulo é quase idêntico. As distâncias também se equivalem. As atrações são compatíveis: praias maravilhosas, florestas, balada, comida boa e farta, gente receptiva, calor.

Mas converse com qualquer inglês ou sueco de classe média recém-saído da puberdade. Ele provavelmente já terá ido cinco vezes à Tailândia (e também ao Laos, ao Vietnã, ao Camboja). Já o Brasil é um sonho improvável.

Eu me limitarei a tratar do tipo de gringo que gostaria de ir ao Brasil, mas o vê como um sonho distante (apesar de já ter ido oito vezes à Tailândia). Por que isso acontece? Algumas razões…

  • É mil vezes mais fácil se deslocar de um lugar a outro na Tailândia. Toda pousada, agência de viagem e até restaurante é capaz de vender um tíquete combinado de barco, ônibus, avião, trem ou van que faz com que você seja conduzido ao seu destino sem precisar queimar nem um neurônio sequer. O conforto dos veículos pode variar de ótimo a sofrível, e os imprevistos também acontecem, mas você chega. Já no Brasil…
  • Os aeroportos são modernos, funcionam realmente e companhias de baixo custo, como Air Asia e Nok Air, cobrem o país todo e têm tarifas realmente baixas. Já no Brasil…
  • Por mais difícil que seja encontrar alguém que fale inglês fluentemente, a maioria das pessoas que lida com turistas sabe o básico.
  • Qualquer bangalô no meio do mato presta serviços que lhe permitem passar a vida inteira por lá se você quiser: cama, comida, lavanderia, bar, aluguel de snorkel, câmbio, agendamento de passeios, táxi, internet.

Para completar, mais dois fatores que, sozinhos, já justificariam a opção Tailândia:

  • É um país seguro. O pior que pode acontecer a um turista é ter a carteira batida ou pagar comissões homéricas a um agente, coisas que podem ser evitadas com um pouco de cuidado e malícia.
  • O Brasil está caro até para os gringos. Na Tailândia, gastei R$ 150 em média, por dia, com estadia, comida, transporte e passeios. Novamente: R$ 150.

Por essas e outras, não tive como argumentar quando um casal luso-belga me disse que, agora que conheceram a Tailândia, pensam em nunca mais voltar ao Brasil.

Comentários
Deixe um comentário

Olá, ( log out )

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s