Restaurante receberá clientes em estufas para evitar contaminação

Estabelecimentos deverão seguir uma série de normas com o objetivo de cumprir com o distanciamento social. Haja investimento e criatividade

Em tempos de coronavírus, um dos desafios dos bares e restaurantes é conseguir oferecer um distanciamento mínimo entre os clientes, além de implementar protocolos que diminuam os riscos de contaminação.

Uma das soluções mais criativas até o momento surgiu na Holanda, que na semana que vem deverá anunciar medidas para a reabertura paulatina do comércio. Um restaurante vegano de Amsterdã, o Mediamatic Eten, já começou a testar uma nova modalidade de atendimento com mesas colocadas dentro de estufas.

As estruturas de vidro foram posicionadas à beira de um dos canais. Cada cubículo terá capacidade para até três pessoas, sendo que o grupo deverá ser composto por indivíduos que vivem juntos. Além disso, uma mesma estufa só poderá ser ocupada por duas levas de clientes em uma mesma noite: das 18h às 20h30 e das 20h30 às 23h.

Mediamatic Etan O restaurante serve comida vegana e já está com as reservas esgotadas nos próximos meses

O restaurante serve comida vegana e já está com as reservas esgotadas nos próximos meses (Mediamatic Etan/Divulgação)

O restaurante ainda aguarda a permissão das autoridades para funcionar dessa maneira. Porém, o Mediamatic Eten já esgotou seu limite de reservas para os meses de maio e junho, o que indica que a ideia fez sucesso entre os moradores de Amsterdã e poderá virar uma tendência.

Ainda na Holanda, a rede de fast food McDonald’s também está planejando alterações em suas lojas. Alguns testes já estão sendo realizados na cidade de Arnhem e imagens divulgadas pela Reuters mostram divisórias entre as mesas, telas touch-screen para a realização de pedidos, álcool em gel na entrada e locais de espera desenhados no chão para separar os clientes. Também chama atenção a possibilidade dos lanches serem levados em carrinhos e entregues nas mesas.

Restaurantes ao ar livre

Do outro lado da Europa, na Lituânia, o distanciamento social vem se mostrando um desafio. Em uma cidade com calçadas tão estreitas como é o caso do centro histórico de Vilnius, a capital do país, os restaurantes não conseguiriam manter o distanciamento regulamentar de dois metros entre uma mesa e outra. Por esse motivo, o governo permitiu que 18 espaços públicos da cidade sejam usados temporariamente e sem custos para acomodar as mesas de cafés e restaurantes, o que inclui a principal atração de Vilnius, a Praça da Catedral. A decisão transformará o centro histórico em um grande restaurante ao ar livre. Segundo o prefeito, Remigijus Šimašius, “isso ajudará a cidade a trabalhar, manter empregos e permanecer viva”.

Centro Histórico de Vilnius, Lituânia O centro histórico de Vilnius deverá ser tomado por mesas ao ar livre

O centro histórico de Vilnius deverá ser tomado por mesas ao ar livre (iStock/iStock)

Regras e mais regras

Ainda que ideias criativas como as de Amsterdã e a de Vilnius sejam bem-vindas, a tendência é que todos os países do mundo tenham que estabelecer regras para o funcionamento de bares e restaurantes. Em Abu Dhabi, nos Emirados Árabes, o governo publicou as normas para que os estabelecimentos possam funcionar. São elas:

  • Não ultrapassar 30% de sua capacidade total
  • Posicionar as mesas a 2,5 metros de distância umas das outras
  • Permitir no máximo duas pessoas por mesa
  • Oferecer meios de pagamento eletrônico
  • Oferecer álcool em gel
  • Esterilizar e desinfectar os espaços e objetos frequentemente
  • Exigir que funcionários e clientes usem máscaras e luvas
  • Proibir a entrada de funcionários e clientes que apresentem qualquer sintoma de doença infecciosa
  • Utilizar materiais descartáveis

Abu Dhabi também proibiu que os restaurantes, bares e cafés ofereçam narguilés aos clientes, hábito dos mais comuns na cultura árabe.

Leia tudo sobre coronavírus

Comentários
Deixe um comentário

Olá,

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s