Os (muitos) feriados de 2017

Tiradentes, Trabalho, Independência, Finados: este ano será o paraíso dos fins de semana prolongados

Por Fernando Souza Atualizado em 14 mar 2017, 20h15 - Publicado em 8 jan 2017, 19h44

Após um 2016 com muitas efemérides às quartas-feiras e nos finais de semana – mais alguém aqui não gostou do Natal e do Réveillon no domingo? , o ano de 2017 programa um festival de feriados às segundas, terças, quintas e sextas, do jeito que a gente gosta.

Para quem anda de bem com a chefia ou está com o banco de horas recheado, os feriados são uma oportunidade para dar aquele break do trabalho e, por até quatro invejáveis dias, descer para o litoral, subir a serra, curtir um resort, levar a família para um hotel-fazenda, conhecer Montevidéu, voltar a Buenos Aires…

Mas nem todo mundo fica feliz com esse tanto de feriados emendáveis (nós ficamos!): segundo o Clube de Diretores Lojistas do Rio, as nove paradas nacionais, as três estaduais, as duas municipais e os dois pontos facultativos, somados aos dias enforcados, representarão perdas de R$ 7,5 bilhões para o comércio varejista carioca em 2017.

Por sorte, nem tudo na vida é dinheiro e trabalho, e nem todo mundo pensa como os comerciantes. O sociólogo britânico Alex Williams, por exemplo, escreveu um artigo de grande repercussão sobre o assunto para o site acadêmico The Conversation.

“Imagine se, em vez de curtir alguns feriadões ao longo do ano, tivéssemos três dias de fim de semana todas as semanas”, começa ele. “(…) poderia ser uma maneira fácil de melhorar radicalmente o nosso ambiente e a economia”, continua.

“Num momento em que cientistas recomendam reduções drásticas das emissões de gases (…), a adoção de fins de semana de três dias poderia ser a maneira mais fácil para tornar a nossa economia menos nociva ao meio ambiente”, diz o sociólogo.

Segundo Williams, o estado americano de Utah viveu essa experiência com horas extras trabalhadas de segunda a quinta-feira para eliminar as sextas. Com isso, o meio ambiente foi poupado da emissão de mais de 12 mil toneladas de gás carbônico por ano. Apesar dessas vantagens, em 2011 o governo de Utah foi forçado a abandonar a medida após reclamações de moradores que queriam ter acesso a serviços nas sextas-feiras.

Ah, o ser humano, esse eterno insatisfeito…

Economistas ouvidos por Williams dizem que muitos dias de trabalho são subutilizados pelos empregados, que, em vez de trabalhar mais horas com pouca produtividade, deveriam ter uma semana mais curta e ajudar a salvar o planeta e o nosso próprio bem-estar.

Como, segundo o autor, sistemas de robótica avançada e inteligência artificial substituirão 47% dos empregos atuais nos EUA e 54% na Europa nas próximas décadas, a adaptação aos fins de semana de três dias seria essencial para manter o funcionamento da economia.

Quem somos nós para discordar?

Enquanto isso não acontece, confira os feriados nacionais, estaduais e municipais programados para São Paulo em 2017 e que nos proporcionarão uma dúzia de oportunidades extras para viajar.

 

JANEIRO

25, quarta 👍 – Aniversário de São Paulo

 

FEVEREIRO

28, terça 🤘 – Carnaval

 

ABRIL

14, sexta 🙏 – Paixão de Cristo

21, sexta 😁 – Tiradentes

 

MAIO

Continua após a publicidade

, segunda 😎 – Dia do Trabalho

 

JUNHO

15, quinta 🍷 – Corpus Christi

 

SETEMBRO

7, quinta 👏 – Independência

 

OUTUBRO

12, quinta 😇 – N. Sra. Aparecida

 

NOVEMBRO

2, quinta 🖖 – Finados

15, quarta 😴 – República

20, segunda 👊 – Consciência Negra

 

DEZEMBRO

25, 🎅 segunda  – Natal

 

JANEIRO/2018

, segunda 🍾 – Confraternização Universal

 

+ 70 dicas de passeio pelo litoral, interior e montanhas paulistas

+ Passeie a pé pelo centro histórico e pelos arredores de Buenos Aires

+ 14 cicloviagens para conhecer o Brasil de bike

Continua após a publicidade
Publicidade