14 cicloviagens para conhecer o Brasil de bicicleta

Escolhemos 14 lugares pelo Brasil que são perfeitos para viajar de bicicleta, aproveitar melhor o contato com a natureza bruta e a sensação de liberdade

Por Lívia Aguiar | Edição: Ludmilla Balduino Atualizado em 4 Apr 2017, 19h01 - Publicado em 17 Jun 2016, 20h02

Força, disposição e tranquilidade para percorrer o caminho no próprio tempo e respeitando os limites do corpo são essenciais para uma cicloviagem de sucesso – isso e muita água, é claro. Um país imenso como o Brasil tem muito mais a oferecer do que os já inúmeros, diversos e fascinantes destinos turísticos.

O mais comum é passar por paisagens estonteantes sem percebê-las direito, com a pressa em chegar, fazer check-in no hotel e “começar a aproveitar”. Em uma cicloviagem, essa lógica se inverte: a cereja do bolo é o caminho percorrido e o ponto de chegada é o fim do passeio.

Entre uma cidade, praia, cachoeira e outra, a terra está repleta de pássaros silvestres cantando bonito, flores cheirosas, riachinhos de água fresca, plantas desconhecidas, animais selvagens que podem (ou não) dar o ar da graça, mas só aproveita quem permanece mais tempo no trajeto, o que é difícil usando um meio de transporte motorizado, que passa zunando e assustando a fauna mais tímida.

Uma grande vantagem do cicloturismo – e do ecoturismo em geral – é a preocupação com a preservação do meio ambiente, seja no uso de meios de transporte sustentáveis (na bicicleta, o único combustível é a comida que o ciclista consome) ou na preocupação dos viajantes em cuidar do ambiente que está percorrendo, fazendo descarte consciente do próprio lixo, por exemplo.

Numa viagem de bike, também é preciso praticar o desapego: não dá pra levar uma muda de roupa para cada dia, nem todos os produtos de higiene que está acostumado a usar em casa no dia-a-dia. Ao experimentar um modo de vida mais simples na estrada, quem sabe não inspira a simplificar também o cotidiano?

Como começar a viajar de bicicleta

Se você é sedentário e não está acostumado a pedalar, é preciso ir devagar com o próprio corpo. Recomenda-se treinar pedalando na própria cidade e fazer viagens mais curtas para experimentar a bicicleta com o peso extra da bagagem antes de partir para uma expedição de vários dias.

Se for totalmente iniciante, conte com a ajuda de outros mais experientes para fazer a viagem com você. O Clube de Cicloturismo do Brasil é um bom jeito de começar. No site, é possível se conectar com outros cicloviajantes, fazer parte de uma expedição na sua região e obter respostas a todas as dúvidas que surgirem.

Outro cuidado essencial é no treinamento de primeiros socorros, de reparo da bicicleta e estudo detalhado do roteiro que irá percorrer, para evitar surpresas e aproveitar ao máximo o tempo na estrada. Preparado? Então, bora pedalar por esse Brasil!

  • Continua após a publicidade
    Publicidade