Cervejarias para visitar no Sul e Sudeste do Brasil

O autor do livro "As 100 Melhores Cervejas Brasileiras" recomenda 4 cervejarias pelo país

Por Viagem e Turismo Atualizado em 6 ago 2019, 18h10 - Publicado em 18 fev 2016, 11h11

1. Bodebrown Cacau Ipa, Curitiba (PR)

Foto: DivulgaçãoFoto: Divulgação

“Multipremiada, com cacau de Ilhéus em sua receita, é uma cerveja acachapante, bem diferente. Os lúpulos herbáceos escoltam magistralmente o dulçor do cacau, e, na boca, apresenta deliciosa maciez.”

  • 2. Abadessa Slava Pils, Porto Alegre (RS)

    Foto: DivulgaçãoFoto: Divulgação

    “No aroma dessa cerveja encontra-se o adocicado dos maltes lembrando biscoito, além de toques florais e levemente herbáceos dos lúpulos de origem alemã, tudo a serviço da refrescância.”

  • 3. Noi Avena, Rio de Janeiro (RJ)

    Foto: DivulgaçãoFoto: Divulgação

    “Assinada pelo ex-advogado Leonardo Botto, a Noi Avena contém aveia não maltada em sua formulação. É bastante encorpada, sem perder a refrescância e a drinkability. Os aromas remetem a mel e cereais frescos.”

    Continua após a publicidade

    4. Falke Tripel Monasterium, Ribeirão das Neves (MG)

    Foto: DivulgaçãoFoto: Divulgação

    “Na adega da Falke Bier, a Monasterium é fermentada na própria garrafa, ao som de canto gregoriano (dizem que as leveduras “trabalham” melhor!). É uma cerveja potente, rica em sensações frutadas e cítricas que remetem a laranja, pera e abacaxi, elaborada com aveia e maltes de cevada e trigo.”

  • MauricioBeltramelli2As indicações são de Mauricio Beltramelli, sommelier, autor do livro As 100 Melhores Cervejas Brasileiras (LEYA)

     

     

     

    Errata: a matéria tinha como título “As 4 melhores cervejas do Brasil, segundo um sommelier”, o que não condiz com o conteúdo publicado na edição impressa (setembro de 2015, edição 239), que era “Cervejarias para visitar (e cervejas para beber…) de norte a sul do país”.

    Continua após a publicidade
    Publicidade