Latam: pedido de recuperação judicial pode garantir sobrevivência

Devido à crise do coronavírus, aérea pediu reestruturação de dívidas no Chile, Colômbia, Equador, EUA e Peru. No Brasil, a aérea deverá ter apoio do BNDES

Hoje (26), o Grupo Latam entrou com um pedido de recuperação judicial de suas filiais no Chile, na Colômbia, no Equador, nos Estados Unidos e no Peru devido à crise financeira provocada pela pandemia de coronavírus.

Até o momento, não foram incluídas no pedido de reestruturação das dívidas as sedes da Argentina, do Brasil e do Paraguai, onde a companhia está negociando auxílios com os respectivos governos.

No caso do Brasil, a Latam já aderiu ao socorro do BNDES, que deve encaminhar cerca de R$ 2 bilhões para a empresa. No comunicado à imprensa enviado na manhã desta teça-feira (26), a Latam disse que possui em caixa 1.3 bilhões de dólares e que já obteve a garantia de um aporte financeiro de até US$ 900 milhões dos seus principais acionistas, incluindo a Qatar Airways e as famílias Cueto e Amaro.

Veja também

A área declarou que o processo de reorganização financeira dará a oportunidade de pagar funcionários, negociar a redução das dívidas com credores, acessar novas fontes de financiamento e adaptar os negócios à nova realidade: a empresa reduziu 95% de seus voos desde o início do surto de Covid-19.

“Implementamos uma série de medidas difíceis para mitigar o impacto dessa disrupção sem precedentes no setor, mas, no fim das contas, esse caminho é a melhor opção para estabelecemos as bases certas para o futuro do nosso grupo de companhias aéreas. Estamos olhando adiante, para um futuro pós-Covid-19, e focados em transformar nosso grupo para que ele se adapte a uma nova e evolutiva maneira de voar”, disse  Roberto Alvo, CEO da Latam. 

A Latam é a segunda companhia aérea da América Latina que entra com pedido de recuperação devido à pandemia de coronavírus: a primeira foi a Avianca, em 10 de maio.

O pedido de recuperação judicial é um recurso previsto em lei ao qual empresas recorrem com o intuito de suspender o pagamento de credores para organizar as finanças. A próxima etapa costuma ser o agendamento de assembleias para apresentar um plano de pagamento. Caso esse plano não seja cumprido, há o decreto de falência. A RJ não impede que a empresa continue com suas operações.

Comprei uma passagem aérea com a Latam. Serei prejudicado?

A companhia aérea afirmou que todas as empresas do grupo continuarão a operar voos conforme as restrições de viagem e a demanda permitirem, independente de estarem incluídas ou não no pedido de recuperação judicial.

Por isso, a Latam garantiu que passagens atuais e futuras, as políticas de flexibilidade, os vouchers de viagem e os pontos e benefícios do programa Latam Pass serão respeitados.

O grupo também criou um site especial que traz mais informações sobre a reorganização financeira da empresa.

Leia tudo sobre coronavírus

 

Comentários
Deixe um comentário

Olá,

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s