Em risco de falência, Cirque du Soleil cria plataforma online

Depois de demitir 95% de sua equipe, a empresa criou uma página com vídeos e outras experiências virtuais

Por conta da pandemia de coronavírus, o Cirque du Soleil teve que suspender seus espetáculos. A companhia contava com 19 shows diferentes, com turnês que passavam por 300 cidades em 50 países.

Estima-se que a empresa terá de desembolsar US$ 165 milhões para reembolsar o público pelos shows cancelados, além de lidar com outros prejuízos, visto que a suspensão das apresentações ainda deve perdurar pelos próximos meses.

Acredita-se que, em condições normais, a companhia circense gere US$ 1 bilhão por ano. Dessa forma, a previsão é que em 2020 haja um prejuízo de, no mínimo, US$ 900 milhões.

Veja também

Diante desse cenário, o Cirque du Soleil demitiu 4 600 membros da sua equipe, número que representa 95% de todos os seus funcionários.

Em comunicado, o presidente do grupo, Daniel Lamarre, disse: “Estamos profundamente tristes pelas medidas drásticas tomadas hoje, já que o corte temporário no staff inclui muitos trabalhadores dedicados. Infelizmente, essa foi a nossa única opção em meio a essa tempestade”.

Segundo a agência britânica Reuters, a empresa já contratou consultores de reestruturação para ajudar a resolver a crise. Uma das possibilidades é a companhia decretar falência.

Plataforma Online

Cirque du Soleil, Cirque Connect O Cirque du Soleil reuniu seus conteúdos digitais em um só lugar

O Cirque du Soleil reuniu seus conteúdos digitais em um só lugar (CirqueConnect/Reprodução)

Outra opção de entretenimento em tempos de quarentena, o CirqueConnect reúne diversos conteúdos digitais do Cirque du Soleil.

O principal deles é um vídeo de uma hora com trechos dos espetáculos “O”, “Kurios” e “Luzia”, que foi transmitido ao vivo na última sexta-feira (27) e agora está disponível no site.

Mas há também duas experiência em realidade virtual: uma pelos bastidores dos shows, passando pelos centros de treinamento e camarins, e uma no palco, que mostra os momentos mais arrepiantes dos shows da companhia.

Além disso, é possível assistir vídeo-aulas feitas por funcionários do Cirque du Soleil. Uma playlist no Youtube, com novos conteúdos a cada semana, ensina a se exercitar em casa. Outra, como fazer as elaboradas maquiagens dos shows.

Também há vídeos com curiosidades dos espetáculos e até uma playlist no Spotify com as músicas usadas nos shows.

Leia tudo sobre o coronavírus

Comentários
Deixe um comentário

Olá,

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s