Delícia! Delícia! 15 pratos que são a cara da Europa

Elaborados, simples e clássicos, uma viagem pela gastronomia do Velho Continente

Por Eduardo Jun Marubayashi 20 fev 2012, 12h05

Muito mais que o ato de alimentar, a gastronomia na Europa tem status de arte. Mas é uma arte em eterno movimento.

Chefs estrelados desconstroem receitas clássicas, as mamas não arredam pé das tradições, bodegas em vilarejos montanheses escondem ingredientes que sumirão no tempo. Cada região tem atávico orgulho sobre suas criações, mas mesmo estas têm origens difusas e largas influências.

Por exemplo: você consegue imaginar a Inglaterra sem chá, a Alemanha sem batatas, a Itália sem tomates ou a Hungria sem páprica? Difícil, quase impossível, mas estes são ingredientes que não são nativos do continente. Foram importados durante as navegações, mas hoje são parte indissociável  da cozinha local. Tanto que conhecemos batatas ‘holandesa’ e ‘inglesa’, mas nada de ‘peruana’. Nem sempre quem cria leva o crédito…

Nosso pequeno tour gastronômico traz uma curta lista de pratos europeus obrigatórios, que, sacrilégio, omite símbolos locais, como a paella ou as fritas belgas. Seria possível fazer uma viagem só de pratos italianos, mas tudo isto, por enquanto, é só para provocar seu estômago. Boa viagem!

 

Continua após a publicidade

Publicidade