Check-list pré-viagem: carro, malas, pet, hora do rush e mais

Tudo o que você precisa saber antes de viajar: organizar bagagem, horário de pico nas estradas de agora até o Ano Novo, como evitar overbooking e mais

Imagine a cena: você conta as horas, até que, finalmente, aquela viagem tão esperada chega, mas, no caminho, você percebe que esqueceu alguns itens essenciais ou algumas coisas que precisavam ser feitas para que tudo desse certo. Um horror, não?

Para evitar problemas na hora de viajar, é preciso se atentar para vários detalhes, que às vezes podem passar despercebidos. Para ajudar, a VT preparou um checklist com tudo o que você precisa prestar atenção antes de sair para o feriado:

Em casa

Arrume as malas:

Antes de mais nada, faça uma lista com os itens indispensáveis e vá fazendo um checklist enquanto coloca tudo na mala. Assim, as chances de você esquecer algo essencial diminuem. Importante: só coloque o que for realmente indispensável. Não adianta nada encher a mala e carregar muito peso se você não for usar nem metade do que está ali. Confira as dicas da Adriana Setti e viaje leve!

Na hora de colocar os itens na mala, tente manter a organização: separe produtos de higiene, maquiagens e remédios em pequenas bolsas, coloque as peças de roupa de um jeito em que elas não amassem muito nem ocupem espaço demais, aposte em pequenos frascos para levar shampoo e condicionador e nos sacos à vácuo e coloque por cima aquilo que você acredita que vai utilizar antes, por exemplo.

Arrumando a mala

Manter a mala organizada e com espaço sobrando facilita na hora de colocar as compras feitas no destino (seb_ra/iStock)

Cheque as regras de bagagens:

Desde março de 2017, a Agência Nacional de Aviação Civil (ANAC) estabeleceu novas regras sobre as bagagens, que modificaram as normas de despacho e as franquias da bagagem de mão, além de determinarem o que pode ser levado na aeronave. Pesquise com antecedência quais são as regras, inclusive para voos internacionais, para que não haja surpresas na hora do embarque.

Confira todos os documentos:

Confira duas, três ou quantas vezes for necessário se você está levando RG, passaporte (não está vencido? tem certeza??), passagens, dinheiro ou cartões, carteira de motorista, comprovantes de reserva, carteira de vacinação e todos os demais documentos exigidos para que você viaje ao destino escolhido.

No aeroporto

Faça o check-in com antecedência:

Muitas companhias aéreas já disponibilizam, em seus sites e aplicativos, a opção de check-in online. Dica: torne-se melhor amigo desta ferramenta.

Fazer o check-in com antecedência é uma boa para confirmar os dados do seu voo e checar se não houveram alterações de última hora. Além disso, ele é útil para acelerar o embarque e para quem quer evitar filas no aeroporto.

FIla de pessoas no aeroporto

O check-in online pode evitar que o passageiro perca tempo nas filas dos aeroportos. (izusek/iStock)

Por fim, fazer o check-in online também pode evitar o overbooking, ou seja, quando existem mais passageiros do que assentos no voo. A confirmação da reserva com antecedência garante que você comprou um assento no voo e diminui o risco de você não conseguir embarcar por falta de lugar. Em caso de impedirem você de embarcar, leia o que diz a Anac.

Chegue cedo ao aeroporto:

Considere o tempo de deslocamento e saia de casa com antecedência. Conte com o pior: trânsito, engarrafamento, perder-se. Chegue mais cedo do que você comumente chega. Melhro esperar no aeroporto do que perder o voo.

Evite extravios de bagagem:

O extravio de bagagens é algo muito comum e ocorre por diversas razões, como falhas das companhias no despacho, problemas em conexões, enganos nas esteiras e furtos, entre outras. O risco existe para qualquer um, mas seguir algumas orientações pode evitar problemas.

Primeiro, identifique sua mala com nome e contato, coloque um cadeado e tente diferenciá-la de alguma maneira, colocando, por exemplo, adesivos, lenços, fitas coloridas e capas, para que você consiga identificá-la rapidamente e também para que, caso haja o extravio, seja mais fácil encontrar a mala.

Evite chegar em cima da hora para despachar as bagagens, pois quando o check-in é feito com muita rapidez, aumentam as chances de que haja alguma confusão. Também é importante retirar todas as etiquetas de voos antigos da mala e conferir, na hora de despachar, se a etiqueta está com os dados certos e se o atendente etiquetou a bagagem corretamente.

Bagagem no carrossel

Para diferenciar sua bagagem das outras, utilize adesivos e fitas ou prefira materiais coloridos (baona/iStock)

Prefira voos sem conexões, mas, caso não seja possível, tente comprar passagens com conexões mais longas entre os destinos. Em conexões muito curtas, as equipes precisam diminuir atrasos na decolagem e, para agilizar, podem não colocar algumas bagagens no porão. Além disso, confira no check-in se você deve pegar e despachar novamente a bagagem na conexão ou se ela vai diretamente para o destino final.

Nunca despache objetos de valor, nem remédios. Por fim, lembre-se de levar uma muda de roupa e objetos de higiene na mala de mão, para que você consiga passar o dia caso haja algum problema com sua bagagem.

Atente-se ao horário do voo:

Confira os horários do voo e do encerramento do embarque e evite atrasos ou perder o voo por causa de filas ou outras complicações.

Na estrada:

Cuide dos detalhes de carros alugados:

Alugar um carro pode ser uma alternativa prática e econômica, mas é importante se atentar para alguns detalhes.

Para viagens ao exterior, por exemplo, é importante emitir a Permissão Internacional para Dirigir (PID), que permite que brasileiros dirijam nos países signatários da Convenção de Viena sobre Trânsito Viário e naqueles que tem o Princípio de Reciprocidade com o Brasil. Cada Departamento de Trânsito estadual cobra um valor e tem um procedimento específico para a emissão.

Pesquise pelas melhores tarifas em locadoras e comparadores de preços como a Rentcars e reserve o veículo com antecedência, para conseguir preços mais baixos.

Carro em estrada rural

Sempre verifique as condições de segurança do veículo, seja ele próprio ou alugado (deimagine/iStock)

Também é preciso contratar um seguro, que cubra, preferencialmente, roubo, furto, colisão e responsabilidade contra terceiros, para evitar gastos maiores em casos de problemas.

Faça um check-up no carro próprio:

Antes de cair na estrada, é importante tomar algumas medidas de segurança. Isso envolve a checagem do combustível, o estado de conservação e a calibragem dos pneus, inclusive do estepe, checar os níveis de fluido dos freios, de água no radiador e de óleo no motor, fazer o alinhamento da suspensão e o balanceamento das rodas, verificar o funcionamento de lanternas e faróis e do limpador de para-brisa e examinar as velas e cabos.

Procure um mecânico com antecedência para que dê tempo de resolver eventuais problemas antes da viagem.

Evite o trânsito:

Especialmente em altas temporadas, os engarrafamentos nas estradas são frequentes, por isso é necessário estudar os horários de pico, para, se possível, fugir deles. O Waze, plataforma de navegação e redirecionamento de tráfego, notou que dezembro é o mês de maior navegação no Brasil e preparou uma tabela com os horários que devem ter mais trânsito na próximas semana. Confira:

Dia Horário de pico
Sexta-feira, 22/12 17h – 19h
Sábado, 23/12 15h – 17h
Domingo, 24/12 22h – 00h
Segunda-feira, 25/12 17h – 19h
Terça-feira, 26/12 16h – 18h
Quarta-feira, 27/12 17h – 19h
Quinta-feira, 28/12 17h – 19h
Sexta-feira, 29/12 17h -19h
Sábado, 30/12 16h – 18h
Domingo, 31/12 18h – 20h
Segunda-feira, 01/01 18h – 20h
Terça-feira, 02/01 17h – 19h

Com o pet:

Confira os detalhes para seu pet viajar com você:

Se você pretende levar seu animal de estimação na viagem, alguns cuidados são necessários.

Para viagens de avião, a ANAC orienta que o passageiro verifique as regras específicas de cada companhia aérea, assim como as estabelecidas pelo Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (MAPA) e, em caso de viagens internacionais, pelo país de destino. Além disso, a ANAC exige a apresentação de atestado de saúde emitido por um veterinário para o transporte de cães e gatos e a Guia de Trânsito Animal (GTA) para outros animais. Se o animal for silvestre, também é necessário comprovar que ele foi adquirido legalmente.

Cachorro no aeroporto

É necessário seguir algumas regras para que o pet também possa sair de férias (damedeeso/iStock)

As passagens para animais são cobradas separadamente e precisam ser reservadas com antecedência, pois muitos voos limitam o número de animais a serem transportados, exceto para cães-guia, que podem ser transportados gratuitamente, no chão da cabine da aeronave.

Nas viagens de ônibus, também é preciso consultar a viação para checar as regras, mas normalmente, é necessário apresentar atestado de saúde e o dono deverá pagar uma passagem extra e acomodar o animal em uma gaiola ou caixa. Nas viagens de carro, o animal também precisa ser transportado em uma caixa e deve ser fixado ao carro por um cinto de segurança.

Além destes cuidados específicos para cada tipo de viagem, algumas coisas são universais, como as necessidades de manter a carteira de vacinação do pet atualizada e de organizar a viagem do animal com antecedência.

A Zoetis, companhia especializada em saúde animal, aconselha, ainda, que o dono medique o animal para evitar enjoos e a contaminação pelo verme do coração, em viagens para praias, campo e outros locais de alta incidência e leve os brinquedos para que o animal se adapte melhor ao novo ambiente.

Comentários
Deixe um comentário

Olá, ( log out )

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s