As melhores feiras populares e mercadões pelo Brasil afora

Esses lugares são perfeitos para você conhecer a cultura e os produtos locais, com artesanatos, comidas e especiarias típicas

Por Viagem e Turismo Atualizado em 24 out 2019, 15h55 - Publicado em 11 dez 2014, 08h00

Ver-o-peso (Belém)

“Conhecido por ser o maior mercado a céu aberto da América Latina, vende-se de comidas, ervas e temperos a mandingas para tudo. De manhã, os barcos  molduram a paisagem do porto ao retornar da pesca com peixes maravilhosos.” Travessa Boulevard Castilho Franca, Cidade Velha

caruaru

Feira de Caruaru

“A mais importante do Nordeste, ela reúne, para o caruarense, um pouco de tudo. Por isso, ganhou o verso do compositor Onildo Almeida: ‘A Feira de Caruaru, faz gosto a gente vê. De tudo que há no mundo, nela tem pra vendê’. E não é exagero!”

central

Mercado Central de BH

“Tudo o que é de Minas está aqui: tem panela, fogareiro, cereais, raízes e, claro, uma infinita variedade de queijos, sem falar nos doces e compotas. É local de encontro de uma clientela fiel, que vai lá não apenas para fazer compras, mas também para bater papo.”

Continua após a publicidade

jose

Mercado São José (Recife)

“O mercado público mais antigo do Brasil reúne, em 3 500 metros quadrados, comidinhas típicas, ervas, artesanato de barro, corda e palha. O local também é ponto tradicional no comércio de peixes e frutos do mar.” Rua Iolanda Rodrigues Sobral, Iputinga

sp

Mercado Municipal de SP

“Ideal para garimpar produtos de outras regiões do Brasil e do exterior: frutos do mar, peixes, carnes, grãos e infinitos temperos… Os tradicionais pastel de bacalhau e sanduíche de mortadela são impedíveis.” Rua da Cantareira, 306, Centro

As indicações são de Ana Luiza Trajano é chef do restaurante Brasil a Gosto e autora do livro Cardápios do Brasil

Continua após a publicidade
Publicidade