Sete dicas para preparar a sua viagem de bike

Confira a lista de recomendações dos fundadores do Clube de Cicloturismo do Brasil para quem vai viajar em duas rodas

Por Fábio Paschoal Atualizado em 16 dez 2016, 08h42 - Publicado em 24 abr 2012, 14h04

Se a ideia é fazer uma viagem de bicicleta, não basta ter disposição e sair pedalando. Para praticar o cicloturismo com segurança e conforto, é preciso ter alguns cuidados, alertam Eliana Garcia e Rodrigo Telles, fundadores do Clube de Cicloturismo no Brasil, que já tem 17 mil associados.Eliana e Telles organizam palestras, eventos e viagens de bike. Veja a seguir as recomendações dos dois especialistas para uma viagem de bike segura:1 – Escolha uma bicicleta versátilExistem bicicletas desenvolvidas para o cicloturismo na Europa, mas são mais adequadas para andar no asfalto. No Brasil, a mountain bike é uma ótima opção para ser adaptada (veja dicas para começar a viajar de bicicleta). Ela é resistente, possui peças de fácil reposição e anda muito bem no asfalto e em estradas de terra.2- Distribua a bagagem pela bicicletaO equilíbrio é fundamental para pedalar. Não coloque toda a carga em cima do bagageiro para não sobrecarregar a roda traseira. Alforjes distribuem o peso e ajudam a deixar a bike mais estável. No caso de viagens mais longas, com muita bagagem para transportar, é recomendável instalar alforjes dianteiros. Além de ter mais espaço, você evita que a bicicleta empine em uma subida. “Não use mochila enquanto estiver pedalando. Além de ser desconfortável forçam as costas, os ombros e as mãos”, alerta Eliana.3 – Faça uma revisão antes de viajarPasse na bicicletaria para ver se está tudo certo com a “magrela”. “Informe-se sobre a qualidade dos componentes que sua bicicleta possui. Se ela estiver equipada com peças simples e frágeis, pode ser que elas te deem um pouco de dor de cabeça no caminho”, diz Eliana. Aproveite a visita para aprender sobre mecânica básica da bike, se ela quebrar em algum local longe da civilização, você precisa ser capaz de consertá-la. Não esqueça de levar um kit de ferramentas e um kit de remendo para a viagem.4 – Conheça os seus limitesEsteja preparado fisicamente e psicologicamente para a viagem que deseja realizar. “Muitas pessoas partem logo para uma jornada muito longa e enfrentam tantos problemas que acabam se decepcionado”, diz Eliana. Ela recomenda a quem não está habituado a pedalar que comece com saídas curtas para testar o condicionamento e se familiarizar com os problemas que podem acontecer. Caminhadas e corridas são ótimos exercícios para aumentar o fôlego e complementam as pedaladas. Lembre-se que seu esforço será maior numa viagem, pois você estará carregando a sua bagagem.Rodrigo Telles, um dos fundadores do Clube de Cicloturismo do Brasil, em uma de suas viagens de bicicleta Rodrigo Telles, um dos fundadores do Clube de Cicloturismo do Brasil, em uma de suas viagens de bicicleta5 – Faça um curso de primeiros socorrosNo caso de acidente, é importante saber o que fazer e o que não fazer. Sempre use capacete e óculos de proteção (evita que insetos e pequenas pedras machuquem os olhos). Luvas protegem as mão em casos de queda. Não se esqueça de que a bicicleta é considerada um veículo pelo Código Brasileiro de Trânsito e deve ter todos os equipamentos obrigatórios: campainha, sinalização noturna dianteira, traseira, lateral e nos pedais, e espelho retrovisor do lado esquerdo são itens obrigatórios.6 – Faça viagens de treinamentoSegundo Eliana, viagens pequenas são a melhor oportunidade para se experimentar a sensação de uma viagem maior. O intuito é descobrir se você gosta de viajar de bicicleta. Planejar um roteiro de cicloturismo de um mês e, logo no início, descobrir que você preferia estar de carro seria muito frustrante.7 – Estude o seu roteiro antes da viagemFale com ciclistas que já tenham passado pelo lugar que você deseja conhecer e pegue todas as dicas. Olhe mapas de relevo da região para saber se você conseguirá fazer o percurso. Use ônibus para chegar ao local que pretende visitar, assim você evita o perigo das estradas movimentadas e não perde tempo cruzando grandes trechos sem atrativos. Procure por pontos de apoio (locais para acampar, pousadas e hotéis) e postos de abastecimento (mercados e supermercados) e verifique se a distância entre eles pode ser cumprida em um dia de viagem. “Apesar das dificuldades você tem que se divertir”, afirma Telles.

Leia mais:

Viajar de bike: conheça 10 destinos incríveis para pedalar pelo mundo

7 dicas para preparar a sua viagem de bike

Veja dicas para começar a viajar de bicicleta

As 10 melhores cidades do mundo para caminhar

Continua após a publicidade

Metrópoles e bicicletas

Pedala, SP, pedala

Epifanias de um domingo

Programa de paulista

Continua após a publicidade

Publicidade