Matérias

10 receitas de pães típicos de diversos lugares do mundo

A quarentena foi um convite para que muitas pessoas colocassem a mão na massa. O resultado não é apenas delicioso, mas pode ser também uma saborosa viagem

Fazer pão se tornou um dos símbolos da quarentena. No final de março, já com o isolamento social, a busca no Google por “receitas de pão” disparou. Em casa, as pessoas começaram a se aventurar no mundo do panificação, das receitas mais práticas às mais elaboradas, como as de fermentação natural, mais conhecido como levain

É interessante notar essa tendência. Em momentos difíceis como esse, tendemos a procurar por comidas que dão aconchego (as ditas comfort foods, como chamam em inglês), como o bolo de cenoura, replicado milhares de vezes pelos brasileiros nesta quarentena. O pão, nas suas centenas de variações, é uma comida que traz conforto, e não só no Brasil: cada país soube inventar um jeito diferente de misturar água e farinha. 

E por que não dar uma volta ao mundo com o pão? Confira a seguir 10 receitas típicas de vários países.

Pão rústico italiano

O pão é alimento imprescindível para os italianos, presente em quase todas as casas e restaurantes. São vários os tipos de pães na Itália: ciabatta, focaccia, pugliese, toscano e tantos outros mais. O Eataly tem a sua própria receita de pão rústico, de fermentação natural, com casca mais grossa e interior macio. Aprenda o passo a passo.

-

(Eataly/Divulgação)

Ingredientes

Modo de preparo

  • Prepare a autólise (500gr de farinha e 300gr de água) e bata por 3 minutos.
  • Deixe descansar de 6 a 8 horas na geladeira.
  • Junte a autólise, o levain e o sal e bata por aproximadamente 15 minutos na mão.
  • Observe o ponto da massa e se está homogênea, e bata por mais 15 minutos, colocando a água aos poucos até obter o ponto.
  • Deixe descansar por 2 horas.
  • Modele a massa e deixe-a descansar coberta por 12 horas.
  • Pré-aqueça o forno a 260 graus.
  • Asse com vapor por aproximadamente 25 minutos.

Pão chapati, Índia

Um dos pães mais antigos do mundo, o chapati é um pão que pode substituir o arroz durante as refeições indianas. Ele não leva fermento, tem  formato achatado e espessura fina. Por ficar pronto muito rápido na frigideira, é uma receita prática para fazer em casa. Confira a receita do restaurante indiano Tandoor, em São Paulo.

-

(VadimZakirov/Getty Images)

Ingredientes

Modo de preparo

  • Peneire a farinha e o sal em um prato grande. 
  • Faça um buraco no centro da farinha e adicione 8 colheres de sopa de água. Amasse bem por 15 minutos para formar uma massa macia. 
  • Adicione o restante da água gradualmente, amassando por mais 10 minutos. 
  • Deixe repousar por 30 minutos. 
  • Divida em 10-12 porções e espalhe em finas panquecas redondas. 
  • Aqueça uma frigideira e cozinhe um chapati de cada vez. Pressione para achatar quando pequenas bolhas aparecerem na superfície, depois vire e cozinhe do outro lado até dourar levemente. 
  • Pincele um pouco de manteiga de um lado e sirva.

Bolo do Caco, Ilha da Madeira

O nome engana: o bolo do caco, na verdade, é um pão – e um dos pratos mais típicos da ilha portuguesa da Madeira. Redondo e achatado, é crocante por fora, macio por dentro e normalmente acompanha as refeições. Na Madeira, ele é assado sobre uma pedra de basalto conhecida como caco, o que explica o nome da iguaria. Em casa, não será possível seguir essa parte à risca, mas é possível assar o pão no forno de casa. Aprenda a receita tradicional desta iguaria.

-

(Holger Leue/Divulgação)

Ingredientes

Modo de preparo

  • Cozinhe as batatas-doces em água até que fiquem bem macias e as amasse com um garfo. 
  • Reserve a água em que a batata foi cozida e acrescente sal a gosto.
  • Misture as batatas-doces amassadas com a água usada em seu cozimento e o fermento. Acrescente 1,5 kg da farinha de trigo aos poucos, adicionando mais água se necessário. Quando estiver no ponto, a massa deve grudar no dedo.
  • Modele a massa em formato de discos com cerca de 3 cm de altura e 10 cm de diâmetro. O trigo que sobrou deve ser polvilhado em torno deles para que não grudem.
  • Pré-aqueça o forno em temperatura alta e asse os pães por cinco minutos de cada lado.
  • Quanto pronto, é comum comer o bolo do caco com manteiga misturada com alho e salsa.

Pretzel alemão

Símbolo da culinária da Bavária, o pão em formato de nó hoje é apreciado em todo a Alemanha e pode ser facilmente encontrado em quase todas as padarias do país. A receita pode ser servida tanto como salgado ou doce e o tipo de acompanhamento vai da sua imaginação. Ele pode ser polvilhado com sal grosso (este é o mais típico), coberto de queijo, sementes, mostarda ou manteiga com cebolinha na versão salgada. Já como doce, a cobertura de açúcar com canela ou de chocolate não tem erro. Veja o passo a passo desta iguaria com a receita do restaurante alemão Rasen Platz, em Gramado.

-

(Rasen Platz/Divulgação)

Ingredientes

  • 4 xícaras (560g) de farinha de trigo especial
  • 2 xícaras de água morna
  • 1 tablete (15g) fermento biológico seco
  • 1 colher de sopa de açúcar
  • 1 pitada de sal
  • 50g de bicarbonato de sódio
  • 100g de manteiga sem sal em temperatura ambiente
  • 40g sal mineral

Modo de preparo

  • Coloque em um recipiente o açúcar, o fermento, meia xícara de farinha, meia xícara de água morna e uma pitada de sal. Misture bem, cubra e deixe repousar por 10 minutos.
  • Passado os 10 minutos, adicione delicadamente o restante da água e da farinha e misture bem até que a massa desgrude das mãos.
  • Coloque a massa do pretzel em uma bancada/superfície lisa e enfarinhada.
  • Sove bem a massa do pretzel por aproximadamente 10 minutos, até obter uma massa bem lisa.
  • Coloque em um recipiente grande e deixe crescer em temperatura ambiente por 40 minutos.
  • Após os 40 minutos, coloque novamente a massa do pretzel em uma bancada/superfície enfarinhada e abra a massa em formato de retângulo.
  • Deixe a massa com a espessura de aproximadamente 1 cm.
  • Corte a massa de pretzel em tiras de aproximadamente 2cm de largura.
  • Enrole as tiras e molde os pretzels.
  • Diluir o bicarbonato de sódio em 1 litro de água e mergulhe rapidamente os pretzels nessa solução. Esse processo garante que eles ficarão macios por dentro e crocantes por fora.
  • Coloque os pretzels em uma assadeira forrada com tapete de silicone ou papel manteiga.
  • Pincelar com manteiga derretida, e salpicar sal mineral.
  • Assar em forno preaquecido a 230 graus, por 15 minutos, ou até que fiquem bem douradinhos.
  • No Rasen Platz, o pretzel salgado é servido com mostarda especial e o pretzel doce com cobertura de chocolate ao leite.

Pão Batbout, Marrocos

Batbout é conhecido como a versão marroquina do pão pita (o clássico pão sírio), com uma textura macia. A receita é feita na frigideira e demora menos de dois minutos para ficar pronta, que é quando o pão fica inflado. O batbout acompanha as refeições e pode ser servido com manteiga ou mel, ou também ser para fazer sanduíches. Confira a receita do hotel Royal Mansour em Marrakech.

-

(Royal Mansour/Divulgação)

Ingredientes

  • 300g de semolina fina
  • 100g de farinha de trigo extra fina
  • 3 colheres de sopa de azeite de oliva
  • Uma pitada de sal
  • 8g de fermento biológico fresco (metade de um tablete de 15g)
  • 200ml de água

Modo de preparo

  • Misture o fermento com água morna e reserve até que fique espumoso
  • Junte os dois tipos de farinha em uma vasilha e faça um buraco no centro. 
  • Adicione o sal, azeite e a mistura de fermento com água. Comece a misturar com a mão.
  • Sove a mistura até que uma massa macia e homogênea seja formada
  • Coloque a massa em uma superfície levemente enfarinhada e forme duas bolas
  • Guarde as duas massas em um saco de comida de plástico e deixe-as descansar por 6 horas na geladeira
  • Abra a massa com um rolo sobre uma superfície levemente enfarinhada
  • Cubra a massa em plástico filme e a deixe descansar por 30 minutos
  • Forme bolinhas de 7 cm de diâmetro (pode ser com a ajuda de um cortador de massa)
  • Reserve as porções em um lugar morno e as deixe crescer por 45 minutos
  • Aqueça a frigideira em fogo baixo e acrescente um pouco de óleo
  • Cozinhe os batbouts um de cada vez, até que eles estejam inflados de ar e dourados dos dois lados 

Pão delícia, Bahia

A iguaria típica baiana, especialmente em Salvador, é presente tanto em celebrações e datas especiais quanto no dia a dia – e está chegando cada vez mais nos outros estados do país. O segredo da receita está no ponto da massa, que deve deixar o quitute sempre branquinho e o recheio, de queijo, cremoso. Veja como fazer essa delícia brasileira com a receita da chef Ana Luiza Trajano, fundadora do Instituto Brasil a Gosto

-

(Instituto Brasil a Gosto/Reprodução)

Ingredientes

Ingredientes para o recheio

Modo de preparo

  • Separe as claras e as gemas dos ovos. Bata as claras em neve, adicione as gemas uma a uma e depois as 6 colheres de açúcar. Reserve. 
  • Aqueça ½ xícara de água por 1 minuto, apenas para acelerar a ação do fermento. Coloque o fermento e o restante do açúcar e deixe repousar por 5 minutos. 
  • Enquanto isso, aqueça, também rapidamente, o leite, a manteiga e o sal. 
  • Coloque a farinha em uma bancada ou tigela e abra um buraco no meio. Coloque os líquidos e vá misturando enquanto despeja. 
  • Coloque os ovos batidos por último e misture a massa até ficar homogênea e desgrudar das mãos. 
  • Boleie os pães do tamanho de coquetel (sabendo que vão dobrar de tamanho) e deixe levedarem por 1 hora. 
  • Enquanto isso, faça o recheio, derretendo a manteiga e adicionando a farinha, mexendo sem parar até que desperte um leve aroma de biscoito. 
  • Adicione o leite, sempre mexendo, até ficar um creme espesso. 
  • Tempere com 1 pitada de sal e ½ xícara de parmesão e reserve. 
  • Asse os pães em forma coberta por papel-alumínio em forno preaquecido a 170°C por cerca de 30 minutos (o pão não deve dourar).
  • Deixe os pães esfriarem um pouco, cobertos por um pano. 
  • Abra no meio sem separar, passe uma colherada de recheio e polvilhe com queijo parmesão.

Scones, Inglaterra

Na Grã-Bretanha, um verdadeiro chá da tarde não está completo sem o scone, um pãozinho levemente adocicado, um pouco crocante por fora e macio por dentro. Tipicamente, os britânicos comem os scones com geléia e clotted cream (uma espécie de nata mais grossa, dificilmente encontrada fora da Grã-Bretanha) – mas as possibilidades de incrementar a receita são infinitas, tanto para a versão doce quanto a salgada. Você pode acrescentar à massa frutas secas, chips de chocolate, queijo, bacon, ervas e por aí vai. Aprenda a receita original, da Visit Britain, e depois deixe a sua imaginação te levar. E, como um bom britânico, não esqueça do chá!

-

(Visit Britain/Divulgação)

Ingredientes

Modo de preparo

  • Pré-aqueça o forno a 180°C. Unte uma assadeira com manteiga ou cubra-a com um pedaço de papel manteiga.
  • Misture em uma tigela a farinha, o fermento, o açúcar e o sal, de maneira uniforme. Depois acrescente o leite.
  • Adicione os cubos de manteiga frios (não se deve derretê-los), e então os amasse tudo até adquirir uma massa lisa.
  • Estique a massa em uma superfície revestida com farinha, de forma que ela fique com 2 cm de altura. Recorte a massa com o auxílio de um copo ou de um cortador de biscoitos redondo.
  • Pincele os bolinhos com uma mistura de ovo com um pouco de leite.
  • Asse a massa na divisória do meio do forno até que os bolinhos cresçam e fiquem levemente dourados. Normalmente leva em torno de 15 a 20 minutos, mas o tempo pode variar de acordo com o seu forno.
  • Sirva seus scones quentinhos com um bom chá (com leite, off course).

Pão Kaak, Oriente Médio

Típico do Líbano, mas também muito encontrado nas regiões da Síria, Jordânia, Israel, Palestina, o kaak é um pão macio, coberto de gergelim e em formato de anel. É uma popular comida de rua e pode ser comido puro ou acompanhado de zaatar, azeite, queijo, cream cheese e por aí vai. Aprenda a fazer o pão kaak com a receita do restaurante árabe Tahin, em São Paulo.

-

(Tahin/Divulgação)

Ingredientes 

  • 400g de Farinha de trigo
  • 10g de sal
  • 60g de fermento fresco
  • 2 ovos inteiros
  • 1 gema de ovo
  • 20g de mel
  • Gergelim para finalizar

Modo de preparo

  • Em uma batedeira, coloque a farinha, o sal, o fermento, 2 ovos e o mel. 
  • Após bater, separar em bolinhas de 110g e deixe-as descansar por aproximadamente 15 minutos.
  • Em seguida, molde as bolinhas em formato de rosquinha.
  • Coloque água numa panela em temperatura alta e, após ferver, mergulhe as rosquinhas rapidamente e retirá-las. 
  • Passe a gema do ovo e gergelim torrado sobre as rosquinhas e as deixe descansar por 15 minutos.
  • Após isso, assar em forno baixo até que doure.

Medialunas, Argentina e Uruguai

Clássico do café da manhã e das casas de chá dos argentinos e uruguaios, a medialuna é uma versão latina do croissant – só que mais macia, fofinha e levemente adocicada. As mais tradicionais normalmente levam uma calda de açúcar, o que dá um brilho extra à receita, mas também podem ser recheadas (com doce de leite, claro) ou até salgadas, com presunto e queijo como um sanduíche, por exemplo. Veja como fazer medialunas com receita do resort Enjoy Punta del Este, no Uruguai.

-

(Enjoy Punta del Este/Divulgação)

Ingredientes

Massa:

  • 1 kg de farinha (Tipo 0000)
  • 300ml de leite
  • 15g de sal
  • 5 ovos
  • 60g de fermento
  • 150g de açúcar
  • 20g de extrato de malte
  • 15ml de baunilha

Recheio:

  • 600g de manteiga
  • 200g de farinha (Tipo 000)

 Modo de preparo

  • Coloque em um recipiente os ovos, leite, manteiga, açúcar e fermento. Misture bem e deixe descansar por alguns minutos. 
  • Depois, acrescente a farinha, amasse um pouco mais e acrescente sal, um pouco de água e a levedura, mas de pouco em pouco. Deixe misturando na batedeira, na menor velocidade, por cinco minutos. Depois, em ritmo mais acelerado, por dois minutos. 
  • Quando a massa estiver bem lisinha e macia, retire da batedeira, faça bolinhos com as mãos, coloque-os em um recipiente e deixe crescer até que a massa dobre de tamanho. 
  • Em seguida, corte a massa em formato de triângulos e deixe a massa descansar por um dia na geladeira.  
  • No dia seguinte, passe o rolo em cima da massa e adicione o recheio de farinha e manteiga na mesma temperatura da massa e comece a enrolar pela base mais larga, indo até a pontinha do triângulo. 
  • Leve ao forno pré-aquecido a 180ºC por mais ou menos 25 minutos.

Pan Será, Curaçao

É muito improvável que você já tenha ouvido falar deste pão típico da ilha de Curaçao, no Caribe – e agora saberá como fazê-lo. O pan será é um pão achatado e mais denso pela pouca quantidade de fermento na receita, que é feito na ilha desde antes que padarias existissem por lá. Ele vai bem com manteiga, queijo ou peixe. Veja a receita usada pelo Curaçao Marriott Beach Resort.

-

(Curaçao Marriott Beach Resort/Divulgação)

Ingredientes

Modo de preparo

  • Junte farinha (peneirada), fermento, açúcar e sal em uma vasilha e misture
  • Adicione à mistura primeiro a manteiga e depois a gordura vegetal
  • Misture tudo e adicione água aos poucos, até que toda a farinha esteja molhada e a mistura fique pegajosa
  • Com as mãos enfarinhadas, sove a massa. Não sove demais para que a massa não fique dura
  • Deixe a massa descansar por 25 minutos para crescer
  • Forme bolinhas de massa e as deixe descansar por mais uma hora
  • Preaqueça seu forno a 190ºC e asse os pães por 25 minutos ou até dourarem

Depois que fizer alguma dessas receitas, publique uma foto do resultado no Instagram e marque com #emcasacomVT. As fotos escolhidas serão postadas nos nossos stories.

Veja outras receitas típicas aqui

Veja mais dicas do que fazer para viajar sem sair de casa