São Paulo: as melhores Festas Juninas da capital

Das tradicionais quermesses de igreja aos shows de Simone & Simaria, uma seleção de festas para matar a saudade do quentão, da quadrilha, da pamonha...

Por Bárbara Ligero Atualizado em 19 jun 2022, 19h40 - Publicado em 1 jun 2022, 18h18

Elas estão de volta! Chegou a hora de colocar a camisa xadrez que ficou guardada no armário nos últimos dois anos para curtir as melhores festas juninas da cidade de São Paulo – seja para matar a saudade da pamonha e do quentão em uma quermesse tradicional ou ficar rouco de tanto cantar modão nas festas com shows de grandes nomes do sertanejo.

Festa Junina da Nossa Senhora da Conceição

A Festa Junina promovida pela Paróquia Nossa Senhora da Conceição preserva o jeitinho das quermesses tradicionais. São mais de vinte barracas vendendo delícias como pastéis, pizzas e fogazzas.

Onde? Paróquia Nossa Senhora da Conceição – Praça Silvio Romero, Tatuapé.
Quando? De 28 de maio a 26 de junho, aos sábados e domingos, das 17h às 23h.
Quanto? Entrada gratuita.

Festa de São Pedro

A Paróquia São Pedro Apóstolo Jardim realiza há mais de 60 anos uma festa em homenagem ao seu padroeiro. A tradicional quermesse, realizada no pátio da igreja, terá barracas de massa, sanduíche de pernil, vinho quente e quentão, além de brincadeiras para as crianças, bingo e show de música ao vivo.

Onde? Paróquia São Pedro Apóstolo Jardim – Avenida Alberto Ramos, 614 – Vila Independência.
Quando? De 28 de maio a 26 de junho, aos sábados e domingos, a partir das 19h.
Quanto? R$ 3.

Quermesse do Calvário

Além de ser uma das maiores festas beneficentes de São Paulo, a Quermesse do Calvário é também uma das mais tradicionais: acontece há 42 anos. As cerca de vinte barracas de comida mesclam opções típicas juninas com outras mais variadas, que vão de acarajé a temaki e yakissoba. Ao longo da festa acontecem brincadeiras, bingos e shows. Ingressos e mais informações aqui.

Onde? Paróquia São Paulo da Cruz – Rua Cardeal Arcoverde, 950 – Pinheiros.
Quando? De 28 de maio a 3 de julho, aos sábados das 17h às 23h30 e aos domingos das 17h às 22h30.
Quanto? R$ 20.

Festa de São Vito

A tradicional Festa de São Vito é promovida pela comunidade italiana do Brás desde 1918. O ingresso garante um lugar na “cantina”, onde as mesas reservadas são atendidas por garçons e ficam logo em frente ao palco e à pista de dança, ou na “praça de alimentação”, onde o uso das mesas é compartilhado e rotativo. O cardápio inclui massas e doces típicos italianos, como cannoli, amaretti, sfogliatelli e castagnelle, acompanhados de vinhos nacionais e importados. Não deixe de provar também a ficacella, que se tornou uma tradição da Paróquia de São Vito: trata-se de espécie de pastelão frito com massa de batata e mussarela, tomate e orégano no recheio. Ingressos e mais informações aqui.

Onde? Paróquia São Vito – Rua Polignano a Mare, 255 – Brás.
Quando? De 4 de junho a 17 de julho, aos sábado se domingos, a partir das 19h30.
Quanto? A partir de R$ 45.

São João de Nóis Tudim

A última edição do São João de Nóis Tudim ocorreu em 2019 e contou com a presença de mais de 200 mil pessoas. Em 2022, o evento chega à sua 6ª edição com mais de 100 atrações, espalhadas por 18 dias de evento e uma área de 27 mil m². As apresentações das quadrilhas são o ponto alto da festa, mas há também missas em homenagem a São João, São Pedro e Santo Antônio na Capela Imaculada Conceição, uma feira de artesanato típico do nordeste e um parquinho para as crianças. A programação inclui ainda aulões de forró no final da tarde e apresentações musicais do Circulador de Furô, Bicho de Pé e Peixe Elétrico. Os 23 restaurantes e quiosques servem o que há de mais típico: maçã do amor, canjica, pamonha, feijão de corda, carne de sol com mandioca… Mais informações aqui.

Continua após a publicidade

Onde? Centro de Tradições Nordestinas (CTN) – Rua Jacofer, 615 – Jardim Pereira Leite.
Quando? De 4 de junho a 31 de julho, das 11h às 22h.
Quanto? Entrada gratuita.

Shows no Centro de Tradições Nordestinas

Além do São João de Nóis Tudim, o Centro de Tradições Nordestinas (CTN) terá grandes shows musicais que devem ser pagos à parte. No dia 3 de junho, o Arraiá Tome Piseiro terá Cintura de Mola, Washington Brasileiro, Soró Silva e Nelson Nascimento. No dia 10 de junho, será a vez de Marcos & Belutti se apresentarem no Arraiá do Amor. Em 8 de julho, o palco será de Thiago Aquino e Calcinha Preta. As festividades se encerram em 15 de julho, em um show que terá Zé Ramalho, Rastapé e Benziê.

Onde? Centro de Tradições Nordestinas (CTN) – Rua Jacofer, 615 – Jardim Pereira Leite.
Quando? Dias 3 e 10 de junho e 8 e 15 de julho.
Quanto? A partir de R$ 60.

Arraiá nos Trilhos

O Nos Trilhos é um espaço para eventos na Mooca cercado por trens e trilhos do século XX. Ali acontece uma animada festa junina com quadrilhas, shows das bandas Bicho de Pé e Xaxado Novo, passeios a bordo de uma Maria Fumaça de 1922 (pago à parte) e comidas típicas. Tem baião de dois, canjica, curau, carne louca, hot dog…

Onde? Nos Trilhos – Rua Visconde de Parnaíba, 1253 – Mooca.
Quando? Dias 25 e 26 de junho, das 11h às 23h.
Quanto? A partir de R$ 35.

Festa Julina no Juventus

O Clube Atlético Juventus realiza uma festa julina aberta para não-sócios com atrações de peso, como Natiruts, Melim, Matheus & Kauan, Rio Negro & Solimões, Raça Negra e Dilsinho. No dia 3 de julho, a programação é pensada especialmente para as crianças, com a presença de Luccas Neto e a Escola de Aventureiros. Ingressos e mais informações aqui.

Onde? Clube Atlético Juventus – Rua Comendador Roberto Ugolini, 20 – Mooca.
Quando? De 2 a 24 de julho, aos sábados e domingos, das 17h às 23h.
Quanto? R$ 10.

Leia tudo sobre São Paulo

Busque hospedagem em São Paulo

Continua após a publicidade

Publicidade