Tem início a temporada de cruzeiros no Brasil; veja protocolos

Todos os passageiros com mais de 12 anos deverão estar 100% vacinados e apresentar resultado negativo para um teste de Covid-19

Por Bárbara Ligero Atualizado em 17 nov 2021, 19h59 - Publicado em 19 out 2021, 16h33

Começou no dia 5 de novembro a temporada nacional de cruzeiros, que terá cinco navios percorrendo a costa brasileira até abril de 2022. Os protocolos definidos pela Anvisa, que foram publicados oficialmente no dia 29 de outubro, estabelecem que todos os passageiros deverão apresentar comprovante de vacinação completa há pelo menos 14 dias (veja como obter o certificado digital) e resultado negativo para um teste de Covid-19 (veja onde fazer o seu). Serão aceitos tanto os exames de antígeno, feitos 24 horas antes do início viagem, quanto os exames RT-PCR, feitos 72 horas antes (entenda a diferença entre eles). Além disso, antes do desembarque os cruzeiristas deverão preencher digitalmente a Declaração de Saúde do Viajante (DSV).

A entidade também estabeleceu como exigência a testagem frequente de no mínimo 10% das pessoas a bordo; a ocupação máxima de 75% da capacidade do navio; o distanciamento de 1,5 metro entre grupos desconhecidos; o uso obrigatório de máscara; a higienização e desinfecção constantes; o ar fresco sem recirculação; e um plano de contingência caso alguém teste positivo para a Covid-19. Os desembarques para excursões em terra foram liberados mediante a obediência dos protocolos sanitários locais. As crianças com menos de 12 anos não precisarão estar vacinadas e as que tem menos de dois também não terão que fazer teste de Covid-19. Os maiores de 60 anos, por sua vez, deverão demonstrar que já receberam a dose de reforço da vacina.

Inicialmente, o maior navio programado para a temporada nacional de cruzeiros era o Smeralda, que foi inaugurado em dezembro de 2019. Porém, a Costa cancelou a vinda da embarcação devido à dificuldade em garantir o abastecimento com gás natural liquefeito, combustível considerado menos poluente que é utilizado pelo novo transatlântico. Ele será substituído pelo Diadema, um pouco menor, que fará sua estreia no Brasil. Veja um raio-X de todas as embarcações que navegarão pelo país nos próximos meses:

Costa Diadema

Costa Diadema, Costa Cruzeiros
O Costa Diadema substituirá o Costa Smeralda na temporada 2021/2022. Divulgação: Costa Cruzeiros/Divulgação

O Diadema, que estreará no Brasil, possui 11 piscinas e hidromassagens, 8 opções de restaurantes e 11 de bares. O lazer fica por conta de uma quadra poliesportiva, uma promenade que contorno o navio de popa a proa, uma sala de video game, um spa, um cassino e um teatro com espetáculos noturnos. Para as crianças, o kid’s club é temático da Peppa Pig. A decoração reúne obras de arte que remetem a pedras preciosas e joias arquitetônicas.

Costa Fascinosa

Navio de cruzeiros Costa Fascinosa, da companhia Costa Cruzeiros.
Costa Fascinosa foi um dos navios que teve sua temporada cancelada na América do Sul no ano passado. Crédito: Costa Cruzeiros/Divulgação

Em sua oitava temporada pelo Brasil, o Fascinosa tem decks batizados em homenagem a óperas clássicas como Aida, Turandot e Rigoletto. Apesar de ter sido lançado em 2012, ele passou por uma reforma considerável em 2019. Fazem parte de suas atrações quatro piscinas, cinco hidromassagens, seis restaurantes, 12 bares, teatro, cassino, spa e quadra poliesportiva. Para as crianças, há sala de videogame, baladinha e um kid’s club temático da Peppa Pig.

MSC Preziosa

MSC Preziosa
O MSC Preziosa será o primeiro navio a retomar as operações no Brasil, com a primeira saída no dia 5 de novembro. Crédito: MSC/Divulgação
Continua após a publicidade

A escadaria cravejada de cristais Swarovski é uma das marcas registradas do Preziosa, que retorna ao Brasil com outras atrações já conhecidas: parque aquático com cinco piscinas, toboágua de 120 metros de comprimento, pista de boliche, cinema 4D, teatro com espetáculos estilo Broadway, cassino, spa, quadra poliesportiva e sala de videogames. Dentre os sete restaurantes e os 17 bares, os destaques são o Eataly e o Galaxy Lounge, de cozinha molecular.

MSC Seaside

MSC Seaside
O moderno navio Seaside foi inspirado nos condomínios de praia de Miami. Crédito: MSC/Divulgação

Assim como o seu irmão-gêmeo Seaview (que esteve por aqui nas últimas duas temporadas), o estreante Seaside se destaca pela grande oferta de áreas ao ar livre, o que pode ser um diferencial em tempos de pandemia. Fazem parte de sua estrutura uma promenade ao ar livre que circula todo o navio e duas pontes com chão de vidro – a dos Suspiros fica a 40 metros de altura! Para os menores, o navio é um prato cheio: há parque aquático com toboáguas que se debruçam para fora do navio, duas pistas de boliche, tirolesa, cinema XD e salas de recreação separadas para bebês, crianças e adolescentes.

MSC Splendida

MSC Splendida
O Splendida não fará mais o itinerário internacional que tinha sido divulgado pela MSC anteriormente. Crédito: MSC/Divulgação

De 2008, o Splendida conta com seis restaurantes, 18 bares, quatro piscinas, toboágua, quadra poliesportiva, balada, cassino e teatro. Entre os seus diferenciais estão o simulador de Fórmula 1 e a área infantil criada em parceria com a Chicco e a Lego.

Leia tudo sobre cruzeiros

Continua após a publicidade

Publicidade