Portugal sustentável: restaurantes e comidinhas

Cozinha vegetariana, vegana, foco no pequeno produtor e no consumo local. Estes 10 endereços de norte a sul são amigos do ambiente e de práticas saudáveis

Prato do Sála, em Lisboa, à base de couve: obra de arte gourmet (e vegetariana!)

Prato do Sála, em Lisboa, à base de couve: obra de arte gourmet (e vegetariana!) (Bruno Barata/Reprodução)

No dia 15 de outubro, comemorou-se o dia do consumo consciente. Naquele dia, escrevi sobre quatro hotéis incríveis  com uma pegada ecológica em Portugal (leia aqui). Mas a verdade é que a onda eco-friendly, onde incluo também os orgânicos, bios e afins, chegou com tudo em Portugal. Tímida até bem pouco tempo atrás, ela agora se manifesta nos mais diversos segmentos. Continuando no tema, eis, agora, uma pequena lista de bons restaurantes e endereços de comidinhas saudáveis.

LISBOA

Ao 26
Uma sardinha que não é sardinha, um arroz “de pato” sem pato, um sanduíche “de salmão” sem salmão. Neste restaurante 100% vegano no Chiado, há divertidas (e saborosas) criações inspiradas em pratos clássicos. Não vá embora sem provar a torta de Oreo – essa de verdade!

Da Terra
Mais do que privilegiar os ingredientes biológicos, esta cadeia de restaurantes vegetarianos começou a produzi-los. Há pratos fixos que mudam todos os dias e o tofu e o seitan reinam. São ótimos os pasteis de nata veganos. Também está presente no Porto.

Eight, The Health Lounge
Podia estar na Escandinávia, mas está em plena Baixa Lisboeta. Em um ambiente moderninho, serve delícias 100% vegan. No menu, bowls, shots concentrados, sucos naturais, smoothies e ótimas torradas, como a de manteiga de coco com chia, doce de morango e ananás.

LOCAL, Your Healthy Kitchen
Banhado de luz natural e com uma oliveira no salão, propõe uma alimentação saudável em um ambiente elegante onde é servido um famoso brunch aos finais de semana. O poke pode ter como base arroz negro, quinoa, abobrinha… e tofu no topo! Também são famosas as ostras.

Naked
A melhor hora para estar nesta casa pequenina e cheia de bossa, em pleno Príncipe Real, é durante o buffet de almoço, quando desfilam receitas deliciosas, orgânicas e sem aditivos. Pratica o que chama de filosofia “flexitarian”, sem radicalismos ou exclusões. Na prática, isso significa que está orientado a opções saudáveis, em sua maioria vegetarianas e veganas, mas sem rótulos.

Sála
Antes de abrir esta casa, cotada a ser uma das próximas estreladas da capital, o chef João Sá mapeou todos os pequenos produtores com quem gostaria de trabalhar. Assim, tem o senhorzinho que mói toda a farinha, o fornecedor de lampréia, o de capão… E não abre mão deles! Aboliu o uso de papel e sempre tem pratos vegetarianos e veganos no menu – caso do ótimo grão de bico com vegetais e tempeh.

GUIMARÃES

A Cozinha
Eleito o restaurante mais sustentável do mundo segundo o ranking 2018 do selo Green Key, estabeleceu três compromissos sérios: o uso de ingredientes locais; a sazonalidade dos produtos; e a política do zero (ou quase) desperdício. A prova de que é possível comer bem e ser consciente? Sua cozinha acaba de ganhar uma estrela Michelin.

Prato do restaurante A Cozinha, em Guimarães: o mais sustentável do mundo

Prato do restaurante A Cozinha, em Guimarães: o mais sustentável do mundo (Divulgação/Divulgação)

PORTO

Em Carne Viva
Instalado em uma bela casa do século 19 onde toda a reforma já privilegiou o uso de materiais reciclados, tem um delicioso jardim secreto e menu vegetariano e vegano inspirado nos sabores tradicionais da culinária regional portuguesa – entre os pratos, cogumelos à Bulhão Pato, tofu a lagareiro, francesinha de vegetais…

Fava Tonka
Parede verde na entrada, vasos pendurados no teto, madeira aparente. Lembra os restaurantes moderninhos de Berlim, e define sua cozinha como “sazonal e orgânica, de matriz vegetariana”. Há também ótimos pratos plant-based, como o curry com funcho, chutney de nectarina e granizado de arroz jasmim.

EM TODO O PAÍS

Celeiro
Supermercado de produtos saudáveis que vende de alimentos a óleos essenciais, cosméticos naturais e suplementos alimentares. Há artigos biológicos, vegetarianos, veganos, sem glúten, sem lactose… Algumas lojas têm espaços de refeição.

 

 

 

Comentários
Deixe um comentário

Olá,

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s