Além-mar Rachel Verano rodou o mundo, mas foi por Portugal que essa mineira caiu de amores e lá se vão, entre idas e vindas, quase dez anos. Do Algarve a Trás-os-Montes, aqui ela esquadrinha as descobertas pelo país que escolheu para chamar de seu
Conteúdo para assinantes

Verão na Comporta, a praia mais cool de Portugal

A praia que seduziu Madonna e Louboutin ganhou um livro de fotos assinado por Carlos Souza, o embaixador mundial da Valentino

Por Rachel Verano Atualizado em 6 ago 2019, 19h00 - Publicado em 24 jul 2018, 16h50

Casinhas brancas com detalhes em azul. Aqui e ali, detalhes de sapê. Uma única rua principal. De um lado, quilômetros sem fim de arrozais verdinhos; do outro, um mar que não faz feio ao Caribe ou ao Mediterrâneo. Detalhe: a areia é fininha e água, sempre transparente.

Os imensos arrozais que cercam a vila
Os imensos arrozais que cercam a vila Bruno Barata/Reprodução

A pouco mais de uma hora de distância de Lisboa (cerca de 120 quilômetros), a Comporta passou a vida no anonimato, junto a um sem-fim de praias de sonho que desenham toda a costa do litoral alentejano até a curvinha do Algarve, lá no fim de Portugal. Até que um dia, a história mudou.

Cegonha na torre da igrejinha: ilustres visitantes sazonais
Cegonha na torre da igrejinha: ilustres visitantes sazonais Bruno Barata/Reprodução

As cegonhas continuam lá, construindo ninhos por todo canto entre os meses da primavera e do verão (quando já podem ser vistas com os filhotes): em cima dos postes, das chaminés, dos telhados. O clima gostoso de interior também – ainda se ouve o cacarejar vindo dos galinheiros em pleno centro da vila. As paisagens campestres seguem intocadas. E então?

A bela piscina do hotel Sublime Comporta: mal se vê a placa na porta
A bela piscina do hotel Sublime Comporta: mal se vê a placa na porta Bruno Barata/Reprodução

E então o mundo dos descolados descobriu a Comporta. E, por mais difícil que seja, ainda tenta mantê-la como um segredo. Tudo parece simples, tudo parece low profile, tudo parece normal. Mas convenhamos: não é que seja a coisa mais normal do mundo cruzar com a Madonna fazendo ioga ou com o Louboutin curtindo suas férias, é? Quer mais? Carlos Souza, o brasileiro queridinho do jet-set, embaixador mundial da Valentino, assina as fotos do livro Comporta Bliss, sobre o lifestyle da vila.

Interior da loja de decoração Rice: pode morar aqui dentro?
Interior da loja de decoração Rice: pode morar aqui dentro? Bruno Barata/Reprodução

Já nem seria preciso dizer nada, mas a Comporta é um charme, as lojas de decoração despertam o desejo imediato de morar dentro, há restaurantes gourmet que poderiam ostentar constelações, cafés que são uma graça e, de uns tempos para cá, hotéis que não param de acumular prêmios de design (mas que mal têm placa na porta). Tem espreguiçadeira, day bed, rede e trilha sonora baixinha na praia. Tem passeio a cavalo à beira-mar e meditação no arrozal.

  • A partir de agora, vou dedicar uma série de posts ao destino mais cool do litoral português em homenagem ao verão que tarda em chegar em pleno. Quem sabe agora vai? A Comporta está logo ali esperando, com o seu clima desencanado que poderia estampar editoriais de moda a qualquer momento. Claro, como se nada fosse.

    Reserve a sua hospedagem na Comporta com o Booking.

    Continua após a publicidade
    Publicidade