Além-mar Rachel Verano rodou o mundo, mas foi por Portugal que essa mineira caiu de amores e lá se vão, entre idas e vindas, quase dez anos. Do Algarve a Trás-os-Montes, aqui ela esquadrinha as descobertas pelo país que escolheu para chamar de seu

Na praia com Louboutin

Rastreamos o trechinho do Alentejo onde o estilista de sapatos francês escolheu para ter uma casa. E descobrimos um pequeno pedaço do paraíso

Por Rachel Verano Atualizado em 1 set 2017, 18h18 - Publicado em 1 set 2017, 12h10
Mar verdinho e um extenso areal: paraíso alentejano
Mar verdinho, zero muvuca e um extenso areal: paraíso alentejano Bruno Barata/Reprodução

Na primeira vez que ouvi falar em Melides, no Alentejo, eu não fazia ideia de que ficavam ali algumas das praias mais bonitas de Portugal. Nem uma vilinha simpática com uma igrejinha linda. Ou um campo recheado de sobreiros e haras de cavalos Lusitanos.

Fim de tarde na praia de Melides: mar e lagoa para escolher
Fim de tarde na praia de Melides: mar e lagoa para escolher Bruno Barata/Reprodução

Eu só sabia que o francês Christian Louboutin (sim, o dos sapatos de sola vermelha mais cobiçados do planeta) tinha escolhido a região para chamar de casa. E fincado ali a sua quinta de campo em Portugal (ele tem outro endereço em Lisboa).

Simpáticas cegonhas no ninho: campo e mar
Simpáticas cegonhas no ninho: campo e mar Bruno Barata/Reprodução

Pois os meses se passaram e, na escolha do destino para passar as férias de verão, Melides apareceu no topo da lista. Desta vez sim, pelos seus atributos naturais.

O farol, o mar e a nossa cadelinha Leica feliz da vida
Marco geodésico, o mar e a nossa cadelinha Leica feliz da vida Bruno Barata/Reprodução

Quando a Joana e a Carla, donas de uma casa fofa na Aldeia do Meco onde fomos passar o Carnaval, nos disseram que estavam reformando outra casa de temporada para colocar no Airbnb em Melides, nem pensamos duas vezes. Reservamos a Casa Vadia meses antes e começamos a contagem regressiva (vou falar em detalhes sobre este achado no próximo post).

Fachada da Casa Vadia: fofura de ares tipicamente alentejanos
Fachada da Casa Vadia: fofura de ares tipicamente alentejanos Bruno Barata/Reprodução

Na primeira oportunidade, fizemos um test drive. Era Páscoa, ainda não fazia muito calor, mas mesmo assim morremos de amores.

A Lagoa de Melides, na praia de mesmo nome: o milagre das águas morninhas
A Lagoa de Melides, na praia de mesmo nome: o milagre das águas morninhas Bruno Barata/Reprodução

Agora voltamos. E o que vivemos ali durante 10 dias em pleno mês de agosto vai ficar para sempre na memória:

O sol se pondo no mar: um espetáculo
O sol se pondo no mar: um espetáculo Bruno Barata/Reprodução
Continua após a publicidade

Praias lindas de morrer, sem a muvuca comum no auge do verão…

Poesia à beira-mar: ô verão...
Poesia à beira-mar: ô verão… Bruno Barata/Reprodução

… uma vilinha autêntica, com festa nos finais de semana…

A igrejinha fofa, que mais parece cenário de novela
A igrejinha fofa, que mais parece cenário de novela Bruno Barata/Reprodução

… e com direito a bailaricos e rifas!

Bailarico na praça!
Bailarico na praça! Bruno Barata/Reprodução

E ainda badalação e afetação zero.

Festa na vila: climinha gostoso de interior
Festa na vila: climinha gostoso de interior Bruno Barata/Reprodução

Melides faz parte do areal mais extenso de Portugal (e terceiro maior do mundo), que começa em Tróia e passa por trechos famosos como as praias da Comporta e da Galé ao longo de 45 quilômetros ininterruptos à beira do Atlântico.

Praia cheia na medida certa: viva o verão português!
Praia cheia na medida certa: viva o verão português! Bruno Barata/Reprodução

A Praia de Melides, propriamente dita, tem ondas, um gostoso bar de praia com almofadões e clima lounge, no alto do morro, e uma lagoa de águas mornas que rende bons mergulhos.

Bar dos Tigres, no alto da Praia da Aberta Nova: super alto astral
Bar dos Tigres, no alto da Praia da Aberta Nova: super alto astral Bruno Barata/Reprodução

As vizinhas Aberta Nova e Praia da Vigia são mais selvagens e têm acesso mais restrito. A recompensa são areias ainda menos concorridas, com ares de paraíso secreto. Aaaaah, Louboutin… de bobo você não tem nada.

Continua após a publicidade

Publicidade