Piacere, Itália! Depois de passar um mês rodando a Toscana, Bárbara Ligero caiu de amores pela terra da bota e se matriculou em um curso de italiano. Atualmente, está aprendendo a gesticular com perfeição

10 motivos para viajar para a Sardenha

Basta ver uma foto para se encantar pela ilha. Mas, se você ainda não estiver convencido, seguem dez motivos para conhecer esse paraíso do Mediterrâneo

Por Barbara Ligero Atualizado em 27 fev 2019, 14h39 - Publicado em 20 dez 2017, 19h02

1. Pouco explorada

Apesar de já ter caído no gosto dos próprios italianos e de muitos alemães, a Sardenha ainda é pouco explorada por turistas de outras origens. No coração do Mar Mediterrâneo, essa ilha pertencente à Itália raramente recebe brasileiros e é repleta de cantinhos paradisíacos, que chegam a ficar quase desertos fora da temporada de verão.

2. Acessível

Que fique claro: nesse caso, a palavra “acessível” se refere a facilidade de se chegar na ilha a partir de diferentes pontos da Europa, e não ao custo que isso tem.

Além das grandes cidades italianas, os três aeroportos da Sardenha (Alghero, Cagliari e Olbia) recebem voos de hubs europeus como Frankfurt, Amsterdã, Londres e Barcelona. Assim, é possível combinar diferentes tipos de viagem no Velho Continente com um pulinho na Sardenha ou ir direto para lá fazendo apenas uma conexão.

Os diferentes tons de azul no Arquipélago La Maddalena Moniek58/Pixabay

3. Praias paradisíacas

O que leva as pessoas até a Sardenha são, com certeza, as praias paradisíacas. O mar calmo e cristalino está presente em todo o entorno da ilha, mas as praias mais famosas e, portanto, mais turísticas, ficam no norte. Considero imperdíveis Porto Taverna, Cala Farfalla, La Cinta e Spiaggia del Principe.

4. Arquipélago La Maddalena

As praias da Sardenha são lindas, mas é preciso investir em um passeio de barco para ver o azul mais incrível da sua vida. Entre as ilhas do Arquipélago La Maddalena, o mar ganha tons simplesmente inacreditáveis.

Caverna na Cala Gonone, que faz parte do Golfo di Orosei Fradellafra/Pixabay

5. Golfo di Orosei

Existe uma discussão na Sardenha sobre qual lugar é mais bonito: o Arquipélago La Maddalena ou o Golfo di Orosei. Não ouso palpitar, mas explico que a diferença é que o passeio pelo Golfo di Orosei adentra grutas e passa pertinho de paredões rochosos.

6. Cidades charmosas

Além das belas paisagens naturais, a ilha também tem cidades e vilarejos charmosos. Enquanto Porto Cervo é o reduto de bilionários, Alghero é uma bonita cidade amuralhada. Isso sem falar do vilarejo de Bosa, com casinhas coloridas e ruas estreitas coroadas por uma fortaleza.

Continua após a publicidade
O vilarejo de Bosa vista do alto de sua fortaleza Zsuzstot/Pixabay

7. Roadtrip

Com tantas praias e cidades imperdíveis, a Sardenha é o destino perfeito para uma roadtrip. E o melhor é que as estradas são ótimas e sem pedágios: além da gasolina, o único gasto que você terá é com estacionamentos e parquímetros.

8. Vinho

O concurso Vinitaly 2017 elegeu o Sciala Vermentino de Gallura 2015 como melhor vinho branco da Itália. Ele foi produzido pela moderníssima vinícola Surrau, no norte da Sardenha, que organiza tours guiados gratuitos.

Moças vestindo roupas típicas da Sardenha DomyD/Pixabay

9. Culinária

A culinária sarda é saborosa e repleta de peculiaridades. Ao contrário do que poderia se esperar de uma ilha, a maior parte dos pratos típicos são de carne vermelha, e não de frutos do mar. Além disso, várias especialidades locais tem influências árabes por causa dos povos que já dominaram a ilha. Lá também é produzido queijo pecorino de alta qualidade.

10. Cultura

Separada da “bota” por duzentos quilômetros de mar, a Sardenha desenvolveu características culturais muito próprias. Por ter sido invadida por fenícios, romanos, árabes e espanhóis, sua população se concentrou no interior, vivendo da agricultura e da criação de animais. Eles desenvolveram até uma linguagem própria: o sardo, junto com o italiano, é um dos idiomas oficiais.

Siga-me no Instagram: @barbara.ligero

  •  

     

    Continua após a publicidade
    Publicidade