Nova York entre Amigos Por Blog Sabe aquela amiga que dá dicas, faz o roteiro da sua viagem e avisa quando tem promoção de passagem? Essa é a Talita Ribeiro! E o melhor é que agora ela vive em Nova York e compartilha aqui todos os seus achados na cidade.

Onde comprar roupas de frio baratas em Nova York

Lojas com até 70% de desconto, os dias das grandes promoções, as peças essenciais para aguentar o fim do inverno nos Estados Unidos

Por Talita Ribeiro Atualizado em 15 jul 2021, 14h42 - Publicado em 23 fev 2017, 17h19

É essencial que você tenha um bom casaco corta-vento, com capuz e que não molhe, para encarar o frio de Nova York. Sinceramente, essa foi a peça que eu mais usei até agora. Isso porque venta demais aqui e, quando está chovendo ou nevando, não há guarda-chuva que resista à corrente de ar nas esquinas das avenidas. Nessa mesma linha, vale a pena ter um calçado que seja resistente à água e confortável, visto que a cidade é bem plana e vale a pena desbravá-la andando. Se você pretende visitar alguma estação de esqui da região, é essencial que seu calçado também tenha cravas. Em suma, para ficar quentinho, recomendo o combo:

  • Blusa fina de manga longa, de preferência com tecido que aqueça bem, como as vendidas na Uniqlo. Essa loja é excelente para comprar roupas que substituem o volume nas peças por tecnologia, ou seja, elas são leves e te mantém aquecido. Os preços são bons e as peças duram bastante.
  • Suéter, blusa de lã ou outro material que também mantenha o corpo aquecido. Dá para encontrar essas peças em quase qualquer loja. Eu comprei várias baratas (entre US$ 15 e US$ 30) na Target e na Old Navy. No fim da temporada, possivelmente você encontrará boas promoções em lojas de marca, como GAP e Tommy Hilfiger.
  • Touca, cachecol ou lenço e luvas, que podem ser compradas nas bancas de rua próximas à Union Square – a melhor, na minha opinião, fica quase em frente à Best Buy. Sim, locais compram muitas coisas nas banquinhas da rua mesmo, sem frescura e pagando US$ 10!
  • Calça térmica para dias com temperatura abaixo de 5°C ou, no mínimo, meias longas e mais grossas. É possível comprar essas peças básicas na Amazon mesmo e mandar entregar no seu hotel, assim você economiza tempo e dinheiro.
  • Casaco corta vento, que já expliquei para que serve e porque é tão importante. Eu comprei boa parte das minhas roupas de frio na Burlington, uma loja que vende roupas de marcas com até 70% de desconto. É possível achar bons casacos a partir de US$ 60, isso é, se você tiver paciência de procurar nas imensas araras de roupas. A melhor Burlington para isso é a que fica na 6th Avenue, quase na esquina com a 23th Street.

É claro que você também pode aproveitar que a cidade tem lojas de boas marcas esportivas, como Patagonia, Columbia e North Face, e visitar a área de sales delas. Eu também já encontrei casacos por um bom preço na Macy’s e alguns amigos gostam da T.J.Maxx e da Century 21.

E os outlets?

Desde que eu me mudei, só fui uma vez no Jersey Gardens, comprar calças na Levi’s de lá, que realmente tem preços que valem muito a pena. O shopping/outlet também tem Burlington, GAP e Tommy, mas com os mesmos valores de Manhattan. Acho que vale a pena se você quiser comprar muuuuita coisa, incluindo acessórios, brinquedos e etc, já que perderá um dia da sua viagem com isso. A cidade conta ainda o Woodbury, com maior variedade de grifes, mas com acesso pior para quem não quer alugar um carro.

Feriados com promoções

E já que o post de hoje é sobre compras, termino com mais uma dica: se você quer vir para os Estados Unidos para renovar o guarda-roupa, vale a pena ficar atento aos feriados, quando rolam promoções.

Em fevereiro tem o President Day (19).

Em maio tem Memorial Day (29), com bons descontos para roupas de verão e acessórios para casa.

Continua após a publicidade

Em julho tem o Independence Day (4), que é quase uma Black Friday, com liquidações incríveis.

Em setembro, o Labor Day (4) tem boas promoções de papelaria e também roupas de frio.

Em outubro é a vez de quem gosta de acampar renovar seu estoque no Columbus Day (9).

Em novembro tem Black Friday (24) e Cyber Monday (27), com aquelas imagens absurdas de lojas sendo invadidas por uma multidão.

E, claro, no dia 26 de dezembro rola queima de estoque em quase todas as lojas.

  • Leia tudo sobre Nova York

    Busque hospedagem em Nova York

    Continua após a publicidade
    Publicidade