Cinco razões para você mochilar pelo Nordeste do Brasil

1. Você precisa conhecer melhor o seu país

Antes de sair por aí mochilando pela Zoropa ou pelos Esteitchy, nada melhor do que mochilar pelo seu próprio país. Primeiro porque, se bate um medinho só de pensar em viajar para outro país com uma mochila nas costas, se enveredar pelas praias Nordestinas pode ser uma bela maneira de ~desvirginar~ e tomar gosto pela coisa. Você vai encontrar pessoas que falam a mesma língua que a sua e têm a mesma cultura. É mais fácil e mais prático. Depois, porque (isso é bem pessoal) acho estranho conhecer o mundo inteiro e não conhecer seu próprio país. Vai por mim, não é tão caro quanto dizem.

2. Quase ninguém faz mochilão pelo Nordeste

E, por isso, você será único. Praticamente um viajante solitário, dono de suas próprias rotas. Será com Hans Staden, o alemão que viajou pelo Brasil na época do descobrimento: um explorador que desbrava pela primeira vez os segredos de uma terra pouco conhecida. Ok, exagerei. Mas, tirando as cidades maiores, vai ser raro encontrar outros mochileiros pelas prainhas do Nordeste. O que torna os mochileiros que se aventuram pela região detentores de uma sabedoria que só quem faz esse tipo de viagem tem. Não, desta vez não estou exagerando.

3. É mais aventureiro do que você imagina

Fazer mochilão pela Europa é fácil: tem centro de informações ao mochileiro, tem bar só de mochileiro, tem um trilhão de hostels a cada esquina, tem livros e guias de viagem cheios de detalhes… Fazer mochilão pelo Nordeste, pelos motivos descritos no item 2, é uma aventura sem limites: é difícil encontrar um centro de informações ao turista, é difícil achar hostel, é difícil encontrar um guia de viagem digno, e é difícil até comer – porque os menus dos restaurantes são sempre para duas ou três ou quatro panças familiares esfomeadas. Quem tem alma mochileira de verdade gosta de se virar, de sair perguntando, de andar sem rumo, de descobrir lugares.

4. Você vai conhecer um monte de nordestinos ❤

Se dizem por aí que o melhor do Brasil é o brasileiro, eu digo por aqui que o melhor do Nordeste é o nordestino. São pessoas muuuuuuuuuuito hospitaleiras. Elas querem te levar pela mão, sempre, para todos os lugares. Eles reúnem um ônibus inteiro de palpites para dar indicações. Eles começam a falar sobre a vida deles e as histórias são maravilhosas. E tem aqueles nordestinos que se mudaram para lá e absorveram a cultura da região. E eles também contam histórias maravilhosas. Eles sorriem o tempo todo. O nordestino fala “massa”, “da gota”, “arretado”, “ôxi”. Confesso que voltei do Nordeste falando nordestinês. Melhor sotaque. <3<3<3

5. As praias são lindas da gota!

Arriégua, e isso é uma verdade bem verdadeira, ôxi! Melhor do que escrever sobre as belezas das praias do Nordeste, vou te mostrar umas fotos que eu mesma fiz nessa viagem:

Salvador, com o Farol da Barra ao fundo

Salvador, com o Farol da Barra ao fundo

Praia de Carneiros, perto de Recife (PE)

Praia de Carneiros, perto de Recife (PE)

Rochas malucas da Praia da Pipa (RN) <3

Rochas malucas da Praia da Pipa (RN) ❤

Pôr do sol em Morro de São Paulo (BA)

Pôr do sol em Morro de São Paulo (BA)

Quebradinha e farol de Morro de São Paulo (BA)

Quebradinha e farol de Morro de São Paulo (BA)

A quase deserta praia de Ipioca, em Maceió (AL)

A quase deserta praia de Ipioca, em Maceió (AL)

Praia de Tambaba (PB) - na parte não-nudista :p

Praia de Tambaba (PB) – na parte não-nudista :p

As falésias de Canoa Quebrada (CE), vistas de cima, com o mar verdinho ao fundo

As falésias de Canoa Quebrada (CE), vistas de cima, com o mar verdinho ao fundo

Não é praia - são as águas esverdeadas, profundas e extremamente maravilhosas do Cânion do Xingó, entre Sergipe e Alagoas

Não é praia – são as águas esverdeadas, profundas e extremamente maravilhosas do Cânion do Xingó, entre Sergipe e Alagoas

Ok, isso também não é praia, mas é uma cena típica do sertão nordestino (que você vai ver muito se viajar de ônibus pelas cidades do interior)

Ok, isso também não é praia, mas é uma cena típica do sertão nordestino (que você vai ver muito se viajar de ônibus pelas cidades do interior)

Comentários
Deixe um comentário

Olá,

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s