Primavera na Holanda: época de visitar os jardins de Keukenhof

Keukehhof é uma vitrine da toda-poderosa indústria floricultora holandesa, um negócio que movimenta mais de € 5 bilhões em exportações

Uma das pequenas maravilhas cotidianas de morar na Europa é viver as estações do ano. Por mais que a alteração climática venha fazendo com que as coisas fiquem um pouco estranhas também por aqui, cada etapa do ciclo anual ainda é muito bem delimitada, algo bastante diferente do que acontece nas regiões tropicais e equatoriais do globo. A estação mais esperada na Europa é, sem dúvida, a primavera. Em 2015, tive o privilégio de finalmente ver de camarote a chegada do tão almejado calorzinho na Holanda. No país dos canais e das flores, o fim do inverno é uma catarse que tem como seu maior estandarte o jardim de Keukenhof, a 37 quilômetros do centro de Amsterdã.

Leão, espantalho, homem de lata e Dorothy não destoariam do cenário. Ou quem sabe Alice, se acrescentássemos uns cogumelos gigantes à paisagem. Na falta deles, holandesas vestidas à caráter dão as boas vindas à multidão de cabecinha inclinada pro lado e sorriso angelical. Is this real life? O desenho dos 32 hectares cobertos de jardins é pensado com precisão matemática, para que as plantas floresçam em três etapas. São sete milhões de bulbos plantados manualmente por 30 jardineiros. E, lembre-se, um jardim não é uma fábrica. É preciso amor, paciência, esforço, leveza.

A tulipa, flor mais emblemática da Holanda, está representada em 800 variedades. Mas, como tudo o que é bom, a temporada de Keukenhof dura pouco: para que as estrelas da festa sejam vistas apenas no momento de glória, o parque fica aberto ao público oito semanas ao ano. Em 2018, o carnaval floral teve início dia 22 de março e segue na avenida até dia 13 de maio.

Parece muito empenho para um prazer visual efêmero. Mas Keukehhof é literalmente uma vitrine da toda-poderosa indústria floricultora holandesa, um negócio que movimenta mais de € 5 bilhões em exportações e é motivo de orgulho nacional. O parque foi fundado em 1949 por um grupo de 20 produtores de bulbos (a etapa inicial da cadeia). Hoje em dia, ele continua sendo mantido sem ajuda do governo por uma centena de produtores de bulbos, e também serve para expor o trabalho de 500 cultivadores.

Além dos jardins abertos, o parque ainda abriga exposições em pavilhões cobertos, tem playgournds fofinhos para a criançada, e intervenções especiais que mudam a cada ano. Em 2015, o parque rendeu homenagem ao pintor Vincent Van Gogh, no aniversário 125 de sua morte: um autorretrato desenhado com flores.

lllO autoretrato de Van Gogh ainda sem florir (duas semanas atrás;  atualmente ele está bombando)

lllExposição de rosas dentro de um dos pavilhões

lllCarinho e paciência para separar pétala por pétala para compor um painel, também em homenagem a Van Gogh, feito com flores

lllTest-drive no tal “jardim das selfies”

ññññPlaygrounds para enlouquecer a criançada

ñññññDá pra ser mais holandês?

lllA única jardineira da equipe de 30

O lugar é uma delícia para passear sem pressa. Mas não alimente muitas esperanças de meditar e fazer posições de yoga entre os canteiros. Keukenhof recebe cerca de 800 mil visitantes em apenas um mês! Para driblar a multidão, o melhor a fazer é ir bem cedinho ou no final da tarde, quando os ônibus já foram embora.

Vai lá: O horário de abertura é das 8h às 19h30 e a entrada custa € 17. Você pode combinar a entrada com o ônibus a partir de Amsterdã, do aeroporto de Schipol e de outras cidades. Clique aqui para comprar on-line.

Keukenhof_Garden - 11 Keukenhof_Garden - 10 Keukenhof_Garden - 9 Keukenhof_Garden - 8 Keukenhof_Garden - 8 (1) Keukenhof_Garden - 7 Keukenhof_Garden - 7 (1) Keukenhof_Garden - 6 Keukenhof_Garden - 6 (1) Keukenhof_Garden - 5 Keukenhof_Garden - 4 Keukenhof_Garden - 4 (1) Keukenhof_Garden - 3 (1) Keukenhof_Garden - 2 Keukenhof_Garden - 2 (1)

Siga @drisetti no Twitter e no Instagram

Comentários
Deixe um comentário

Olá, ( log out )

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s