Cosmopolita

Inaugurado em 1926, serviu de berço para o filé à oswaldo aranha, prato típico da cidade (bife alto coberto com alho frito, acompanhado de arroz, farofa e batatas).

A história do filé á oswaldo aranha e da sopa leão veloso, dois pratos típicos do Rio de Janeiro

Nos anos 30, políticos emprestavam seus nomes para receitas. Oswaldo Aranha, então ministro da Fazenda, era habitué do “Senadinho”, apelido do bar Cosmopolita.

Ele sempre pedia bife alto coberto com alho frito, acompanhado de arroz, farofa e batata portuguesa. A combinação não só ganhou seu nome como se tornou um clássico da cidade.

O mesmo aconteceu com outro restaurante do Centro, o Rio Minho. Depois de conhecer a bouillabaisse, prato típico da Marselha, o embaixador Leão Veloso trouxe a receita para cá. A sopa francesa se transformou na sopa leão veloso, um caldo feito com cabeça de cherne e suco da cabeça do camarão, cozido com peixe e frutos do mar.

Onde comer:

Além do bar Cosmopolita, o filé a osvaldo aranha é servido no Filé de Ouro e no Lamas. A sopa leão veloso é preparada no Rio Minho e nas duas casas do Adegão Português.

Publicidade