Olimpíada 2024 em Paris terá jogos em pontos turísticos

Vôlei de praia aos pés da Torre Eiffel, maratona aquática no Sena, hipismo no Palácio de Versailles. No quesito locação dos jogos, a França já é ouro

Por Bárbara Ligero Atualizado em 10 ago 2021, 22h12 - Publicado em 10 ago 2021, 12h28

Vôlei de praia aos pés da Torre Eiffel. Maratona aquática no Rio Sena. Ciclismo na Champs-Élysées. Basquete na Place de la Concorde. Tiro com arco no Hôtel des Invalides. Hipismo no Palácio de Versailles. A cerimônia de encerramento dos Jogos Olímpicos de Tóquio ainda estava acontecendo, no último domingo (8), quando Paris roubou a cena com a exibição dos croquis que mostram os seus pontos turísticos como pano de fundo das próximas competições esportivas, em 2024.

Alinhada com a agenda ambiental que o governo da França está comprometido a cumprir, a capital parisiense pretende fazer da sustentabilidade a palavra-chave das próximas Olimpíadas. A ideia é aproveitar ao máximo o que a cidade já tem para evitar a construção de estruturas que possam se tornar “elefantes brancos”, como é o caso do Parque Olímpico na Barra da Tijuca, abandonado desde o Rio-2016.

Jogos Olímpicos de Paris em 2024
As provas de natação em água aberta acontecerão no Rio Sena. Crédito: Paris 2024/Divulgação
Mapa das sedes dos Jogos Olímpicos de Paris em 2024
O mapa das sedes dos Jogos Olímpicos de Paris mostra que boa parte dos centros esportivos ficarão em um raio de dez quilômetros. Crédito: Paris 2024/Divulgação

Ao mesmo tempo, existe uma preocupação grande com a mobilidade. O objetivo é que os espectadores possam chegar a qualquer um dos eventos usando transportes sustentáveis – algo bastante desejável no país que promete o fim dos carros à gasolina e à diesel até 2040. Por isso, os principais centros esportivos estarão localizados em um raio de no máximo dez quilômetros de distância.

Só a região em torno da Torre Eiffel, que inclusive será pintada de dourada para os Jogos Olímpicos, deve receber a maratona, a marcha atlética, o triatlo e o vôlei de praia, cuja quadra será montada provisoriamente no Champ de Mars, aquele gramadão logo atrás do monumento. Caminhando por cerca de dois quilômetros, o turista já chega ao Hôtel des Invalides, onde estarão rolando as competições de tiro com arco. Sem falar das provas de natação em água aberta, que serão realizadas no Rio Sena, logo em frente.

Vôlei de praia aos pés da Torre Eiffel nos Jogos Olímpicos de Paris em 2024
A quadra do vôlei de praia será montada provisoriamente no Champ de Mars, bem aos pés da Torre Eiffel. Crédito: Paris 2024/Divulgação
Tiro com arco no Hôtel des Invalides nos Jogos Olímpicos de Paris em 2024
Tiro com arco no Hôtel des Invalides, necrópole e sede de museus militares. Crédito: Paris 2024/Divulgação

Do outro lado do rio, os ciclistas estarão percorrendo a Champs-Élysées e contornando o Arco do Triunfo, como já acontece todos os anos durante a Volta da França. Em uma das pontas da avenida, o Grand Palais sediará as disputas de esgrima e taekwondo. De lá, são só dez minutos de caminhada até a Place de La Concorde, que será temporariamente transformada em uma arena para basquete 3×3, skate, bmx freestyle e breakdance, nova modalidade olímpica que estreará no Paris-2024.

As demais locações ficam fora do centro, é verdade, mas são praticamente todas estruturas já existentes e próximas de estações de metrô. Os estádios históricos Jean Bouin, Parque dos Príncipes e Pierre-de-Coubertin abrigarão, respectivamente, o rúgbi, o futebol e o basquete feminino. O tênis, é claro, acontecerá em Roland Garros, onde também haverá lutas de boxe. A ginástica ficará na Arena 92 e o handebol e o tênis de mesa, na Paris Expo. As provas de hipismo, um pouco mais distantes, terão como cenário nada menos que o Palácio de Versailles.

Tênis em Roland Garros durante as Olimpíadas de Paris em 2024
Além do tênis, Roland Garros também sediará as lutas de boxe. Crédito: Paris 2024/Divulgação
Provas de hipismo no Palácio de Versalhes durante os Jogos Olímpicos de Paris em 2024
Os jardins do Palácio de Versailles receberão as competições de hipismo. Crédito: Paris 2024/Divulgação

As exceções são o Estádio Aquático e a Vila Olímpica, dois espaços que serão construídos do zero na vizinha Saint-Dennis. A cidade já abriga o Estade de France, que recebeu a Copa do Mundo de 1988 e agora será reaproveitado para as provas de atletismo e as cerimônias de abertura e encerramento dos Jogos Olímpicos de 2024. Outras modalidades esportivas que terão disputas fora de Paris são a vela, que acontecerá na litorânea Marselha, e o surfe, que terá como palco o Taiti, maior ilha da Polinésia Francesa.

Ainda assim, as próximas Olimpíadas já estão sendo consideradas inovadoras. A última edição realizada em uma grande cidade europeia foi a de Londres em 2012, quando apenas duas modalidades tiveram provas na zona turística da cidade: o triatlo e a maratona aquática, ambos no Hyde Park. No Rio de Janeiro, em 2016, a única atração utilizada durante as competições foi a Praia de Copacabana, que recebeu o vôlei de praia.

Centro Aquático que está sendo construído para os Jogos Olímpicos de Paris em 2024
O Estádio Aquático é uma das poucas estruturas que serão construídas do zero para os Jogos. Crédito: Paris 2024/Divulgação
Vila Olímpica dos Jogos Olímpicos de Paris em 2024
A ideia é que, após as competições esportivas, a Vila Olímpica seja transformada em um bairro de moradias populares. Créditos: Paris 2024/Divulgação

Os preços dos ingressos para acompanhar os Jogos Olímpicos de Paris in loco ainda não foram divulgados (acompanhe as informações atualizadas no site oficial paris2024.org). Porém, já dá para começar a planejar a sua viagem buscando opções de hospedagens e destrinchando o nosso guia completo de Paris.

  • Continua após a publicidade
    Publicidade