Oktoberfest de Munique está de volta; veja como planejar a visita

Cancelada nos últimos dois anos, a tradicional festa alemã acontecerá entre setembro e outubro sem restrições

Por Caroline Dalla Vecchia Atualizado em 18 Maio 2022, 20h14 - Publicado em 16 Maio 2022, 10h00

Após ser cancelada por dois anos consecutivos, a Oktoberfest estará de volta a cidade alemã de Munique para a sua 187ª edição entre 17 de setembro e 3 de outubro. O anúncio foi feito pelo prefeito Dieter Reiter, que confirmou que a maior festa folclórica do mundo acontecerá “sem restrições”, como nos tempos pré-pandêmicos: a aglomeração estará liberada e não haverá obrigatoriedade do uso de máscaras ou da apresentação de comprovantes de vacina. A Oktoberfest acontece sempre no Theresienwiese, uma área com cerca de 405 mil ² onde são montadas as tendas e um parque de diversões. A entrada para a festa é gratuita, mas os brinquedos e a consumação devem ser pagos separadamente. E não custa dizer: para conseguir disponibilidade nos hotéis, faça sua reserva com meses de antecedência.

Como chegar na Oktoberfest

O Theresienwiese não é muito longe do centro histórico de Munique. Como é quase impossível encontrar uma vaga próxima a festa, evite ir de carro e prefira o transporte público. De metrô, é possível descer na própria estação Theresienwiese, mas o fluxo de pessoas estará intenso por lá. Uma alternativa é ir até a Poccistrasse, a Goetheplatz ou a Schwanthalerhöhe, que ficam a apenas alguns minutos de caminhada do evento. De bonde, as linhas que vão até a região são a 18 e a 19, com paradas em Holzapfelstraße ou Hermann-Lingg-Straße, e a 16 e a 17, até Hackerbrücke. De trem urbano, a descida também é na estação Hackerbrücke. Outra opção é chegar de ônibus usando as linhas 53, 58, 62 e 134 (use o Google Maps ou o aplicativo de mobilidade Moovit para não perder as paradas).

Qual o horário da Oktoberfest

No dia 17 de setembro, a festa começará após a abertura do primeiro barril de cerveja na tenda Schottenhamel, o que está previsto para acontecer ao meio-dia. Nos demais dias, as principais tendas costumam funcionar das 10h às 22h30, apesar de algumas barracas menores atenderem os mais festeiros até às 23h30. Se estiver viajando em família, atenção: após às 20h, os menores de seis anos não podem ficar nas tendas, enquanto as crianças e adolescentes até 19 anos podem permanecer na festa somente com os responsáveis.

View this post on Instagram

A post shared by Oktoberfest (@oktoberfest)

Programação da Oktoberfest

No total, são 17 tendas grandes com nomes difíceis para quem não fala alemão. Cada uma delas tem seu próprio cardápio de comidas típicas e bebidas (haja cerveja!) e programação de shows. Os palcos recebem desde apresentações de danças típicas até bandas de rock, passando ainda por competições tradicionais – um clássico é a de tiros de balestra, uma espécie de arco e flecha, na tenda Armbrustschützenzelt. O site do evento traz a programação completa. Para conseguir se sentar nessas tendas, a dica é reservar com antecedência nos sites das tendas (veja todos os links aqui) ou deixar para visitar a Oktoberfest nos horários de almoço e durante os dias de semana. A terça-feira, por exemplo, é o “dia da família”, com mais atividades para crianças. Há ainda outras 21 tendas menores e menos concorridas, que funcionam como lojas de comidas e bebidas (veja todas neste link).

Como se vestir para a Oktoberfest

Na Oktoberfest, é comum ver os alemães e turistas vestindo trajes tradicionais da Baviera, estado alemão em que Munique é a capital. As mulheres e meninas usam o Dirndl, uma combinação de blusa branca sobreposta por um vestido de camponesa com corpete justo e um avental. Já os homens e meninos usam o Lederhose, a combinação de calça de couro (preta ou marrom) com suspensórios e camisa de botões (branca ou quadriculada). No entanto, as roupas típicas não são obrigatórias e muitas pessoas também optam por uma caracterização mais discreta, usando apenas chapéus e tiaras floridas. Todos esses elementos podem ser facilmente encontrados nas lojas e quiosques do centro de Munique.

Continua após a publicidade

Ver essa foto no Instagram

Uma publicação compartilhada por Oktoberfest (@oktoberfest)

História da Oktoberfest

A tradição da Oktoberfest começou na Alemanha em 1810, como uma comemoração do casamento entre o príncipe Luís I da Baviera e Teresa de Saxe-Hildburghausen. Todos os moradores de Munique foram convidados para a ocasião e o sucesso foi tamanho que outra festa foi marcada para outubro do ano seguinte. Desde então, a Oktoberfest se tornou uma tradição que só foi quebrada por guerras ou epidemias – dentre essas últimas, a de Covid-19, que cancelou a festa nos últimos dois anos. Na última edição, em 2019, a Oktoberfest atraiu 6.3 milhões de pessoas. Para chegar à festa devidamente inteirado, boas dicas de livros são o Larousse da cerveja: a história e as curiosidades de uma das bebidas mais populares do mundo, de Ronaldo Morado, e Os alemães, de Vinícius Liebel, que traz detalhes sobre a história e a origem dos costumes desse povo.

Regras de entrada na Alemanha

Brasileiros estão autorizados a entrar no país desde que apresentem formulário preenchido e comprovante, em inglês, de vacinação completa há pelo menos 14 dias com Pfizer, AstraZeneca, Janssen e Moderna. Vacinados com a Coronavac deverão apresentar resultado negativo para um teste RT-PCR feito 48 horas antes da partida ou um de antígeno feito 48 horas antes da chegada. Veja as informações atualizadas aqui.

Leia tudo sobre Alemanha

Busque hospedagem em Munique

Continua após a publicidade

Publicidade