Continua após publicidade

As locações da segunda temporada de ‘House of the Dragon’

Gravações aconteceram principalmente em cenários do norte e noroeste do País de Gales

Por Bárbara Ligero
Atualizado em 11 jul 2024, 10h39 - Publicado em 7 jul 2024, 18h00

A segunda temporada de House of the Dragon estreou em 16 de junho e desde então estão sendo exibidos novos episódios a cada domingo na HBO. Enquanto a primeira temporada usou locações variadas em Portugal, na Espanha e no Reino Unido, a segunda teve as gravações mais concentradas em território britânico, especialmente no País de Gales. Confira, a seguir, os cenários galeses escolhidos para dar vida à trama, que aprofunda a disputa política e familiar da Casa Targaryen pelo controle dos Sete Reinos:

Yr Eifl Quarry, Dinorwig Quarry e Ogwen Valley – Gwynedd

O QG de Rhaenyra (Emma D’Arcy) e seus aliados é o castelo da Pedra do Dragão, na Baía da Água Negra. As cenas da fachada da construção fictícia usaram como base gravações feitas em Yr Eifl Quarry, também conhecido como Trevor Quarry, uma antiga pedreira que funcionou entre 1850 e 1963.

Dinorwig Quarry é outra pedreira, na mesma região, que foi usada para cenas que se passam em Harrenhal, castelo importante para a história da franquia como um todo. Ali, os visitantes podem conhecer o National Slate Museum, focado na história e técnicas de produção da ardósia.

As duas pedreiras ficam no condado de Gwynedd, no norte do País de Gales. Uma das principais atrações da região é Parque Nacional Eryri (também conhecido como Snowdonia), com trilhas para trekking. O lugar também serviu de locação para cenas em meio à floresta: as gravações aconteceram mais exatamente no Ogwen Valley.

Continua após a publicidade
Yr Eifl Quarry, País de Gales
Yr Eifl Quarry: mesmo sem CGI, a pedreira parece mesmo um castelo de Westeros (Gordon Hatton/Wikimedia Commons)

Penmachno Roman Bridge – Conwy County

No condado vizinho de Conwy, uma ponte pitoresca conhecida como Penmachno Roman Bridge também recebeu a visita dos atores, figurantes e produtores de House of the Dragon. Apesar do nome, a ponte não é romana – data do século 17 – e serve para atravessar o Rio Machno.

Fãs da série afirmaram ter visto cadáveres de mentira durante as filmagens no local e, por isso, especula-se que as cenas gravadas ali sejam de um momento pós-batalha.

Continua após a publicidade
Penmachno Roman Bridge, País de Gales
A bonita Penmachno Roman Bridge deve aparecer na segunda temporada (Eirian Evans/Wikimedia Commons)

Porth y Cwch, Penmon Point, Beaumaris Beach e Llanddwyn Beach – Anglesey

Diferentes praias em Anglesey, uma ilha no noroeste do País de Gales, aparecem na segunda temporada. Quem assistiu ao primeiro episódio irá reconhecer a praia de Porth y Cwch, palco para uma cena especialmente sensível com Rhaenyra e sua dragão fêmea Syrax.

O ator Steve Toussaint, que interpreta o personagem Corlys Velaryon, foi visto em gravações na Penmon Point, uma praia popular na região. Já Fabien Frankel, que vive Sor Criston Cole, teria filmado uma cena na Beaumaris Beach.

Continua após a publicidade

Para a Semeadura, um importante episódio da Dança dos Dragões, foi escolhida como locação a Llanddwyn Beach.

Aproveite para conhecer o Beaumaris Castle, castelo de 1295 cercado por um fosso que é uma das principais atrações de Anglesey. Também vale caminhar pela trilha costeira Llanddwyn Island Walk.

Penmon Point, País de Gales
Penmon Point: Corlys Velaryon navegou por aqui (Nigel Leak/Wikimedia Commons)

Leia tudo sobre País de Gales

Busque hospedagem no País de Gales

*Com informações da Wiki of Westeros, site alimentado pelo fandom de Game of Thrones e House of the Dragon.

Continua após a publicidade
Compartilhe essa matéria via:

 

Publicidade