VT Responde – VT 196

Flutuações, mergulhos e outros passeios bacanas em Bonito, no Mato Grosso do Sul. Os melhores hotéis para levar crianças no interior de São Paulo. Hostels fervidos na Europa. Dicas quentes são com a VT

Em julho, quero passar minha lua de mel em Bonito (MS). Como chego lá a partir de Campo Grande e quais são os passeios imperdíveis? Algum hotel bacana para indicar? — Juliana Dias, Brasília

O editor de gastronomia dos guias Quatro Rodas, Ricardo Castanho, gosta tanto de Bonito que esteve lá três vezes em férias. São dele as dicas. “Reserve quanto antes a hospedagem se você pretende ir em julho, altíssima temporada. Hotéis e passeios lotam cedo. Há três maneiras de chegar lá a partir de Campo Grande: de avião com a Trip, apenas às quintas e aos domingos, de ônibus (5 hora s de viagem) ou de carro alugado, escolha que eu fiz nas três vezes e recomendo. Além do bom estado da Br-060, as atrações ficam longe do centro, e com um carro você se livra das vans e dos passeios casados menos interessantes, que são vendidos nas agências locais. Das atrações, as minhas preferidas são as flutuações no Rio Sucuri e no Rio da Prata. No primeiro, impressiona o tom de azul-turquesa da água; no segundo, pacus, piraputangas e pintados nadam colados na gente. Depois do Sucuri e do Prata, talvez você ache o Aquário Natural, com seus quiosques a poucos metros da piscina natural, com um jeitão de parque temático. Como tenho medo de altura, não encarei o Abismo Anhumas, que demandaria um rapel de 72 metros para descer uma caverna e chegar a um lago cristalino. Mas a atração tem a cotação máxima no GUIA BRASIL, portanto é superindicada. A Estância Mimosa, que mescla cachoeiras com clima e comida típica de uma fazenda pantaneira, é um programa bacana para dar um tempo nas flutuações. A gastronomia na cidade não empolga, mas um prato de pescado típico no restaurante Cantinho do Peixe (67/3255-3381) e o sorvete assado do Palácio dos Sorvetes (67/9991-1385) são experiências pitorescas. O Zagaia Eco Resort (diárias desde R$ 583, com jantar) é o melhor hotel de lá. Vale também considerar uma cabana roots, pero romântica, do Cabanas (diárias desde R$ 203)

No ano passado levei meu filho de 3 anos a Gramado e ele adorou. Que outro destino vocês sugerem? Ele não gosta de praia. — Deise Marques, São José dos Campos, SP

Que tal um hotel com muita coisa para o seu pequeno fazer, Deise? aí ao lado de São José, em Taubaté, está o Fazenda Mazzaropi (diárias desde R$ 650, mínimo de duas), que foi Top of Mind do Prêmio VT 2011. O lugar é perfeito para crianças. Os recreadores organizam passeios de charrete, pedalinho, trenzinho, rolam peças de teatro e contação de histórias. Em Itatiba, o Dona Carolina (diárias com pensão completa desde R$ 831) tem equipe de recreação nos fins de semana, brinquedoteca e uma tirolesinha. No Guarujá, o Sofitel Jequitimar (diárias com meia-pensão desde R$ 870) tem um megakid’s club com teatrinho, sala de artes onde as crianças brincam com argila e restaurante infantil. Tem tanto o que fazer que ele nem vai dar a mínima para o mar logo em frente.

Existe alguma boa rota de mochilão pra fazer sozinho? Acabo de tomar um fora da minha namorada e, se não viajar, eu piro. — Joaquim Ferreira, São Paulo, SP

Mande-se para a Europa, Joaquim. E procure dormir em hostels. Bom, dependendo do lugar, “dormir” é força de expressão. Há lugares onde a festa é non-stop e você vai topar com gente animada, festeira, desimpedida… No Kabul (diárias desde € 9), o hostel mais famoso de Barcelona, no Bairro Gótico, ao lado das Ramblas, o bar é tão animado que tem gente que nem arreda o pé de lá. Em Amsterdã, o pub do Flying Pig Downtown (diárias desde € 13,90), em pleno Red Light District, tem mesas de sinuca, DJs e fica aberto até as 4 horas. Em Lisboa, o Travellers House (diárias desde € 18), na rua Augusta, na Baixa, não sedia festas, mas organiza pub crawls pelos bares das redondezas.

Para participar, envie sua dúvida para vt.responde@abril.com.br. As perguntas serão selecionadas e respondidas apenas nesta seção

Leia mais:

Fevereiro de 2012 – Edição 196

Depois de seis anos, Lagoa Misteriosa, na região de Bonito, reabre para mergulho

Hostels ou albergues

Pequeno manual para… Curtir as férias de verão

Comentários
Deixe um comentário

Olá,

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s