As melhores dicas para você agitar na virada do ano em Nova York

Veja as melhores dicas para passar as festas na Big Apple, que fervilha no final do ano

Por Anna Laura Wolff e Betina Neves Atualizado em 21 dez 2016, 14h21 - Publicado em 11 nov 2014, 22h04

Atualizado em 17/12/2015Apesar das temperaturas abaixo de zero, o inverno em Nova York é lindo e vibrante. Neve e decoração natalina – leia-se bolas vermelhas gigantes, laços “amarrando” fachadas, árvores enfeitadas e muitas luzes – misturam-se ao cenário de arranhas-céus.Nesse período, o Rockefeller Center e o Central Park ganham pistas de patinação no gelo que fervem dia e noite. E, sim, tudo fca mais caro, sobretudo os hotéis, cujas tarifas dobram.No dia 26 de dezembro, a liquidação de Natal leva multidões às tradicionais lojas de departamentos, como a Macy’s, a Bloomingdale’s e a Century 21, com descontos de até 70%.Na viradaO principal espetáculo do Réveillon acontece na Times Square, quando milhares de pessoas se aglomeram no local esperando a bola neon (que simboliza a passagem do ano) descer na cobertura do edifício One Times Square. A cerimônia acontece desde o Réveillon de 1908, e dura meros 60 segundos.Antes disso rola um show musical, mas, assim que a contagem regressiva termina, todo mundo se acotovela para ir embora. Se você fizer questão mesmo de assisti-la in loco, tem de chegar cedo, por volta das 15h, para garantir um bom lugar – a polícia começa a fechar a área com grades de metal já pela manhã. Depois, vai ter de ficar horas de pé esperando (sóbrio, já que não é permitido consumir bebidas alcoólicas nas ruas), no frio.Nos arredores da Times Square há telões para quem não conseguir chegar perto da bola. Uma maneira de ver o evento sem ter de ficar ao ar livre é jantar num dos restaurantes da região que têm vista para a praça – na maioria dos casos, claro, você terá de reservar com meses de antecedência. Entre as boas pedidas estão o top New York Marriott Marquis, e o View, no 48º andar do hotel Marriott, que tem vista panorâmica (mas, ali de cima, não dá para enxergar a bola descer). No Bubba Gump, especializado em frutos do mar e com ambiente menos formal, há vista para a bola.Saindo de Midtown, a virada é regada a fogos de artifício nos cruzeiros pelo rio Hudson, como o Circle Line Sightseeing Cruises. Pagando um pouco mais, dá pra embarcar no World Yacht, que dispõe de jantar com bufê. Com a balsa que sai de Downtown rumo a Staten Island, você faz uma versão mais simples do passeio, e na faixa: ela inicia as operações do dia 1º, à meia noite e meia, possibilitando aos passageiros ver o fnalzinho da queima de fogos.Outro jeito econômico de apreciar a explosão coloridano céu nova-iorquino é uma caminhada pela Brooklyn Bridge: vários tours guiados começam no City Hall, pouco antes da meia-noite, para fazer o percurso – com a New York Talks and Walks, por exemplo. Também dá para atravessar a ponte por conta própria, mas vale alertar que você deve se posicionar o mais próximo possível do Brooklyn para conseguir ver os fogos do New York Harbour. O Brooklyn, aliás, tem a maior festa de fogos de Nova York, que dura cerca de 20 minutos. Ela se dá no Prospect Park, onde também há DJ e barraquinhas com comes e bebes. Da Brooklyn Bridge até lá são 50 minutos a pé; portanto, o ideal é ir de metrô.Em Uptown, o Central Park é a melhor opção para curtir a noite. O tradicional The Loeb Boathouse Central Park, de frente para o lago, tem uma ceia mais em conta. Para mais glamour, a dica é passar a noite no Ritz Carlton New York-Central Park, em uma suíte com vista para os fogos do parque. Para os esportistas, a New York Road Runners Midnight Run propõe corrida de 6,5 quilômetros pelo Central Park pouco antes da virada, seguida de festa com DJ.Entre as baladas, o must é a Avenue, com open bar e socialites circulando pelo ambiente. A 1 OAK, entre o Chelsea e o Meatpacking District, também tem noitada de Réveillon.***FICA A DICA*** Quem sonha em ver neve tem boas chances no Ano-Novo: quase sempre neva na cidade em dezembro e janeiro.Média de temperatura: -2ºC a 5ºC.

Leia mais:

Especial Réveillon

Las Vegas fervilha no Ano Novo: veja onde ir na virada

A Disney fica ainda mais mágica no final do ano: veja pacotes para a virada em Orlando

Continua após a publicidade

Dicas de Réveillon em Londres e Edimburgo

Fim de ano em Paris é très chic! Veja dicas do que fazer na Cidade Luz

Virada no Leste Europeu: onde encontrar as melhores festas

Saiba como é o fim do ano nas queridinhas Barcelona e Madri

Dicas e sugestões de pacotes para o Réveillon em Miami, EUA

Continua após a publicidade
Publicidade