Um roteiro de vinhos, história e arte pela Toscana, na Itália

No coração da Itália, um roteiro entre vinhedos, construções etruscas e belas paisagens bucólicas

Por Beatriz Convertino Atualizado em 6 jun 2019, 15h37 - Publicado em 14 jun 2012, 13h45

A Toscana, com suas paisagens bucólicas, cidades pré-medievais e vinícolas de primeira, é um convite irresistível para se aventurar no coração da Itália. A melhor maneira para conhecer uma das mais belas regiões do país é alugando um carro e munir-se de um bom guia. As distâncias entre as cidades são pequenas, as estradas são ótimas, bem sinalizadas e o visual é sempre um colírio para os olhos.

A primeira identidade territorial da região remonta à época dos etruscos, o mais evoluído e poderoso povo itálico antes da dominação romana. Parte deste poder se devia a uma importante produção agrícola. A Toscana já foi chamada il granaio dell’Etruria (o celeiro da Etruria).

A partir da Idade Média, os grandes bosques de castanheiras e carvalhos cederam espaço para oliveiras e parreirais que conquistaram importância econômica e fama internacional. Nas suaves ondulações de suas colinas, ainda se encontram bosques, especialmente de ciprestes, e crescem o alecrim, a lavanda, a erica, o açafrão e os girassóis, dando um colorido especial à paisagem.

Paralelamente a essa profunda ligação com a terra e seus produtos, os toscanos desenvolveram uma percepção artística apurada que alcançou o seu auge no Renascimento Italiano, quando produziu algumas das mais notáveis obras de arte da história.

As dicas são para que você conheça uma pouco mais do “coração da Itália”: penetre no que os italianos chamam entroterra (literalmente, dentro da terra) toscano pelas Rotas do Vinho e do Azeite. Elas o conduzem aos antigos sabores, antigas tradições, redescobrindo os prazeres mais genuínos em cada pequeno borgo (vilarejo) da região.

No percurso você encontrará pequenos e ótimos restaurantes, onde o vinho, o azeite extravirgem, os salames, os queijos e outros produtos regionais fazem as honras da mesa na elaboração dos pratos típicos da cozinha toscana. Não faltarão opções de compra desses produtos, bem como de trufas.

Na maioria das vinícolas são vendidos suvenires, alguns cristais da região e objetos para casa. Encontrará também bons hotéis e outra boa opção: hospedagem em centros de agriturismo (turismo rural), bastante difundidos.

Buon viaggio!

Continua após a publicidade
Publicidade