Torre Eiffel será cercada por muralhas de vidro

Medida é definitiva e aumentará o controle de segurança para chegar nas proximidades do monumento mais famoso de Paris

Por Julia Latorre Atualizado em 14 fev 2017, 18h07 - Publicado em 14 fev 2017, 16h53

A prefeitura de Paris anunciou na semana passada que a Torre Eiffel será cercada por uma estrutura de vidro de 2,5 metros de altura à prova de balas. A medida foi tomada como prevenção a possíveis ataques terroristas.

Atualmente, a base da Torre já está rodeada por grades de metal nada bonitas que foram instaladas no período da Eurocopa, em junho do ano passado. A barreira de vidro, além de proteger a segurança dos turistas e do monumento, também vem como uma solução menos feia do que as cercas que estão agora.

Decisão sem volta

O prefeito ainda revelou que a execução do projeto, que tem um custo estimado de 20 milhões de euros, é uma medida definitiva mas que permitirá que os visitantes continuem tirando fotos  e subindo até o topo. Entretanto, para chegar mais perto ou ou ter acesso às escadarias ou elevador da Torre, será preciso passar por controles de segurança.

Para acalmar o coração dos que se angustiam ao pensar na desarmonia que paredes de vidro em volta do ambiente pago mais visitado do mundo pode causar, arquitetos envolvidos no projeto garantiram que essa proteção não irá interferir na combinação perfeita das paisagens do Campo de Marte e do Rio Sena.

  • Continua após a publicidade
    Publicidade