Site mapeia pratos típicos de vários lugares do mundo

O Taste Atlas é uma plataforma colaborativa e registra até o momento mais de 6 mil iguarias. Usuários podem se cadastrar e abastecer o site com seus achados

Ao visitar um lugar diferente, seja dentro ou fora do país, muitos viajantes gostam de provar comidas típicas e iguarias que os locais também comem. Mas, além do boca a boca, existe uma ferramenta que ajuda a identificar o que se come e onde – e, de quebra, ensina um bocado sobre a cultura de cada parte do mundo.

O site Taste Atlas funciona como um almanaque de pratos típicos e tem como trunfo ser bastante interativo. É possível procurar por um destino específico no campo de busca da tela inicial, ou então, ficar passeando pelo mundo e vendo o que de curioso cada povo come.

Cada prato ou ingrediente típico (uma localidade pode conter dezenas deles) leva a uma página específica dedicada à iguaria. Lá, é possível ler sobre o prato, saber mais sobre a região em que ele se tornou tradição, ver sugestões de onde comer – no local clicado ou em outras partes do mundo – e, ainda, comentar sobre o que achou e cadastrar um comércio que venda a referida comida.

Pão de Deus A história do Pão de Deus está relacionada ao Dia de Todos os Santos, em que as crianças portuguesas saem às ruas pedindo pelo doce e recitando versos

A história do Pão de Deus está relacionada ao Dia de Todos os Santos, em que as crianças portuguesas saem às ruas pedindo pelo doce e recitando versos (Taste Atlas/Divulgação)

Além de todas essas ferramentas, o usuário ainda pode “logar” no site para sugerir mais pratos para uma localidade específica, ou enviar suas próprias fotos de pratos típicos, clicando em “Submit info or photo.”

Em Portugal, por exemplo, você encontra o famoso Pão de Deus (conhecido como Estaladinho ou Arrufada, dependendo da região). O referido doce, coberto com coco, doce de ovos e açúcar, é normalmente comido de café da manhã e pode ser recheado de várias maneiras, de queijos a geleias.

Na cidade de São Paulo, um dos pratos típicos é – pasmem – a Maria-Mole! O doce, feito de açúcar, gelatina, côco e claras é tão popular que foi colocado no mapa.

Maria-Mole As maria-mole são vendidas, mais frequentemente, na época de Festa Junina

As maria-mole são vendidas, mais frequentemente, na época de Festa Junina (Taste Atlas/Divulgação)

Outro exemplo é o Idli, prato muito consumido no café da manhã na África do Sul. Feito de uma massa composta de lentilhas pretas fermentadas e arroz, os bolinhos são comidos quentes e mergulhados em sambar (ensopado de legumes à base de lentilha), chutneys ou temperados com especiarias.

Idli O Idli também é servido acompanhado do Medu Vada, um bolinho frito em forma de rosquinha feito de lentilhas pretas e especiarias

O Idli também é servido acompanhado do Medu Vada, um bolinho frito em forma de rosquinha feito de lentilhas pretas e especiarias (Taste Atlas/Divulgação)

Em Pernambuco, quem marca presença é o Bolo de Rolo. Uma massa feita de farinha de trigo, ovos, manteiga e açúcar, enrolada e recheada com goiabada é um prato típico do nordeste brasileiro e conhecido por ser bem mais complexo que o também famoso Swiss roll.

Bolo de Rolo Segundo o site, o melhor lugar para comer um Bolo de Rolo é na Casa dos Frios, em Recife

Segundo o site, o melhor lugar para comer um Bolo de Rolo é na Casa dos Frios, em Recife (Taste Atlas/Divulgação)

De acordo com os números do site, já foram cadastrados 6653 pratos típicos, 3367 ingredientes e 9664 restaurantes. O número de colaboradores ultrapassa os 35 mil.

Comentários

Olá,

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.