Seis passeios na Moscou dos czares, dos comunistas e dos dias de hoje

Por Viagem e Turismo 16 dez 2014, 08h00

1. Parque Gorkogo

“Se for a Moscou durante a primavera, dê um pulinho lá para experimentar as aulas de pintura ao ar livre e se divertir com os shows, exposições e eventos esportivos.”

+ As mais espetaculares paisagens naturais da Rússia

kvartira

2. Kvartira 44

“Restaurante que mostra bem como é um típico apartamento russo: papel de parede florido, armários cheios de livros clássicos, lustres de luz amarela, bules de chá e até um gato branco insolente, que passa de mesa em mesa pedindo comida.”

museu

3. Museu de Bulgakov

“Espécie de ídolo para os russos, o escritor Mikhail Bulgakov é o tema desse museu montado no seu apartamento. Os visitantes podem deixar seus recados ao autor – ou aos personagens da sua famosa obra O Mestre e Margarida na parede do apê.”

Continua após a publicidade

cafe

4. Cafe Pushkin

“Para conhecer a comida dos czares. No restaurante, que leva o nome do poeta Aleksander Pushkin, os tops são blini s ikroi (panqueca com caviar) e seliodka (arenque curtido no vinagre com ervas).”

mmoma

5. Mmoma

“Quando vou a Moscou, sempre volto ao Museu de Moscou de Arte Moderna, que tem no seu acervo várias obras de Picasso, Miró, Dalí, Chagall, Malevich, Kandinski e Tatlin.”

muzeon

6. Muzeon

“O comunismo acabou faz tempo, mas o museu a céu aberto Muzeon guarda os emblemas da foice e martelo, bustos de Lênin e de Stálin e outras obras do realismo socialista.”

sasha As indicações são de Sasha Yakovleva, jornalista e autora do blog Feijoada Tchaikovsky

Continua após a publicidade
Publicidade