Ranking 2018: os 10 melhores países para viver aposentado

Ranking da revista norte-americana International Living elegeu a Costa Rica como melhor destino para viver a aposentadoria

Todos os anos a revista norte-americana International Living, especializada em investimentos imobiliários ao redor do mundo, publica o Annual Global Retirement Index, uma ranking que reúne os melhores destinos no mundo para viver aposentado. Para escolher os vencedores, a revista reuniu dados de 24 países, atribuindo a eles notas de zero a cem por categoria. A média obtida no final determina a posição de cada um dos destinos no ranking.

Este ano, a International Living utilizou 12 categorias de avaliação, entre elas: saúde, clima, entretenimento, custo de vida, aluguel, desenvolvimento econômico, entre outras. Costa Rica, que no ano passado apareceu no 4° lugar do ranking, levou o título de melhor destino para viver a aposentadoria, seguido do México e do Panamá, que caíram de posição em comparação com o ano passado.

Confira a lista completa com os 10 grandes vencedores:

10. Peru

Warmiwanusca, Trilha Inca, Peru Vista da montanha Warmiwanusca, no Peru

Vista da montanha Warmiwanusca, no Peru (Anthony Pidgeon/Getty Images)

Com uma pontuação final de 82,8, o país sul americano foi lembrado pelo seu estilo de vida econômico, pela recepção amigável dos moradores e pela culinária singular. A qualidade do serviço das clínicas e hospitais privados do país também foi destacada pela revista. De acordo com o levantamento da International Living, um casal consegue viver modestamente no país com menos de US$1,000 por mês.

Busque hospedagens no Peru

9. Espanha

La Rambla em Barcelona, Espanha As Ramblas, ícone de Barcelona

As Ramblas, ícone de Barcelona (venakr/iStock)

Conhecida por ter um dos custos de vida mais baratos da Europa, a Espanha (que no ano passado esteve na 7ª posição do ranking) foi lembrada principalmente pela sua cultura e pelo estilo de vida. Um casal que busca viver no país gasta em média US$2,100 por mês incluindo aluguel e seguro de vida.

Busque hospedagens na Espanha

8. Nicarágua

Considerado um dos destinos mais acessíveis do ranking, Nicarágua, localizado na América Central, é uma ótima opção para aqueles que buscam um estilo de vida mais saudável. Isto porque a região além de oferecer um quantidade enorme de atividades ao ar livre (como o surfe, por exemplo), possui uma culinária baseada, principalmente, em alimentos frescos. Um casal que decide alugar uma casa em Nicarágua gasta em média US$1,500 por mês.

Busque hospedagens na Nicarágua

7. Portugal

Porto, Portugal Mesas na calçada à beira do Douro, no Porto

Mesas na calçada à beira do Douro, no Porto (Stockphotosart/iStock)

O país do momento figura na 7ª posição do ranking, sendo reconhecido principalmente pela seu estilo de vida acessível, sua efervescência cultural (vista na quantidade de museus e pontos históricos) e pela segurança.

Busque hospedagens em Portugal

6. Colômbia

Cartagena das Índias, Colômbia

Cartagena das Índias, Colômbia (Seb Agudelo/Alamy/Latinstock/Divulgação)

Clima perfeito o ano todo e riqueza natural foram os principais fatores que colocaram o país na sexta posição. Mas o que chama a atenção mesmo são as pessoas. De acordo com a revista, os colombianos são anfitriões natos e muito acolhedores. O custo de vida para uma casal aposentado viver no país é e aproximadamente US$ 2,000 por mês em média.

Busque hospedagens na Colômbia

5. Malásia

Kuala Lumpur, Malásia Kuala Lumpur, Malásia

Kuala Lumpur, Malásia (Yongyuan Dai/iStock)

Para quem sempre sonhou em viver na praia, Malásia pode ser considerado o  destino ideal. Este país do sudeste asiático possui mais de 878 ilhas e tem a gastronomia como ponto a destacar. De acordo com o International Living, a comida de rua da região é considerada “a melhor da Ásia”. Na cidade de Kuala Lumpur, dá para viver confortavelmente com US$1,500 por mês, incluindo aluguel.

Busque hospedagens na Malásia

4. Equador

Plaza Grande, Equador

 (DC_Colombia/iStock)

Destino preferido dos aposentados norte-americanos, o Equador aparece na quarta posição por vários motivos. O principal deles é o custo de vida. Uma família de quatro pessoas consegue viver no país com aproximadamente US$1,200 por mês, sem aluguel, de acordo com a IL. “E sem a necessidade de ter um veículo, já que a o transporte público está em todos os lugares e é barato”

Busque hospedagens no Equador

3. Panamá

Vista do centro e do skyline da Cidade do Panamá, América Central Os arranha-céus da Cidade do Panamá

Os arranha-céus da Cidade do Panamá (Thinkstock/Thinkstock)

Apesar de ter caído de posição em relação ao ano passado, quando figurou em segundo lugar no ranking, Panamá continua sendo um dos melhores destinos para viver aposentado. O país, além de ser moderno, conta com muito serviços de descontos para idosos. Morando na Cidade do Panamá, principal centro econômico do país, gasta-se aproximadamente US$2,500 por mês. Saindo da cidade, o gasto é ainda menor, cerca de US$1,500 ou menos por mês.

Busque hospedagens no Panamá

2. México

Cidade do México Vista da Cidade do México, México

Vista da Cidade do México, México (Flickr/creative commons/Jose Francisco Del Valle Mojica/Flickr)

Com apenas 1 ponto de diferença da Costa Rica (que teve uma pontuação final de 91,3), o México é lembrado pela especialmente pela sua  “vida vibrante e sua cultura”. A assistência médica é de boa qualidade e quem opta pela rede privada costuma pagar bem menos do que nos Estados Unidos, por exemplo. Dá para viver muito bem na região com uma quantia de U$1,500 a US$3,000, dependendo da cidade, incluindo aluguel e assistência médica.

Busque hospedagens no México

1. Costa Rica

Teatro Nacional da Costa Rica, Costa Rica Teatro Nacional em San José, capital da Costa Rica

Teatro Nacional em San José, capital da Costa Rica (MarcPo/iStock)

O clima tropical, o custo de vida baixo, o atendimento médico acessível e de alta qualidade e as belezas naturais locais foram as principais razões que colocaram o destino no topo do ranking. Além disso, o país possui uma taxa de criminalidade super baixa, o que, de acordo com a International Living, significa que você pode se sentir seguro em qualquer lugar, a qualquer hora do dia. Um casal aposentado consegue viver confortavelmente na região com aproximadamente US$2,500 por mês.

Busque hospedagens na Costa Rica

Comentários
Deixe um comentário

Olá, ( log out )

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s

  1. Taxi Driver Vienna

    Muito legal mas tem varios países do leste Europeu que se vive bem também tipo republica Checa – Hungria – Polonia ; lembrando que o frio fay bom para saúde ; Grande abraço de Viena

    Curtir