O Taiti é imbatível

Ilhotas encantadoras, bangalôs sobre palafitas, mar degradê, arraias, tubarões, corais. O Taiti que você não viu na Copa das Confederações

Por Betina Neves 26 jul 2013, 17h55

“Admito que as praias do Brasil são lindas, mas as do Taiti são mais”, disse Nicolas Vallar, o capitão da seleção taitiana que tomou 24 gols em três partidas na Copa das Confederações e virou xodó da torcida brasileira. Se de futebol entendem pouco, os taitianos sabem que seu pequeno país no meio do Pacífico tem um quê de paraíso. O Taiti é somente o ponto de partida para conhecer a Polinésia Francesa, arquipélago com 118 ilhas montanhosas de beleza irretocável cercadas por anéis de corais, bangalôs suspensos sobre a água e um mar com matizes que você nunca viu – nem em Noronha nem no Caribe.

 

Continua após a publicidade

Bora pra Bora Bora

Os pontos de mergulho, os bangalôs, o relevo, a flora e as perolas (reais e figuradas) de cinco estrelas da Polinésia

Taiti, Polinésia

Taiti

E o endereço da capital, Papeete, aonde chegam os voos internacionais. centro comercial do pais, tem lojinhas que vendem as famosas perolas polinésias e um mercado municipal com lindas bancas de flores. Se você estender a estada, conheça as cachoeiras e as trilhas da floresta tropical que cobre a ilha.

 

Continua após a publicidade
Bora Bora

Bora Bora

E famosa pela opulência de suas palafitas, as mais desejadas (e caras) do arquipelago – se for escolher um bangalô overwater, que seja aqui. na paisagem, sobressai o ponto mais alto de toda a polinesia Francesa, o majestoso Mont orohena (2 241 metros).

 

Continua após a publicidade
Rangiroa, Taiti

Rangiora

Modesta em numero de hoteis, e o supra-sumo do mergulho polinesio. em sua blue lagoon, que clama ter as aguas mais azuis do sul do pacifico, tubaroes-limao, tartarugas, arraias, anemonas, peixes-papagaio e golfinhos nadam junto com quem aparecer.

 

Continua após a publicidade
Moorea, Taiti

Moorea

Fica a rapidos 30 minutos de balsa de papeete e tem uma variedade consideravel de resorts. Aqui voce ve antigos templos polinesios, mergulha na opunohu bay com tubaroes e arraias, passeia por jardins de hibiscos e sobe em mirantes para ver de cima o mar colorido.

 

Continua após a publicidade
Raiatea, Taiti

Raiatea e Taha

São vizinhas. em Raiatea, onde fica a maioria dos hoteis da dupla, desabrocha a tiare apetahidelicada flor endemica de petalas brancas. taha e famosa pelas fazendas de baunilha, cujo aroma se sente nas praias tranquilas e de areia branquinha.

 

Continua após a publicidade

O que você precisa saber

 

Continua após a publicidade

Como chegar? A LAN (lan.com) leva com conexão em Santiago e escala na Ilha de Páscoa desde US$ 2 048. Outra opção é a rota via Los Angeles, mais cara e longa, mas que pode ser vantajosa se você tiver milhas de companhias americanas. Os aéreos entre as ilhas da Polinésia são com a Air Tahiti (airtahiti.aero).

 

Continua após a publicidade

Quando ir? O filé do tempo seco é entre junho e setembro. Maio e outubro ainda são o.k., mas é bom evitar os meses restantes para não arriscar a perda das valiosas diárias com tempestades.

 

Continua após a publicidade

Que ilhas visitar? O roteiro mais convencional vai a Papeete, Moorea e Bora Bora.Você pode trocar Moorea por alguma outra ilha mais distante, mas leve em conta o tempo que vai perder com deslocamentos aéreos”, explica Andressa Marinoni, autora do blog Tahiti é Aqui (tahitiehaqui.blogspot.com.br).

 

Continua após a publicidade

É só para casal? Não necessariamente, mas a vida noturna é quase nula e pouquíssimos hotéis têm estrutura para crianças. Por isso (e pelo isolamento do arquipélago, pelo cenário e pelos bangalôs idílicos), muitos casais procuram o destino para cerimônias de casamento, lua de mel e renovação de votos.

 

Continua após a publicidade

O que levar? Uma câmera à prova d’água, para registrar a vida marinha, e sapatilhas de mergulho, para não machucar os pés com cascalhos e ouriços-do-mar.

 

Continua após a publicidade

Com ou sem pacote? É muito caro? As operadoras podem conseguir tarifas melhores nos hotéis e parcelam – uma semana na Polinésia não sai por menos de R$ 10 000 por pessoa… Elas também não cobram o IOF que você paga se comprar com cartão em sites internacionais. Outra dica é incluir meia-pensão no pacote, já que você dificilmente vai sair do hotel para comer.

 

Continua após a publicidade

Quem leva? A CVC (cvc.com.br), a Kangaroo (kangaroo.com.br), a Flot (flot.com.br), a Raidho (raidho.com.br), a Designer Tours (designertours.com.br) e a locale-Tahiti Travel (etahititravel.com), entre outras.

 

Continua após a publicidade
Suíte sobre palafitas do St. Regis Bora Bora, o paraíso visto por dentro

Suíte sobre palafitas do St. Regis Bora Bora, o paraíso visto por dentro – Foto: Photononstop/ Bruno Barbier

Que tal nós dois? Ir ao Taiti e não curtir um bangalô é como ir ao Vatica… Você sabe

Os bangalôs sobre palafitas com teto de sapê e acesso imediato à água translúcida são parte do DNA polinésio. Essas habitações também são as mais luxuosas dos resorts e, por extensão, as mais caras – difícil achar uma por menos de US$ 500 a diária. Por isso, uma boa estratégia para não gastar os tubos é começar a viagem em quartos convencionais e deixar só as últimas três ou quatro noites para realizar o seu sonho. Veja onde e por quanto:

SONHE – Todos em bangalôs sobre a água: Four Seasons Bora Bora (fourseasons.com; desde US$ 1 343); The St. Regis Bora Bora (starwoodhotels.com; desde US$ 1 223); Le Tahaa Private (letahaa.com; desde US$ 874); Intercontinental Bora Bora (tahiti.intercontinental.com; desde US$ 794)

PLANEJE – Bora Bora Sofitel Marara (sofitel.com; desde US$ 393, US$ 644 no bangalô overwater); Vahine Island (vahine-island.com; desde US$ 411, US$ 678 em bangalô sobre a água); Moorea Pearl Resort & Spa (spmhotels.com; desde US$ 464, US$ 893 no bangalô sobre a água)

EMBARQUE – Intercontinental Moorea (tahiti.intercontinental.com; desde US$ 291, US$ 539 no bangalô sobre a água); Maitai Bora Bora (hotelmaitai.com; desde US$ 221,US$ 519 no bangalô sobre a água); Raitea HawaikiNui (hawaikinuihotel.com;desde US$ 212, US$ 374 no bangalô sobre a água)

Leia mais:

Check-in ##– Veja outras reportagens da edição de AGOSTO de 2013 da VT

Continua após a publicidade
Publicidade