Luxemburgo terá transporte público gratuito em 2019

A iniciativa vem no sentido de diminuir o trânsito e a poluição do ar do pequeno país

A partir de julho de 2019, entrará em vigor a política de gratuidade de passagens de metrô, trem e ônibus em Luxemburgo. O governo já vem implantando iniciativas no sentido de isentar algumas tarifas: atualmente, jovens até 20 anos e estudantes do ensino médio não pagam para se deslocar pelo país. A ideia agora é que ninguém mais pague pelo transporte público.

A decisão tomada pelo primeiro-ministro Xavier Bettel visa diminuir o trânsito caótico do pequeno país – Luxemburgo é cerca de dez vezes menor que o estado de São Paulo – e, consequentemente, melhorar os índices de poluição do ar.

Uma pesquisa mostrou que Luxemburgo tem o maior índice de carros por pessoa da União Européia, que é 6,2 carros a cada 10 habitantes. O número se aproxima da maior taxa do mundo, que é de 8 carros a cada 10 habitantes, nos Estados Unidos.

Os números são agravados por moradores de países vizinhos como França, Bélgica e Alemanha que atravessam as fronteiras diariamente para trabalhar. Os salários do pequeno país são cerca de 40% mais altos do que outros lugares da Europa, o que faz com que muitos escolham atravessar a fronteira todos os dias.

Veja também

A meta do país é abolir todas as taxas de transporte público, incluindo as diferentes tarifas em viagens de primeira e segunda classe em trens. Atualmente, as passagens custam 2 euros e permitem deslocamentos de até duas horas, cobrindo a duração de quase todas as viagens.

Não foram definidas regras que regulam sobre a necessidade de comprovação de residência ou trabalho no país para usufruir o benefício, então para os turistas vale a pena ficar de olho nas novas informações para serem usadas nas viagens.

A ideia já foi implantada em alguns lugares da Europa como a Estônia, que desde 2014 aplica a gratuidade do transporte público em sua capital, Talim, e em 2018 estendeu o benefício para todo país.

Além disso, Bruxelas – capital da Bélgica – tem usado a gratuidade da passagem como medida paliativa nos dias em que o ar está mais poluído, incentivando os moradores a deixarem o carro em casa e a usarem o transporte público.

Busque hospedagens em Luxemburgo aqui

Comentários
Deixe um comentário

Olá,

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s